Início » Antivírus e Segurança » EUA pressionam Facebook a quebrar criptografia no Messenger

EUA pressionam Facebook a quebrar criptografia no Messenger

O Departamento de Justiça dos EUA quer obter mensagens de voz de um suspeito em investigação

Victor Hugo Silva Por

Em 2016, a Apple recebeu um pedido do FBI para criar uma brecha que permitisse acessar arquivos do iPhone de um suspeito. O caso trouxe discussões sobre privacidade que deverão ser retomadas devido a um novo caso. Desta vez, o Facebook é que está no centro da polêmica.

Segundo a Reuters, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos quer forçar a empresa a remover a criptografia do Messenger. O objetivo é acessar as mensagens de voz de um suspeito e usá-las como provas em um processo.

Como a ação corre em sigilo, não há informações públicas. No entanto, a agência afirma que o processo foi aberto em Fresno, na Califórnia, e envolve a gangue MS-13.

Formada por imigrantes oriundos de El Salvador, a gangue vive do tráfico de drogas e de extorsões e é apontada pelo governo dos EUA como uma "organização criminosa transnacional".

O que os promotores que cuidam do caso desejam é uma escuta das mensagens de voz de um suspeito que tem relação com o grupo. O Facebook contesta a ordem e diz que as mensagens de voz enviadas pelo Messenger têm criptografia de ponta-a-ponta.

Com isso, somente as partes envolvidas na conversa podem acessar o conteúdo. A empresa diz que só pode contribuir com o governo se alterar o código usado por todos os usuários ou se hackear 0 alvo do governo.

As duas alternativas, porém, não são bem vistas pelo Facebook. Com a resistência, o governo chegou a pedir na quinta-feira (16) que o Facebook fosse punido por desacato.

Qualquer que seja a decisão, a Justiça tende a receber críticas por conta da complexidade do caso. No entanto, a decisão de atender o governo dos EUA pode abrir precedentes para outros aplicativos de mensagens, como WhatsApp e Signal, que tem a privacidade dos usuários como uma de suas bases.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Freitas

Eu ainda não sei o porquê dessa obsessão por parte de alguns governos em querer tanto a "quebra" de alguns sistemas de criptografia. Em nome da "segurança nacional"?

Qualquer terrorista ou coisa do gênero, irão passar longe desses sistemas de comunicação.
Ainda mais se tratando de corporações de origem norteamericana.

Tiago Freitas

Achei que tinha sido somente eu. 🙂

Marcos Guilherme

"A empresa diz que só pode contribuir com o governo se alterar o código usado por todos os usuários ou se hackear 0 alvo do governo.". Não entendi o final, "..ou se hackear 'zero' alvo do governo."? ou 'O alvo do governo'? Sei lá ficou meio estranho essa redação.

Eduardo Braga

Primeiro, critica pelo vazamento de dados. Depois, pede pelos dados.

Luís Carlos Soares

Foicebook preocupado com privacidade? Kkk