Início » Games » O EmuParadise está (mais ou menos) morto

O EmuParadise está (mais ou menos) morto

Por
17 semanas atrás

Se você já utilizou emulação em algum momento da vida, certamente conhece o site EmuParadise. Famoso desde o começo do século 21, o site acabou de matar toda a sua coleção de ROMs e isso pode ter ligação direta com a caça que a Nintendo vem fazendo aos repositórios de emulação.

Um mundo controverso de jogos retrô

Nascido pelas mãos de MasJ, quase que duas décadas atrás e com o objetivo de promover jogos retrô, o EmuParadise já sofreu com problemas relacionados a pirataria, mas aparentemente nenhuma ação foi para frente e virou problema de fato. Desde ontem (8), o site apenas exibe e distribui os emuladores, mas não conta mais com a imensa lista de jogos em ROMs.

Para você que não entendeu nada, vamos lá: uma das formas de jogar um game mais antigo é pela emulação, que é um programa de computador que faz as vezes do hardware e do software de um console. Os jogos são compartilhados em arquivos chamados de ROMs, que em alguns casos são bem pequenos, como acontece nos games de Super Nintendo e seus jogos de mais ou menos 5 MB – ou quase que o tamanho de uma música inteira em MP3.

Uma mensagem no próprio EmuParadise afirma que o risco de manter as ROMs disponíveis é alto demais para valer a pena o trabalho que dá deixar tudo funcionando.

“Não vale a pena para nós arriscarmos consequências potencialmente desastrosas. Eu não posso, em boa consciência, arriscar o futuro dos membros de nossa equipe que contribuíram para o site ao longo dos anos. Nós mantemos o EmuParadise pelo amor de jogos retrô e para você poder reviver esses bons momentos. Infelizmente, não é possível continuar de forma que todos fiquem contentes e nos mantenha longe de problemas,” comenta MasJ.

Além de manter os programas que rodam as ROMs, o site continuará com informações de milhares de jogos de várias plataformas diferentes, ainda dentro do objetivo de jogos retrô.

Soluções oficiais existem

Este é um momento complicado para os amantes de jogos antigos, já que a Nintendo não demonstra interesse em levar o Virtual Console para o Switch e que os lançamentos de coleções (como aconteceu com o Mega Man) são pontuais e de apenas alguns títulos.

SNES Classic Edition

SNES Classic Edition

Outras formas de jogar games mais antigos está nas mãos das próprias fabricantes, como a Nintendo quando lançou as versões compactas do Nintendinho e do Super Nintendo, ou das várias versões do Mega Drive com jogos na memória e até mesmo o Atari, que voltou recentemente pelas mãos da TecToy.

Fico imaginando como seria a vida com algo como um Spotify de games, com assinatura mensal e liberdade de jogar milhares de jogos do Nintendinho, Master System, Mega Drive, Atari, Super Nintendo e tantos outros.

Ainda há esperanças

No final do texto de despedida, MasJ comenta que a equipe está empenhada em manter o site funcionando e que há outros planos na mesa. Quem sabe é aquela ideia de streaming de jogos antigos, de forma legal e com assinatura?

Com informações: EmuParadise.

Mais sobre: , ,