Início » Celular » Asus lança Zenfone 5, Selfie, Selfie Pro e 5Z no Brasil; Max Pro tem Android sem ZenUI

Asus lança Zenfone 5, Selfie, Selfie Pro e 5Z no Brasil; Max Pro tem Android sem ZenUI

Zenfone 5Z, com processador Snapdragon 845, chega ao Brasil e tem fabricação local

Paulo Higa Por

A Asus lançou nesta quinta-feira (16) seus novos smartphones para o mercado brasileiro. Além do Zenfone 5, a fabricante trouxe dois modelos voltados para selfies e o Zenfone Max Pro, que é equipado com uma bateria gigante e elimina a ZenUI em favor de um Android 8.1 Oreo sem personalizações. O Zenfone 5Z, modelo poderoso com Snapdragon 845, também será lançado no país.

Zenfone 5

O modelo principal é o Zenfone 5, que possui uma tela IPS LCD de 6,2 polegadas com notch e resolução de 2246×1080 pixels. Trata-se de um smartphone intermediário, com processador octa-core Snapdragon 636, 4 GB de RAM e 64 ou 128 GB de armazenamento, com possibilidade de expansão por microSD. A bateria é de 3.300 mAh.

Assim como na geração anterior, a Asus manteve duas câmeras na traseira: uma com sensor de 12 megapixels e lente de abertura f/1,8; e outra de 8 megapixels com lente grande angular de abertura f/2,2. A câmera frontal tem resolução de 8 megapixels e também serve para desbloquear o aparelho com reconhecimento facial.

O preço sugerido é de R$ 1.999 (64 GB) e R$ 2.249 (128 GB). Confira o review do Zenfone 5.

Zenfone 5 Selfie e Zenfone 5 Selfie Pro

O Zenfone 5 Selfie, que é conhecido como Zenfone 5 Lite (ou 5Q) em outros países, foca na qualidade da câmera frontal dupla, com resolução de 20 megapixels no sensor primário e 8 megapixels no secundário. Há duas variações: o Selfie, com processador de entrada e gravação em Full HD; e o Selfie Pro, com hardware mais potente e filmagem em 4K na traseira.

Começando pelo Zenfone 5 Selfie, há um processador octa-core Snapdragon 430, 4 GB de memória LPDDR3 e 64 GB de armazenamento. Já o Zenfone 5 Selfie Pro melhora o chip para um Snapdragon 630 octa-core e dobra o espaço para 128 GB. A RAM permanece em 4 GB, mas tem tecnologia LPDDR4, que traz velocidades de transferência maiores.

Ambos os modelos possuem tela de 6 polegadas com resolução de 2160×1080 pixels (Full HD+) e câmera traseira de 16 megapixels. Eles são os únicos a rodar o Android 7.1 Nougat; os outros já saem de fábrica com o Oreo.

O Zenfone 5 Selfie será comercializado por R$ 1.499, enquanto o Zenfone 5 Selfie Pro custará R$ 1.699.

Zenfone Max Pro (M1)

O Zenfone Max Pro é o primeiro smartphone da Asus com experiência de Android puro. Ele tem hardware semelhante ao do Zenfone 5, mas possui bateria gigante de 5.000 mAh que promete durar até dois dias e roda Android 8.1 Oreo sem a personalização da interface ZenUI e aplicativos de terceiros pré-instalados.

Ele tem processador octa-core Snapdragon 636 (o mesmo do Zenfone 5), 3 ou 4 GB de RAM e 32 ou 64 GB de armazenamento — com direito a 100 GB adicionais no Google Drive. A tela é de 6 polegadas, com resolução de 2160×1080 pixels (Full HD+).

A câmera traseira é dupla, mas não tira fotos em grande angular: o sensor de 13 ou 16 megapixels com lente de abertura f/2,0 é combinado com um de 5 megapixels para desfocar o fundo em retratos. Na frente, o sensor é de 8 megapixels.

