Início » Internet » Como saber se um perfil no Twitter é bot ou não

Como saber se um perfil no Twitter é bot ou não

Entenda o que é um robô no Twitter e saiba como identificá-los

Por
1 ano atrás

Não é incomum ficar em dúvida se um perfil no Twitter é bot ou não, mas como saber? É uma tarefa complicada, que exigem diversos fatores que podem enganar até mesmo os especialistas. Porém, bots e perfis de spam têm um padrão de comportamentos que podem ser analisados por uma ferramenta e identificados com uma certa margem de erro.

Não existem outras ferramentas tão precisas para outras redes sociais como o Botometer, criado por dois centros de pesquisa da Universidade de Indiana. Ele usa diversas métricas para analisar o quanto um determinado usuário se parece com um robô e é capaz de emitir uma probabilidade.

O que é um bot no Twitter?

No Twitter, um bot é um perfil automatizado que não é controlado diretamente por um humano e publica tweets, segue pessoas e curte ou retuíta tweets automaticamente. Geralmente, um bot não é transparente quanto à sua origem e a intenção é enganar usuário.

Há exceções, no entanto. O @fatimabot, por exemplo, é um robô que checa os fatos de links falsos publicados por usuários do Twitter. Agora, como mostrou uma pesquisa do InternetLab, há muitos bots que seguem e interagem com políticos no Twitter para manipular a opinião pública e dar a ilusão que tal candidato tem apoio.

Se você se confundir, basta usar o Botometer para complementar sua análise:

Como saber se um perfil é bot ou não

Você pode saber se um perfil é bot ou não pelo Botometer, uma ferramenta automatizada que é capaz de identificar robôs no Twitter. Ela usa aprendizagem de máquina para classificar um perfil como bot ou humano por meio de exemplos previamente informados.

Para usá-lo, você precisa fazer login com a sua conta do Twitter (ele não publicará nada no seu perfil e não vai usar seus dados pessoais). Com acesso à rede social, o bot analisa mais de 1.200 características na conta, quem ela segue, seus seguidores, entre outros e determina se é um bot ou não.

Antes de começar, vale ressaltar algumas informações: os próprios pesquisadores admitem que é comum que o Botometer classifique perfis organizacionais (de empresas) como bots, uma vez que eles publicam conteúdo automaticamente. Além disso, ele funciona melhor para contas em inglês.

Se você estiver analisando uma conta que publica em outro idioma além de inglês, a estatística mais confiável para decidir se o perfil é um bot ou não é o Complete Automation Probability (CAP), que calcula a probabilidade da conta ser um bot ou não. Veja como descobrir:

  1. Entre no site do Botometer;
  2. Em @ScreenName, digite o nome de usuário do perfil que você quer saber se é bot ou não;
  3. Clique em Check user para rodar a confirmação;
  4. Na página do seu Twitter, clique em Autorizar aplicativo;
  5. Se quiser, clique em Check followers também para checar se os seguidores do usuário são bots (as consultas são limitadas pelo sistema do Twitter);
  6. Se quiser, clique em Check friends para checar se os amigos do usuário são bots. No Botometer, os amigos são classificados como os usuários que a pessoa segue;
  7. Clique no usuário para expandir a classificação e procure pela porcentagem em Complete Automation Probability para saber qual a probabilidade do usuário ser um robô.

Entendendo a pontuação

Para identificar se o usuário é um bot ou não, Botometer então mostrará uma probabilidade de 0 a 5, analisando uma série de fatores no perfil do usuário. Se o perfil em questão não estiver em inglês, olhe para a parte de “Language-independent features”.

Além disso, a porcentagem em “Complete Automation Probability” é a estatística recomendada pelos pesquisadores para medir se um perfil é um bot ou não por ser mais conservadora uma estimativa índice recomendado pelos desenvolvedores do Botometer por ser uma estimativa mais conservadora. Ainda assim, não tem como acertar todas: o CAP tem uma margem de erro de 86%.

Mais sobre: ,