Início » Celular » Poco F1 é o topo de linha “barato” da Xiaomi

Poco F1 é o topo de linha “barato” da Xiaomi

Poco é uma marca da Xiaomi para smartphones high-end com preços competitivos; primeiro modelo, Poco F1 traz chip Snapdragon 845 e tela de 6,18 polegadas

Emerson Alecrim Por

O Poco F1 é oficial. Rumores recentes diziam que, nesta quarta-feira (22), a Xiaomi iria lançar a marca Poco como uma nova divisão de celulares de alto desempenho. Assim foi feito. O novo smartphone traz chip Snapdragon 845 e preços competitivos.

Poco F1

A Xiaomi já aparece como a quarta maior fabricante de celulares do mundo. Com um nome tão forte, causa estranheza o lançamento de outra marca para o segmento. Mas tudo indica que a intenção da companhia com a nova divisão é ter mais poder de fogo para competir com OnePlus, Vivo, Oppo e outras marcas chinesas em determinados mercados.

Inicialmente, o Poco F1 vai estar disponível apenas na Índia, mas há planos de lançá-lo em países da Europa e Ásia (a China deve ficar de fora). Por ora, a estratégia da Xiaomi para fazer a marca vingar é lançar aparelhos high-end, mas com preços mais baixos do que a média para a categoria.

Poco F1: ficha técnica

O Poco F1 tem tela full HD (2246×1080 pixels) de 6,18 polegadas que segue a tendência do notch. Para quem não gosta desse detalhe, a Xiaomi destaca uma função que desabilita o notch virtualmente (as áreas ao lado do entalhe simplesmente ficam pretas).

As demais especificações trazem:

  • Processador Snapdragon 845 de 2,8 GHz;
  • GPU Adreno 630;
  • 6 ou 8 GB de RAM;
  • De 64 a 256 GB de armazenamento interno expansíveis com microSD;
  • Bateria de 4.000 mAh com recarga rápida (Quick Charge 3.0);
  • Câmera traseira dupla de 12 + 5 megapixels;
  • Câmera frontal de 20 megapixels;
  • Android 8.1 Oreo com interface MIUI 9.6 adaptada (com previsão de update para a MIUI 10).

Com relação à câmera dupla na traseira, a fabricante destaca que o sensor de 12 megapixels é um Sony IMX363 de 1,4 micrômetro acompanhado de um sensor Samsung de 5 megapixels cujo modelo não foi especificado. O que mais importa é que o Poco F1 está preparado para recursos que, atualmente, são praticamente obrigatórios, como foco automático, detecção de cena e modo retrato.

Poco F1

Outras características incluem porta USB-C, conector tradicional para fones de ouvido (amém?), leitor de impressões digitais na traseira, desbloqueio por reconhecimento facial (para isso, há um sensor de infravermelho no notch), Bluetooth 5.0 e Wi-Fi 802.11ac.

Um detalhe curioso é que o Poco F1 conta com um sistema de resfriamento líquido que promete dissipar calor até três vezes mais rápido do que a média da indústria, o que pode tornar o modelo particularmente atraente para jogos.

Poco F1

Lançamento e preços do Poco F1

As vendas oficiais do Poco F1 na Índia começam no dia 29. Por lá, os preços serão os seguintes (na conversão para dólar):

  • POCO F1 de 6 GB + 64 GB: US$ 300;
  • POCO F1 de 6 GB + 128 GB: US$ 345;
  • POCO F1 de 8 GB + 256 GB: US$ 415.

O modelo de 8 GB de RAM contará ainda com uma versão Armoured Edition que conta com acabamento externo em fibra de Kevlar. O preço será equivalente a US$ 430.

A Xiaomi ainda não revelou datas de lançamento para outros países.

Com informações: The Next Web.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thyago Freitas

É o mesmo gesto de voltar, só que você segura um pouco, daí troca entre os dois últimos apps. Acho que é o único gesto que poderia ter sido melhor pensado, pois se torna um pouco lento comparado ao gesto do Android puro.

Gertrudes, a Lhama

Eu gosto do visual da MiUI, e tem uns recursos legais mesmo. Meu problema com ela foi que nunca consegui que ela funcionasse bem, do jeito que deveria. Sempre sofri com bugs e gerenciamente de memória agressivo demais.

phsodre

Eu particularmente nunca tive problemas. Apesar da aparência que remete ao OIS (a qual eu tive que engolir) eu achei extremamente produtiva e cheia de recursos que eu utilizava muito. Eu nem pensava em usar uma Custom ROM, até pq elas não me ofereceriam a mesma experiência. Android puro não tem nada demais e meu aparelho aguentava meu modo de uso com tranquilidade mesmo sendo Snapdragon 425. Pelos 434,00 que gastei sem ser taxado, foi uma experiência mais que maravilhosa!

Orley Lima

É que nem sempre que eu uso o aparelho eu to com ele na frente da minha cara, né...
Tipo nesse momento eu to com ele em cima da mesa do trabalho... Acho o leitor de digital mais prático do que ter que pegar ele e apontar pro meu rosto... Ou ter que desenhar o padrão.

Manoel Pereira da Silva

Estou esperando muito ancioso pelo lançamento de aparelhos com tela menores entre 4 e 5 polegadas... Vai ser muito mais discreto e interessante. Obrigado.

Filipe Abrão

eu nao penso exatamente o contrário... o melhor launcher que eu ja usei... detesto Android Puro...

Gertrudes, a Lhama

Saí dela faz pouco, não aguentava mais. Pra piorar, as Custom ROMs sempre tinham algum problema.

phsodre

Eu já apostaria na MIUI, inclusive estou com sdds do meu Redmi 4X

DDR31600Mhz

Sem entrada P2 e notch...

Blind

dá uma pesquisada bem, é MIUI e otimizada, o design tá no estilo android one, o launcher é diferente da MIUI e tem ate gaveta de apps deslizável, atualização pro android PIE já no Q4, tem mta diferença vendo os reviews.

launcher:
https://www.youtube.com/wat...

Blind

não irá usálo já que ele tem desbloqueio fácil com laser pro escuro e bastatocar no power e automáticamente já abre quase q instantaneo.

Blind

é ai que a promessa do software está diferente, é uma MIUI diferente em design, otimizada pra ser mais rápida e manter as funçoes e gestos da MIUI, tem um launcher próprio que na MIUI oficial não tem, o sistema lembra inclusive mais o Android stock, o launcher tem gaveta de apps deslizável como o pixel launcher e umas funções a mais. Além da promessa de atualizações rápidas já contendo o android pie no Q4 e melhorias nas câmeras.

Blind

será atualizado pra android PIE no Q4 deste ano com MIUI diferente e otimizadíssima (só vendo os reviews se nota grandes diferenças e lembrando demais o android stock). launcher diferente e disponivel na playstore em beta dia 29.

Blind
Blind

MIUI 10 é lindissima apenas com um launcher n tão completo como eu queria, coisa que pelo video, este launcher da POCO q será liberado na playstore, vai corrigir.

e tentei suar android puro e curti, mas as funçoes e facilidades da MIUI batem na mesma hora!

Exibir mais comentários