Início » Antivírus e Segurança » EUA pressionam Facebook a quebrar criptografia no Messenger

EUA pressionam Facebook a quebrar criptografia no Messenger

O Departamento de Justiça dos EUA quer obter mensagens de voz de um suspeito em investigação

Por
44 semanas atrás

Em 2016, a Apple recebeu um pedido do FBI para criar uma brecha que permitisse acessar arquivos do iPhone de um suspeito. O caso trouxe discussões sobre privacidade que deverão ser retomadas devido a um novo caso. Desta vez, o Facebook é que está no centro da polêmica.

Segundo a Reuters, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos quer forçar a empresa a remover a criptografia do Messenger. O objetivo é acessar as mensagens de voz de um suspeito e usá-las como provas em um processo.

Como a ação corre em sigilo, não há informações públicas. No entanto, a agência afirma que o processo foi aberto em Fresno, na Califórnia, e envolve a gangue MS-13.

Formada por imigrantes oriundos de El Salvador, a gangue vive do tráfico de drogas e de extorsões e é apontada pelo governo dos EUA como uma “organização criminosa transnacional”.

O que os promotores que cuidam do caso desejam é uma escuta das mensagens de voz de um suspeito que tem relação com o grupo. O Facebook contesta a ordem e diz que as mensagens de voz enviadas pelo Messenger têm criptografia de ponta-a-ponta.

Com isso, somente as partes envolvidas na conversa podem acessar o conteúdo. A empresa diz que só pode contribuir com o governo se alterar o código usado por todos os usuários ou se hackear 0 alvo do governo.

As duas alternativas, porém, não são bem vistas pelo Facebook. Com a resistência, o governo chegou a pedir na quinta-feira (16) que o Facebook fosse punido por desacato.

Qualquer que seja a decisão, a Justiça tende a receber críticas por conta da complexidade do caso. No entanto, a decisão de atender o governo dos EUA pode abrir precedentes para outros aplicativos de mensagens, como WhatsApp e Signal, que tem a privacidade dos usuários como uma de suas bases.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.