Início » Aplicativos e Software » Telegram Passport é um recurso para guardar e enviar seus documentos de forma segura

Telegram Passport é um recurso para guardar e enviar seus documentos de forma segura

Documentos são armazenados com criptografia de ponta a ponta e enviados diretamente para o serviço desejado

Paulo Higa Por

Em tempos de contas bancárias digitais, você certamente já teve que tirar uma foto do seu documento e enviá-lo para alguma pessoa ou empresa. O Telegram quer tornar esse processo mais prático e seguro: o aplicativo de mensagens liberou na quinta-feira (26) o Passport, um recurso que armazena seus documentos com criptografia e padroniza o compartilhamento das informações.

Telegram Passport

A novidade é parte do projeto Telegram ID, que será expandido ao longo do ano. Em fevereiro, o serviço anunciou que você poderia fazer login em sites compatíveis utilizando suas credenciais do aplicativo de mensagens, semelhante ao que já é possível com sua conta do Facebook ou Google. Com o Telegram Passport, além de logar, será possível se identificar com documentos “da vida real”.

O Telegram afirma que seus documentos de identificação e dados pessoais são armazenados na nuvem com criptografia de ponta a ponta, protegidos com uma senha que só você sabe. Isso significa que, quando um serviço estiver pedindo um documento seu, as informações serão enviadas diretamente a ele, sem passar pelas mãos do Telegram.

Você já pode guardar seus documentos na última versão do Telegram para Android e iOS, mas usar o recurso de verdade só será possível à medida que os serviços implantarem a tecnologia — o primeiro deles é o serviço de pagamentos ePayments.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ward'z de Souza

4 dias depois, voiala! https://uploads.disquscdn.c...

Pablo Soares

Alguns países, principalmente ma Rússia, antes de ser banido e nos árabes, o Telegram é mais usado. Aqui, quando o WhatsApp foi derrubado o pessoal usou e é mais usado para quem quer privacidade, como em casos de negociatas, jornalismo, ou casos extraconjugais ;)

Capitão Caverna

Ninguém erra sem arriscar reputação.

Augusto

Em breve num WhatsApp perto de você.

Rod

Tão russo que o próprio fundador (russo) está exilado do país.

Ward'z de Souza

Só não troquei por falta de dinheiro, e ainda é segurado pela Pitzi. 😂 😂 😂

angelobio

Um dos últimos Highlanders do Windows.

IAmYourFather-Your Mom Likes

As Telegretes piram

Uriel Dos Santos Souza

ele acabou de ganhar 1 bilhão criando a própria moeda.

Rod

Só acaba se o app gasta mais do que a fortuna rende. Se ele tá mantendo, é pq está tranquilo. Duvido que ele vá querer ficar pobre.

O cara peitou a Rússia e Iran, pode-se dizer que é um homem de palavra.

Caipiroto, o capeta caipira 😈

Esse é meu questionamento, não existe almoço grátis. Ele bancar os servidores, com banda ilimitada, sem limite de armazenamento ou de transferência de mídia, simplesmente não faz o menor sentido.

Ou ele tem que lucrar de algum modo, ou um dia o dinheiro vai acabar. Se ele não monetiza nada dentro do app, vale a máxima: "Se você não está pagando, você é o produto."

Léo Walk

Mas vc acha mesmo que eles iriam ariscar a reputação do App se isso não fosse seguro?

Léo Walk

Enviei meus documentos para o serviço ontem à noite. Vai me ajudar e muito aqui na medida em que as coisas forem evoluindo também.

Rod

O Durov banca do bolso, não é monetizado.

Caipiroto, o capeta caipira 😈

Rapaz, gosto muito do telegram, mas só boto meus documentos ali depois que descobrir como eles fazem dinheiro.

Aquela conversa de muito dinheiro investido rendendo dividendos pra sustentar os servidores e desenvolvedores, não colou não.

Exibir mais comentários