Início » Ciência » Nova versão do GPS será ainda mais precisa

Nova versão do GPS será ainda mais precisa

Avatar Por

Eu não tenho muito o que reclamar do GPS. Usando o aplicativo do Google Maps para Nokia E71, é com ele que eu não me perco em São Paulo, cidade para a qual me mudei recentemente. No entanto, tem quem ache que a tecnologia por trás do GPS pode melhorar ainda mais. Para isso, um investimento de US$ 8 bilhões (cerca de R$ 15 bilhões) está sendo feito.

Estrutura de um satélite utilizado para sistema de posicionamento global. (Flickr: cliff1066)

A nova versão do GPS – a tecnologia, é bom destacar – está sendo desenvolvida por cientistas e engenheiros em uma instalação localizada em El Segundo, na Califórnia. Atualmente são 24 satélites que compõem a rede necessária para fornecer o sistema de posicionamento global. Cada um deles deverá ser substituído por outro, com a nova tecnologia já instalada.

Quem se beneficia com isso? Eu e você, pois teremos um sistema mais apurado: a margem de erro, que hoje em dia está na casa dos 6 metros, passa a ser equivalente a um braço humano. Ou seja, não vai chegar sequer a um metro. Além de nós, empresas transportadoras, seguradoras e, claro, os militares, farão bom uso do novo GPS.

Por sinal, fique sabendo: a estrutura da rede de satélites do GPS é controlada pelo Ministério da Defesa dos Estados Unidos. Pois é…

Com informações: Los Angeles Times, cliff1066 (foto).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thallys
Hernani, não tem como ocorrer essa pane, já que os aparelhinhos de GPS não enviam dados para o satélite. Eles apenas recebem. Cada satélite de GPS fica o tempo todo enviando o seu próprio posicionamento e um 'clock' de relógio atômico. O seu aparelho de GPS é quem lê os dados de pelo menos 3 satélites e faz a triangulação. É tipo uma transmissão de TV: o aumento no número de televisores em uma cidade não vai afetar a transmissão na antena da estação emissora.
Shimatai
Mas e o lance da cobrança? Eu ja li que eles estavam bolando uma maneira de cobrar de quem usa o sinal.
Arthur Gouveia
O problema, pelo que sei, não é falta de satélites para tantos aparelhos, mas sim a vida útil dos satélites. Satélite é um equipamento e, claro, não vai durar para sempre. Os satélites GPS que estamos usando hoje têm mais de 20 anos de vida e já estão "no bico do corvo". Esses novos satélites que irão lançar não serão só pra dar um upgrade na tecnologia GPS, mas também pra substituir os equipamentos que estão morrendo.
Hernani
E aquela pane global que falam que irá acontecer por falta de satélites para tantos GPSs
Hernani
Para mim é uma mão na roda, principalmente no centro de SP
Alan22amg
GPS mais preciso, só vai ter uma finalidade mesmo! aumentar ainda mais a precisão de tiro armas militares c/ projeteis guiados por GPS.
Breno Brito
Orra! FUU!!! Imagina, meu chefe me liga já gritando: "pqp cara, vc tá atrasado de novo? e já são 9h30 e ainda está dormindo?" nem vai dar pra mentir q eu estava no trono de caganeira =/ Claro, eu tendo um gps 24/7ligado e meu chefe a planta da minha casa xP
Juan Lourenço
Como assim!?? Eu sou péssimo pra nomes de rua então o GPS me salva sempre. Aliás, nada melhor do que "Onde você mora?" - "Sabe a avenida X, segundo semáforo entra a esquerda, desce até a praça..." - "Não, não, me dá só o nome da rua e número que o GPS me leva" #Pwn3d
Shimatai
É essa versão de GPS que vai ser cobrada para usar? Os custos com a manutenção do sistema são altos e os cientistas estavam estudando uma maneira de cobrar o acesso.
Alexandre
O problema nao é ter um astrolabio, é saber le-lo, hehehe. Mas caso isso aconteca, tem o sol e as estrelas para ler!
@leocadionet
eu prefiro meu astrolábio, isso sim eh gadget, funciona até em momentos de guerra qnd o GPS for desligado pelos americanos para estrangeiros!
Alexandre
Quando precisei, o GPS me serviu muito bem,principalmente em viagem ao exterior. Ao ler esse artigo me lembrei de 2 noticias que li recentemente, as 2 contem o mesmo teor, o lancamento do "GPS" europeu e o "Gps" russo. Os russos disseram ter um sistema com a acuidade de centimetros. O fato é que, ao que me parece, os USA nao quer perder a hegemonia de seu GPS, enquanto a europa e a russia, nao querem depender de um sistema americano. Pelo que parece, de repente "aparece" 8 bi, demonstra o quao isso é estrategico pros USA, pois hao de concordar comigo que o GPS do jeito que está funciona perfeitamente, mesmo tendo alguns metros de erro...
Thássius Veloso
Os taxistas de SP também.
Fabiano
Os taxistas mais jovens agradecem.
Julio Andrade
Espero que ajude o GPS do meu iPhone, que ultimamente está uma "beleza".
Exibir mais comentários