Início » Negócios » Nvidia sofre queda nas ações após demanda fraca por mineradores de criptomoeda

Nvidia sofre queda nas ações após demanda fraca por mineradores de criptomoeda

Menor rentabilidade e maior custo para minerar as criptomoedas diminuiu o interesse por novas GPUs da NVIDIA

Por
43 semanas atrás

O fechamento do pregão da Bolsa de Nova York desta quinta-feira (16) revelou uma surpresa para a Nvidia e também para seus consumidores: as ações da empresa despencaram 5% e continuam caindo até hoje (17). Por outro lado, a queda pode diminuir o valor cobrado pelas placas da marca.

As placas gráficas conseguem poder de processamento muitas vezes superior ao CPU, o que fez o mercado de GPUs disparar para quem precisa minerar as moedas virtuais. Com maior quantidade de pessoas comprando as placas, o preço subiu e as ações da empresa foram junto.

Foto por NVIDIA Corporation/Flickr

“Nós nos beneficiamos nos últimos trimestres de um aumento incomum das criptomoedas, mas neste momento nós consideramos que é imaterial para o segundo semestre,” comentou Jensen Huang, CEO da Nvidia, em conferência com analistas e investidores.

Como o processamento necessário para minerar uma quantidade relevante de criptomoedas cresceu neste ano, o maior custo da mineração (de energia elétrica, por exemplo) começou a diminuir a rentabilidade do processo e isso fez com que menos placas fossem vendidas.

A marca apostava que a queda seria momentânea, mas não foi e suas ações caíram. O lado positivo para o consumidor é que o preço cobrado pelas GeForce tende a cair com a menor demanda pelas placas.

Jensen Huang, CEO da Nvidia, na apresentação da Titan V

Jensen Huang na apresentação da Titan V

Menos lucro, mas ainda bastante lucro

Em números, segundo a Reuters, a Nvidia projetou um lucro de US$ 3,25 bilhões para o trimestre seguinte, contra US$ 3,34 bilhões que os analistas esperavam. Antes do anúncio da nova previsão, ainda na quinta-feira, cada ação da empresa chegou a valer US$ 260,87. Na abertura do pregão de hoje, o valor caiu para US$ 245,83 e passou o dia com altos e baixos, fechando o último dia da semana com US$ 244,82 por ação.

Com informações: Reuters.

Mais sobre: , ,