Início » Computador » Google pode oferecer suporte ao Windows 10 em mais Chromebooks

Google pode oferecer suporte ao Windows 10 em mais Chromebooks

A empresa trabalha para fazer o Chrome OS conviver com o sistema da Microsoft em seus notebooks

Por
1 ano atrás

O Chromebook é bastante popular, mas, em alguns casos, não atende às necessidades dos usuários, já que algumas tarefas são realizadas mais facilmente em computadores convencionais. O Google sabe disso e trabalha em uma maneira para o Chrome OS conviver com o Windows 10 em seus notebooks.

Batizado de Campfire, a solução permitirá o dual-boot no Chromebook. Inicialmente, a expectativa era de que ela fosse liberada somente para o próximo Pixelbook, principal modelo com o sistema operacional do Google.

Google Pixelbook

Segundo o XDA Developers, porém, essa possibilidade será estendida para mais Chromebooks. O código-fonte do Chrome OS indica que o Campfire estará disponível em vários modelos, mas não para todos.

Para manter o Windows 10 junto com o Chrome OS em um notebook seria necessário atender a alguns requisitos, sendo o armazenamento o principal deles. De acordo com comentários presentes no código do sistema operacional, será necessário contar com ao menos 40 GB de espaço disponível. Muitos Chromebooks têm 32 GB ou menos, o que indica que a opção será restrita para alguns aparelhos.

A instalação do Windows 10 em notebooks compatíveis não deverá ser uma tarefa muito complicada, já que o segundo sistema poderá ser ativado com um comando simples no Chrome OS. A ideia é evitar a necessidade de usar o modo de desenvolvedor ou de fazer mudanças no sistema.

Ainda não há informações sobre quando o suporte para o Windows 10 será liberado para o Chromebook. O Google tem um evento previsto para o início de outubro onde deverá apresentar, entre outras coisas, o Pixel 3.

A cerimônia também poderia servir para apresentar a novidades para os notebooks com o sistema da empresa. Porém, não se sabe se a solução ficará pronta a tempo. De qualquer forma, os planos de oferecer o suporte para o Windows 10 poderão aumentar ainda mais o interesse dos usuários pelo Chromebook.

Com informações: Engadget, TechCrunch.