Início » Negócios » Nubank vai atualizar os dados do seu cartão em sites e apps quando você pedir uma segunda via

Nubank vai atualizar os dados do seu cartão em sites e apps quando você pedir uma segunda via

Não precisa mais mudar o número, validade e código de segurança quando seu cartão de crédito for reemitido

Paulo Higa Por

Em parceria com a Mastercard, o Nubank lançou nesta terça-feira (31) um recurso que atualiza automaticamente os dados do seu cartão de crédito em sites e aplicativos quando você pedir uma segunda via do plástico. A novidade deverá ser útil especialmente em serviços com cobranças recorrentes.

De acordo com o Nubank, mais de 30 mil clientes pedem uma reemissão do cartão de crédito por perda, roubo ou dano a cada mês. Quando isso acontece, é preciso atualizar o número, a validade e o código de segurança do seu cartão em todos os serviços, como aqueles com mensalidade (streaming de música, armazenamento em nuvem) ou com pagamento rápido (apps de transporte e de delivery).

A partir de agora, sempre que um cliente pedir uma segunda via do cartão de crédito, a numeração será atualizada nos sites e aplicativos que estiverem com os dados antigos. O Nubank não divulgou a lista de serviços compatíveis com o recurso, alegando que a informação é confidencial, mas diz que iFood, Netflix, Spotify e 99 estão entre eles.

Vale lembrar que, desde o final de 2017, o Nubank oferece o recurso de cartão virtual, que funciona como um segundo cartão, com outra numeração. Mesmo se você pedir uma reemissão do plástico por qualquer motivo, os dados do cartão virtual não mudam, portanto, pode ser uma boa cadastrá-lo em serviços online.

O recurso que atualiza automaticamente a numeração do cartão em caso de reemissão será ativado para todos os clientes do Nubank a partir desta semana. Ele é opcional; quem preferir pode desabilitá-lo entrando em contato com o suporte da fintech.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Aiman Jalil Sarraf

por isso as aspas, não existe nada que possa garantir essa minha segurança, mas se preciso manter serviços de assinaturas ativos e cartões salvos para pagtos recorrentes opto pelo físico e mantenho o virtual bloqueado para uso apenas em sites aleatórios

Rodrigo Siqueira

Mas o que você considera confiável? tenho dois amigos tiveram problemas com cartão de crédito e a única base comum era o Uber.

Wesley

Jamais fariam isso, quer saber o motivo? Porque essa tecnologia foi desenvolvida justamente para beneficiar as empresas que RECEBEM, e não o consumidor. O objetivo é fazer com o que o número de transações recusadas seja drasticamente reduzida por conta de cartão de crédito cancelado, assim o lojista não perde cliente com assinaturas recorrentes ativas por conta de problema no método de pagamento.

Wesley

Isso é tecnologia velha já, várias instituições financeira utilizam, não entendo o motivo de destacar o Nubank, como a própria matéria menciona, é uma tecnologia desenvolvida pela bandeira (Mastercard) e não pelo emissor. E ainda existe uma dependência do adquirente de pagamento ter aderido a esta tecnologia, a maioria dos sites não atualizam ainda, mas outros que utilizam adquirentes mais modernos como Adyen (Netflix, Uber, iFood e Spotify), funcionam com essa atualização automática.

Aiman Jalil Sarraf

Já pensou em manter ele bloqueado? Eu uso o físico em sites 'confiáveis' e em serviços de assinatura recorrente e pra todo o resto eu uso o cartão virtual, mas só desbloqueio ele na hora de finalizar a compra, depois de aprovada volto a bloquear.

Vinícius

Um problema já resolvido usando o cartão virtual nesses cadastros online

BearGuy

Eu adoro esse roxinho!!
Nubank forever...

Jacques

Pois é, aqui não chegou a incluir, mas eu tentei procon, eles nem foram nas audiencias marcadas por 2x, recebi até a carta dos pequenas causas.

Uma das vezes que cobraram, me reembolsaram em dobro sim, sistema da vivo é muito ruim, e pra quem tem controle, pra trocar de plano quando eles atualizam o portifolio (umas 2x por ano pelo menos), tem que ir no dia exato senão cobram 2 planos

navossoc

Não! Só o fato do recurso existir já vai virar mimimi... hahahaha

Trovalds

PROCON, não vão solucionar, Juizado de Pequenas Causas. Aconteceu parecido comigo. Tiveram que me indenizar no dobro do valor que estavam cobrando + danos morais por incluírem meu nome nos órgãos de crédito, o que até hoje rende prejuízo do meu score de crédito.

Rodrigo Siqueira

O problema é ser apenas um Cartão Virtual, gostaria de ter a possibilidade de criar mais. Utilizo o virtual para mobilidade (uber, 99 e etc) e compras online, mas se apago, tenho que sair cadastrando tudo de novo. Gostaria de ter a opção de usar um para compras online que depois se auto-destruísse.

Mickão

Como sempre, se tem a opção pra desativar/não utilizar, ta tudo certo. Usa quem quer e segue a vida.

Indie

Bacana... quem tem o cartão salvo em vários lugares, terá menos esforço ao invés ter q atualizar tudo manualmente...

Indie

Mas para essa "segurança" já existe a função, no Nubank do "Cartão Virtual", no qual a pessoa emite uma numeração provisória na hora da compra em algum site que ela não conheça, e assim mantem em segurança as informações do original...

Felipe Silva

Seria legal se ele listasse todos os serviços que cobram ou tentarem cobrar no cartão velho e desse a opção de atualizar, em vez de atualizar tudo sozinho e sem controle do cliente.

Jacques

Legal, mas assim que dispnivel vou desativar isso na mesma hora.

Já tive que trocar o plastico do nubank justamente por conta de uma dessas cobranças recorrentes de serviços no qual eu tinha cancelado (obrigado vivo e o plano controle) e eles continuavam a tentar me cobrar mesmo não sendo mais cliente.

Helmut

Na verdade essa é uma boa forma de "filtrar" serviços que armazenam seus dados. Dificilmente uma implementação de cartão passa pela homologação se armazenar esse tipo de dado. O ideal é que nenhuma informação seja armazenada, por isso a parceria com a Mastercard para ativar o recurso.

Alisson Santos

Boa iniciativa, menos para quem pede novo cartão justamente para "zerar" as informações de pagamentos que saiu espalhando por aí. A atualização dos dados do cartão pouca gente sabe, mas também é um instrumento de segurança. As alterações impedem que se mantenha em bancos de dados antigos suas informações de pagamento.