Início » Mobile » 99 reavalia política de preços e usuário pode economizar até 10%

99 reavalia política de preços e usuário pode economizar até 10%

Por
09/08/2018 às 12h17
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A 99 anunciou nesta quarta-feira (8) que revisou sua política de preços e tornou o app mais atraente para usuários e também para os motoristas. Com a nova forma de cálculo, a taxa cobrada por corrida do motorista foi reduzida e a economia para o passageiro pode ser de 10% em média.

Depois de ser comprada pela maior empresa de transporte de passageiros por app, a Didi, a 99 aumentou sua agressividade no mercado nacional. Ontem, a empresa anunciou novos planos para tentar abocanhar mais usuários de sua principal concorrente e maior empresa deste setor no Brasil: Uber.

Desde quarta-feira, os motoristas deixam de pagar 16,99% para a empresa e passam a deixar 12,50% do valor de cada corrida. Os passageiros também notam um valor menor para corridas que acontecem na capital paulista, Guarulhos, Osasco, cidades do ABC e mais 32 municípios que fazem parte da Grande São Paulo.

Diferença de preços já é perceptível entre o 99 (esquerda) e Uber (direita)

Em média, a diferença do que era cobrado antes para o novo preço chega em 10% para a modalidade 99Pop, que utiliza carros particulares e não táxis.

Para as corridas feitas com táxi, a nova política de preços também baixou os valores cobrados do motorista por cada viagem. A partir de agora, a 99 fica com 10,99% do valor final que o passageiro paga ao motorista.

Além de agradar os usuários de modo geral, o objetivo da 99 é de aumentar a participação de pessoas que moram em regiões periféricas das cidades – que correspondem a 54% de todas as corridas feitas no município. Junto dos preços, a marca também criou outro centro de atendimento para os motoristas, que fica na Zona Leste paulista.

Mais sobre: ,