Tecnoblog

Twitter bloqueia usuários que mudam o nome para “Elon Musk”

O Twitter tem adotado várias medidas para melhorar a qualidade de sua base de usuários. Começou com a suspensão de contas criadas quando os usuários tinham menos de 13 anos e com a exclusão de contas desabilitadas.

Agora, a plataforma está se concentrando em usuários que tentam se passar por Elon Musk. As contas que não têm um número de celular cadastrado e inserem o nome do CEO da Tesla e da Space X são imediatamente bloqueadas.

Para resolver a situação, é preciso inserir um captcha e informar o número do celular. Com o processo, o Twitter espera combater o uso de bots que imitam o executivo e atraem outros usuários para golpes que prometem criptomoedas.

Além do nome, as contas falsas também usam a foto de perfil de Elon Musk e são bastante ativas. O objetivo é conseguir certa credibilidade com os usuários que não estão atentos ou que não usam muito a rede social.

Os autores do golpe oferecem a suposta oportunidade para as vítimas ficarem ricas com uma nova tecnologia de blockchain. Para isso, elas precisam primeiro enviar uma quantia em dinheiro para receberem tokens de uma criptomoeda. Em alguns casos, a oferta também envolve fatias da Tesla.

“Estamos testando novas medidas para desafiar contas que usam termos normalmente associados a campanhas de spam”, disse o Twitter ao The VergeA rede social não informou se incluiu o nome de outras figuras públicas na verificação, que pode ajudar a reduzir o tamanho de um problema que afeta muitos usuários.

O novo método não garante segurança total, já que, ao cadastrar o número do celular, o usuário pode seguir usando o nome de Elon Musk em seus tweets. No entanto, a exigência de uma informação adicional pode inibir os responsáveis pelos golpes.