Início » Celular » Spotify testa função que permite pular anúncios na versão gratuita

Spotify testa função que permite pular anúncios na versão gratuita

Spotify quer descobrir se função de pular anúncios irrestritamente no plano gratuito pode melhorar publicidade direcionada

Emerson Alecrim Por

Toda empresa precisa dar lucro, mas a pressão sobre o Spotify aumentou consideravelmente depois de sua estreia na bolsa de valores. Por conta disso, a companhia vem fazendo experiências. A mais recente é permitir que os usuários do plano gratuito pulem os anúncios de vídeo ou áudio, irrestritamente.

Parece não ter sentido, afinal, os anúncios são uma forma de fazer as assinaturas gratuitas gerarem alguma receita. Se os usuários começarem a pular anúncios sem nenhum tipo de limitação, a lógica é a de que a remuneração caia.

Mas o Spotify tem uma explicação. O objetivo com os testes é verificar se é possível refinar os algoritmos a ponto de o serviço só reproduzir na conta de cada usuário anúncios que condizem com as suas preferências.

Novo Spotify

Danielle Lee, líder de soluções para parceiros do Spotify, diz que o Active Media, como o mecanismo vem sendo chamado, é semelhante ao modo Descobertas da Semana (Discover Weekly), que sugere músicas para o usuário com base em faixas reproduzidas ou descartadas anteriormente.

A diferença aqui é que os anúncios pulados ou reproduzidos ajudarão o serviço a identificar quais os públicos mais adequados para cada campanha. Os anunciantes não são cobrados pelas peças ignoradas, portanto, não há riscos para eles.

Se funciona? É o que Spotify está tentando descobrir. Por enquanto, o Active Media está disponível apenas na Austrália, desde o mês passado. Lee destaca que há a possibilidade de lançar a funcionalidade no mundo todo, mas não deu previsão de data, tampouco confirmou se isso será mesmo feito.

É possível que a função de pular anúncios também faça parte dos planos do Spotify de melhorar a modalidade gratuita para atrair mais usuários para o serviço e, a partir daí, aumentar a conversão de assinantes para o plano Premium. Porém, a companhia não fez nenhum comentário a respeito disso.

Com informações: Ad Age.

Mais sobre: