Tecnoblog

K11+ e K11α chegam ao Brasil como intermediários mais simples da LG

Durante a Eletrolar 2018, que acontece em São Paulo entre os dias 23 e 26 de julho, a LG apresentou dois novos smartphones da linha K: o K11 Alpha e K11+. Com objetivo de brigar pelo espaço do Moto G e para substituir o K10 Novo, a dupla chega em terras tupiniquins custando R$ 999 e R$ 1.199 respectivamente.

 

O K11 é a terceira geração da linha K10, que veio ao Brasil em 2016 como opção de menor custo para amantes da marca. Ainda brigando para tomar o lugar do popular Moto G6, o K11 Alpha é lançado com:

A câmera frontal é de 5 megapixels e lente traseira trabalha com 8 megapixels de resolução. Em corpo de plástico com textura de aço escovado, o modelo vem com leitor de impressões digitais na parte traseira e tem como ponto negativo o Android 7.1.2 de fábrica – quando já estamos em versão beta do Android 9.

A variante K11+ coloca metal no aro que fica na lateral do aparelho, dobra o espaço interno para 32 GB, aumenta em 1 GB a memória RAM e coloca mais megapixels na câmera traseira, passando para 13 MP de resolução.

Ambos contam com vidro 2.5D, que fazem com que o toque fique mais confortável na tela, envolvendo melhor o smartphone com a parte da frente. Os dois contam com efeito bokeh na câmera frontal, que garante fundo desfocado em fotos mesmo com uma só lente.

O LG K11 Alpha chegará ao mercado no mês que vem, nas cores preto e dourado, custando R$ 999. Já o K11+ também será lançado em agosto, nas cores preto, azul e dourado, custando R$ 1.199 no varejo.