Início » Mobile » Infográfico explica por que atualizações de celulares Android demoram tanto

Infográfico explica por que atualizações de celulares Android demoram tanto

Sony descreve onze passos para atualizar Android, incluindo modificar a interface e realizar testes do sistema do Google

Por
31 semanas atrás

Por que as atualizações do Android demoram tanto? Em seu blog oficial, a Sony divulgou a lista de smartphones Xperia que serão atualizados para o Android 9.0 Pie, e divulgou um infográfico que explica os onze passos do processo de update. (Há alguns anos, a Sony Ericsson fez algo semelhante.)

A maioria dos celulares Android demora para receber atualizações, apesar dos esforços do Google para melhorar o processo. Isso não é novidade, mas a fabricante quer esclarecer por que os updates levam tanto tempo para chegar — quando chegam.

Foto por Chao-Wei Juan/Flickr

Basicamente, a Sony precisa otimizar o sistema operacional para seu hardware; personalizá-lo com sua interface e aplicativos; testá-lo internamente e externamente; e modificá-lo dependendo do feedback das operadoras.

Esse é um processo que vale para a maioria das fabricantes. Elas usam o HAL (camada de abstração de hardware) para que o novo Android funcione com chips existentes; implementam recursos básicos, como conectividade à internet e chamadas telefônicas; e depois passam para as skins personalizadas — Samsung Experience/TouchWiz, LG UX, Asus Zen UI, entre outras.

Google começa a facilitar atualizações com Project Treble

O Google tentou acelerar esse processo com o Projeto Treble. A arquitetura do sistema foi dividida em módulos: a fabricante pode fazer suas modificações enquanto empresas como Qualcomm e MediaTek preparam seus chips para o novo Android.

Isso já vem mostrando alguns bons resultados. O Essential Phone recebeu o Android 9 Pie no mesmo dia que a linha Google Pixel. Dispositivos que participaram do programa Android Beta — possível graças ao Projeto Treble — também serão atualizados mais rápido.

Como é e como será

No entanto, o Treble é garantido apenas para dispositivos lançados com Oreo ou superior. Ele pode ser adotado via atualizações se a fabricante quiser, mas exige Android 8.0 de um jeito ou de outro.

E o Oreo ainda está disponível em poucos dispositivos: apenas 12,1% em julho, segundo o próprio Google. Ele está seguindo o ritmo lento do Nougat, que levou 17 meses para se tornar a versão mais popular.

O Google garante atualizações de Android para seus celulares por até dois anos. No caso de patches de segurança, são três anos. No entanto, algumas fabricantes demoram para distribuir essas correções, e até mentem ao fazer isso.

Apple consegue seguir processo diferente (e mais rápido)

E o iOS? O processo aqui é diferente: a Apple só anuncia uma nova versão quando ela está basicamente pronta e aprovada pelas operadoras. Isso permite um lançamento global para todos os dispositivos compatíveis no mesmo dia.

O iOS 11 está presente em 91% dos iPhones e iPads ativos no mundo, segundo a Mixpanel.

Onze passos para atualizar o Android

Para atualizar o Android, esses são os onze passos descritos pela Sony:

  1. Google libera PDK (kit de desenvolvimento de plataforma) para testar prévias de um novo Android;
  2. Google lança novo Android;
  3. fabricante adapta novo software para funcionar com chips existentes usando o HAL (camada de abstração de hardware);
  4. fabricante implementa recursos básicos, como conectividade à internet e chamadas telefônicas;
  5. fabricante modifica interface e inclui seus apps próprios;
  6. fabricante realiza testes internamente com versão preliminar;
  7. fabricante realiza testes externos;
  8. fabricante verifica se software atende a padrões como Wi-Fi e Bluetooth;
  9. operadoras podem exigir modificações e realizam testes dessa versão;
  10. fabricante lança nova versão do Android;
  11. fabricante acompanha fóruns e redes sociais para obter feedback dos usuários.

Mais sobre: , ,
O anúncio fechará em 15 segundos