Início » Brasil » Amazon Brasil passa a vender roupas e artigos esportivos

Amazon Brasil passa a vender roupas e artigos esportivos

Para marcar o começo das vendas nas duas categorias, a Amazon oferecerá descontos de até 70%

Victor Hugo Silva Por

A oferta de produtos na loja da Amazon no Brasil tem crescido nos últimos meses. Por aqui, a página da empresa já vende produtos eletrônicos e itens para casa e cozinha, além de livros e eBooks. Agora, ela também oferece roupas e artigos esportivos.

Os produtos das duas categorias passaram a ser vendidos na Amazon nesta quarta-feira (22). Eles serão comercializados por meio do marketplace da empresa. Com isso, outras lojas e marcas podem usar a plataforma para vender seus produtos.

Amazon - caixa

Assim como nas outras categorias que usam o marketplace, a entrega dos pedidos é de responsabilidade dos vendedores. No entanto, a Amazon oferece uma garantia de reembolso caso o produto recebido não corresponda com o que foi anunciado no site.

Os departamentos de roupas e de artigos esportivos somam mais de 300 mil produtos. Para marcar o início das vendas, a empresa pretende oferecer descontos de até 70% nas próximas duas semanas. Além disso, é possível parcelar as compras em até dez vezes sem juros.

Com a chegada dos novos departamentos, a Amazon passa a contar com cerca de 15 milhões de itens à venda em seu site. À exceção dos livros e de produtos como Kindle e Fire TV Stick, todos são comercializados por terceiros.

Com informações: UOL.

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João
Que nada, tem milhares de vídeos no youtube de gente q caiu em golpe. Por exemplo, comprou um fone da Sennheiser na loja oficial dela e veio um falsificado.
dcloko
Amazon só virá pra cá "de verdade" quando o mercado for mais aberto e liberal e nao essa oligarquia tosca comanda por B2W, Cnova e outros.
dcloko
Mas lá, as próprias marcas vendem o produto. Aqui, quem vende é o carinha da esquina a la "webfones". Tem nada ver o marketplace deles com o nosso.
dcloko
Que porcaria de click bait de notícia hein Tecnoblog? Marketplace na Amazon ninguém tá interessado - todo mundo quer o "vendido e entregue por". Próxima vez, não deixa o estagiário fazer a matéria.
Luizão
Ahhhh, se quiser vão sim.
Isaac Guedes
Eles estão fazendo isso em todo lugar. Já dominam o varejo nos EUA,, México, Índia, Alemanha e será assim sai Tb. Segunda empresa rumo ao primeiro trilhão seguindo os passos da Apple
Icaro
ÓBVIO que há, e eu sei muito bem disso. Mas a Amazon opera totalmente diferente lá fora, ela sempre oferece em primeiro lugar seu catálogo e dá como opções as ofertas do marketplace, o que às vezes é até mais barato. Quem aqui no Brasil segue essa receita é o Submarino, mas seu marketplace não é competitivo, principalmente no frete.
johndoe1981
Walmart morreu pra mim e muita gente depois que virou marketplace.
João
Na gringa tb rola mais marketplace que produtos amazon praticamente, pelo menos em todos que eu procuro lá.
Lucas Ribeiro
Na verdade, Mercado Envios é basicamente enviar utilizando o contrato do Mercado Livre.O que você está se citando é o Mercado Full.
Thiago
O problema do ML é o atendimento pós-venda porco. Inexistente, eu diria.Se tudo funciona bem, é ok. Se não, o cliente tá f... . Não tem telefone pra ligar, os atendentes são todos umas toupeiras, engessados. Uma porcaria.
Thiago
Olha, tem MUITO marketplace lá fora. O "fullfilled by Amazon" já ajudaria bastante. Algo que o Mercado Livre está implantando (Mercado Envios).
Thiago
Infelizmente é uma tendência irreversível.Walmart.com é 100% marketplace. Nos demais varejistas online, muito do que se oferta também é.Já fiz várias compras via Marketplace e não tive problemas (ainda). Mas preferiria entregue pelo próprio varejista.
Icaro
Enquanto ela for marketplace, vai ser irrelevante pros consumidores. Quando ela operar exatamente como lá fora, aí sim vai desbancar/torturar a concorrência. É difícil, mas não impossível!
Marcelo Nunes Costa
Tomara que sejam baratas as roupas, e tenha gg
Léx Ferracioli
Não vão chegar nem perto da Netshoes!
John Smith
Marketplace, né? Não, obrigado.
Paul
Duvido muito. Mas um pouco de otimismo não faz mal a ninguém.
Gustave Dupré
De uns meses para cá o mercado livre está cobrando muit
Kaio
Esse foi um dos motivos pela qual cancelaram a serie. Antes da prime video expandir amazon havia vendido os direitos de exibicao para as distribuidoras de outras regiões.E infelizmente a serie terminou em aberto, sem final.
Caleb Enyawbruce
Netshoes que se cuide, rs
Caleb Enyawbruce
Calma, eles estão "comendo pelas beiradas". Em breve vão vir com força total
Andre Kittler
A Amazon não está no brasil - eles fizeram uma porcaria para concorrer com o mercado livre e disfarçam essa desgraça em um nome que todos conhecem. Não é uma loja online isso - ou é, mas nesse caso o Mercado Livre é uma loja muito melhor.