Tecnoblog

Galaxy J8 é um smartphone intermediário de R$ 1.899

Os smartphones intermediários estão ficando bem caros no Brasil: nesta segunda-feira (30), a Samsung lançou o Galaxy J8, um aparelho com processador octa-core Snapdragon 450, tela de 6 polegadas com resolução HD+ e câmera dupla na traseira, por R$ 1.899. Ele chega para competir com celulares como Motorola Moto G6 Plus e LG Qnote+.

O Galaxy J8 segue o design do Galaxy J6, mas possui tela maior, com painel Super AMOLED de 6 polegadas (contra 5,6 polegadas do irmão mais simples), resolução de 1480×720 pixels e proporção 18,5:9. A capacidade de processamento não muda muito: ainda estamos falando de um chip econômico, o Snapdragon 450, acompanhado de 4 GB de RAM e 64 GB de espaço, com possibilidade de expansão por microSD.

A câmera traseira, que fica acima do leitor de impressões digitais, é dupla, com sensor principal de 16 megapixels (f/1,7) e um secundário de 5 megapixels (f/1,9) para tirar retratos com fundo desfocado. A gravação de vídeo é apenas em Full HD. Na frente, há uma câmera para selfies de 16 megapixels (f/1,9) com um flash LED ajustável, que permite três níveis de intensidade.

Uma característica interessante é a bateria com capacidade de 3.500 mAh, acima dos concorrentes Moto G6 Plus (3.200 mAh) e LG Qnote+ (3.150 mAh). Na prática, o Galaxy J8 acaba invadindo um pouco do território do Galaxy A6+, que tem a mesma bateria, processador e tamanho de tela, mas câmeras superiores. Ele também chegou caro ao país, por R$ 2.099, mas já pode ser encontrado por R$ 1,7 mil em promoções do varejo.

O Galaxy J8 começa a ser vendido nesta semana nas cores preto, prata e violeta. Ele está chegando ao varejo junto com uma nova versão do Galaxy J6 com mais capacidade de armazenamento (64 GB, contra 32 GB da variante apresentada em junho), que tem preço sugerido de R$ 1.499.