Estes são os preços sugeridos do Zenfone Max Pro:

  • 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento: R$ 1.349
  • 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento: R$ 1.549

Zenfone 5Z

A surpresa da noite foi o Zenfone 5Z, modelo topo de linha com processador Snapdragon 845, o melhor oferecido pela Qualcomm. Fabricado no Brasil e herdando o mesmo design, tela e bateria do Zenfone 5, o aparelho chega ao país com 4, 6 ou GB de RAM e 64, 128 ou 256 GB de armazenamento, com possibilidade de expansão por microSD.

A câmera traseira, embora tenha a mesma resolução de 12 megapixels do Zenfone 5 e lente grande angular, pode gravar em 4K a 60 quadros por segundo, acima dos 30 fps do irmão mais simples. A frontal continua com 8 megapixels. Os sensores de imagem e as lentes são os mesmos, mas o processador de imagem é diferente.

Estes são os preços do Zenfone 5Z:

  • 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento: R$ 2.499
  • 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento: R$ 2.949
  • 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento: R$ 3.399

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marina Marisa

KKKKKKK melhor comentário

Celso

Aliás, a proposta atual do Android One remete mais aos aparelhos GPE (Google Play Edition),
E a antiga proposta do Android One agora é a proposta do atual programa Android Go.

Cristina Nascimento

Já virou rotina esse negócio no Brasil, mas cada vez q leio e ouço me dá ódio. Q situação essa q nós vivemos..

Vitor Kimiecih

Engraçado que o MAX eu não acho no Brasil com opção 4gb + 64gb. Já liguei na Asus e nem eles sabem. Só tem o 3gb + 32gb.

Ericsson

Desculpe mais, quando foram lançados não era não, o modelo de entrada era o Zenfone 3 GO, o Max, não era de entrada!

Saulo Benigno

E aí? Qual sua opinião sobre o aparelho? O que ta achando? Vale trocar o A1 por ele?

Obrigado :)

Felipe Silva

Pra quem tira muitas fotos e não joga essa é uma boa cominação.

lordkelvinx

Plastico nas laterais e topo do aparelho, metal na "tampa" traseira.

ばか

O problema não é comentar uma sugestão de importação, mas sim a arrogância em seu comentário chamando de trouxa quem compra localmente.
Entenda que todo mundo já sabe que da pra importar telefone com bom hardware e preço baixo, isso não é novidade pra ninguém (talvez pra você seja), mas ninguém tem interesse em importar por N motivos, não pergunte quais, pois cada um tem os seus.

Porto Velho

Você disse que os dois são a mesma coisa.

lordkelvinx

To procurando onde eu disse que o Android Puro DEPENDE do One para existir 🤔. Até porque o projeto só saiu a poucos anos...

Apenas me referi a isso que você disse, que é um programa, não que o outro depende.

Porto Velho

Negativo. Android One é um programa de atualização que usa o Android puro como base, como você citou. Android puro é só a variação do Android sem modificações e não depende de Android One pra existir.

O aparelho da Asus aí por exemplo tem Android puro e não faz parte do Android One. Pra fazer parte desse programa, a fabricante tem que ficar nas mãos do Google, que define tudo o que pode e não pode colocar no aparelho, incluindo o hardware.

lordkelvinx

Na realidade não, são a mesma coisa, o Android One nada mais é que um programa feito pelo Google para as fabricantes fazerem parte e desenvolver aparelhos com o Android Puro, tipo os antigos Nexus, hardware empresa/software Google, só que agora aberto a mais do que 1 parceria.

Saulo Benigno

Sony? Hehehe eu tive que rir.

Zen2? 2014! Android 4.... era outro mundo...

Victor Danner

Não que justifique, mas o modelo Max é o mais básico. A única vantagem é a bateria, porém é o mais barato entre o Selfie, 5 e o Z.

Exibir mais comentários