A Volvo não é a empresa que mora na cabeça quando o assunto é carro completamente elétrico, mas os suecos estão prontos para atacar a principal marca deste assunto: a Tesla. A resposta da empresa é o Polestar 2 e deve chegar ao mercado com preço (e especificações) próximo de um Model 3.

Volvo Polestar, modelo que será baseado o Polestar 2 (imagem: divulgação)

De acordo com Jonathan Goodman, diretor de operações da Volvo, o veículo elétrico da Volvo terá como modelo mais básico um carro com 400 hp de força, trabalhando com uma bateria que é capaz de prover autonomia de até 563 quilômetros – o suficiente para sair da avenida paulista e chegar na praia de Copacabana com uma só carga.

Este novo Polestar será apresentado durante o Salão do Automóvel de Genebra, que acontece em março do ano que vem. Ainda segundo Goodman, o visual do carro elétrico não deve ser futurista, o que deixa o modelo ainda mais próximo do que concorrentes fazem, como a Chevrolet, Toyota e a própria alguns Teslas.

Tesla Model 3 (imagem: divulgação)

O valor previsto para o Polestar 2 ser lançado está na marca das 30 mil libras esterlinas, ou aproximadamente R$ 147 mil, em conversão direta e sem considerar impostos. Em comparação, o Model 3 da Tesla custa 8 mil libras esterlinas a menos do que o Polestar 2 e tem autonomia de 354 quilômetros – menos 209 quilômetros, o que faz o paulista não chegar em Copacabana com uma só carga na bateria.

Com informações: Engadget e Autocar.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Breno Ribeiro

É um carro elétrico e a composição química das baterias é a mesma. Até o posicionamento delas é o mesmo, sob os assoalho, para evitar um centro de gravidade mais alto.

Trovalds

Não é um Tesla. Enfim...

Breno Ribeiro

Mas acontece. Vide o acidente com o apresentador Richard Hammond quando ele testava o Rimac C One.

Trovalds

O negócio é conseguir danificar o compartimento das baterias. A estrutura do veículo é toda pensada em torno justamente disso. Se fosse o caso o teste de colisão lateral seria capaz de desencadear essa reação, o que não aconteceu.

Breno Ribeiro

Tirar o motor a combustão não necessariamente dá mais segurança ao carro. A colisão num carro elétrico, se deformar 1% da bateria ocorre uma reação em cadeia entre as células da bateria devido a colisão que ela entra em combustão instantaneamente.

Vitor Hugo

Nossa, não.

Fernando Matos

Dica: Atravessem a ponte e curtam Itacoatiara :)

Rafael Oliveira Santos

Tesla é a melhor, o resto é recalque...

Reginaldo Sousa

não utilizem waze para isso

Caleb Enyawbruce

Esse é o objetivo!! Que as marcas tradicionais comecem a rebolar e evoluir.

Caleb Enyawbruce

Esse é o ponto!!

Caleb Enyawbruce

aheuahua!!

Mickão

Se a Volvo conseguir, sem sombra de dúvida será uma opção interessante, especialmente pela qualidade de construção e segurança dos passageiros.

Glauco

Mas não se falou em carro autônomo na notícia, só elétrico.

ecarvm

Só tomem cuidado pra não subir nenhum morro

Exibir mais comentários