Um grupo hacker da China encontrou um meio inusitado de passar pela crescente segurança online que cerca o governo dos Estados Unidos: CDs. De acordo com o Multi-State Information Sharing and Analysis Center, que trabalha com o Departamento de Segurança Interna dos EUA, CDs estão chegando do país asiático recheados de malwares.

Pode parecer pouco inteligente enviar vírus dentro de uma unidade de armazenamento em desuso, mas ainda existem setores do governo americano que utilizam os CDs como meio de transporte de dados entre computadores mais antigos. Além disso, como a segurança para a internet é forte, receber um objeto físico pode levantar um alerta menor e passar desapercebido por alguns.

O conteúdo dos discos, além de malwares, entrega documentos do Word infectados e uma série de letras sem sentido. Além do óbvio, o que chamou atenção dos servidores que trabalham onde os CDs foram recebidos é a falta de qualquer tipo de caixinha para guardar a mídia – eles chegaram dentro dos envelopes, sem proteção extra.

Ainda não há indício de origem do “ataque”, mas já existe um histórico de ataques chineses com o objetivo de obter acesso aos documentos e não de roubar dados de fato, ou então lucrar com isso. Trocando em miúdos, seria algo mais focado em entender como que instituições do governo dos Estados Unidos funcionam, para talvez planejar um ataque futuro – principalmente instituições com servidores mais antigos e que podem estar offline.

Com informações: Engadget e Krebs on Security.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce

A famosa tatica do "qual o ultimo lugar onde eles vao procurar?". Esses caras são encardidos mesmo... pela madrugada

Eduardo Braga

Caaara, foi a primeira coisa que pensei kkkkk

Valdinei Ferreira

- Planos para uma China como maior potência mundial
- Malwares em CDs

Whiterose & DarkArmy tá na ativa. rsrsrs

Seraph

Assistiram Mr. Robot pelo visto