Um motorista de Uber e também do Lyft foi removido de ambas as plataformas após ser pego fazendo transmissões ao vivo de suas corridas – e das pessoas que estavam no carro. O caso ocorreu na cidade americana de St. Louis e o motorista, chamado de Jason Gargac, utilizava a plataforma Twitch para as lives.

De acordo com o St. Louis Post-Dispatch, o motorista das plataformas já acumulava centenas de corridas em sua carreira, quase que todas elas transmitidas ao vivo pelo Twitch, dentro da conta chamada JustSmurf – já foi removida.

Os passageiros eram levados sem saber que participavam de uma livestream, com casos de crianças, estudantes e até o guitarrista da banda Alice in Chains, Jerry Cantrell, no banco traseiro durante a transmissão. Além da identidade das pessoas, era possível ver os pontos de encontro e destino da corrida e, certamente, alguns destinos eram a casa dos passageiros.

O único aviso de que algo do tipo acontecia estava em uma frase, onde o motorista avisa que gravava o que acontecia no carro – poucos passageiros notavam o aviso.

“O comportamento problemático nos vídeos não está de acordo com nossas Diretrizes. O acesso do motorista ao aplicativo foi removido enquanto avaliamos sua parceria com a Uber”, comentou um representante da plataforma.

O Lyft, serviço concorrente do Uber e ainda não presente no Brasil, comentou algo semelhante. “Todos os motoristas da plataforma Lyft devem seguir as leis e regulamentos locais, inclusive no que diz respeito ao uso de qualquer dispositivo de gravação”, disse a empresa.

Com informações: St. Louis Post-Dispatch e Ars Technica.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luis Fernando

a banheira era melhor q o taxi!

Gato Branco

Prevejo Ronaldo fenômeno sentindo calafrios só de imaginar sendo pego (denovo) com as "meninas" numa saída de balada hahaha

Jayson Silva

Não precisava transmitir ao vivo pra todo mundo pra ter segurança.
Bastava gravar e manter em sigilo.
Mesmo assim acredito que teria que avisar e talvez ter alguma aprovação de algum órgão do governo ou da polícia.

Jayson Silva

Mas o que isso tem a ver com a matéria?
O Tecnoblog já mencionou o quanto a Uber é problemática em mais de um podcast e em várias notícias.

Jayson Silva

O problema é que estava na internet para qualquer um assistir.
Se fosse só o seu conjuge ou irmao ou sócio, talvez não tivesse dado ruim.

Lauro Paes

Por isso que raramente uso, e em 85% dos cálculos de revisão das vezes que uso há diferenças a receber, chegando às vezes a valores acima de 20,00. Agora imagino quem usa diariamente, em tempo integral e não sabe fazer ou não tem tempo para tal coisa o quanto está sendo lesado por eles.

doorspaulo

Eu só vi gente "fina" no Uber Black.

No Uber X, não tem toda essa formalidade.

doorspaulo

Ué colega, se acha tão ruim, basta não usar.

O mercado está cheio de opções.

Desenvolvedor Full stack

Provavelmente por uma questão de segurança e para ter provas de mau comorcomporta dos passageiros. Imagine que alguem o sequestre, não pague, vomite no carro etc... Só pra ter uma prova

Desenvolvedor Full stack

Se fosse no Brasil, por questões de segurança, seria bem recomendado: deixar tudo gravado e transmitido ao vivo, pedir pra algum familiar ou amigo ficar assistindo, pra caso de assalto ou sequestro chamar a polícia. Também faz sentido como prova contra passageiros que nao pagam, passageiros mal educados, que sujam o carro e etc.

Lauro Paes

Porque vocês não noticiam também que a Uber rouba dos motoristas? Fazendo descontos indevidos, apropriando assim indevidamente do dinheiro, cobram a mais dos passageiros e não devolvem os valores cobrados em excesso. Foi justamente por isso que eles mudaram o sistema de cálculo para pagamento do "parceiro" que de parceiro não tem absolutamente nada é pior ainda é o MP que é omisso.

Mendonza

auhauhau pilha não mano, tbm sou desses tempos :)

johndoe1981

Se for o BB que eu tô pensando...

Olivier Olivier

BBCAR KKKK

Olivier Olivier

Kkkk bbbcar

Exibir mais comentários