Início » Celular » WhatsApp publica anúncio em jornais do Brasil para combater notícias falsas

WhatsApp publica anúncio em jornais do Brasil para combater notícias falsas

WhatsApp ensina três passos para detectar notícias falsas, incluindo ver se mensagem foi encaminhada e consultar outras fontes

Felipe Ventura Por

O WhatsApp está tomando algumas medidas para conter informações falsas que se espalham pelo aplicativo. A empresa publicou um anúncio de página inteira na edição desta segunda-feira (27) dos jornais Folha de S. Paulo, O Globo e Metro com dicas para os usuários.

Para o WhatsApp, um dos sinais de fake news são “mensagens encaminhadas de fonte desconhecida”. O aplicativo avisa se uma mensagem foi repassada para você — há uma etiqueta “Encaminhada” acima dela — e limita o encaminhamento para até 20 contatos ou grupos por vez no Brasil.

O anúncio também avisa que “fotos, vídeos e até áudios podem ser manipulados para tentar te enganar”. Para ter certeza de que algo é verdadeiro, a empresa recomenda fazer uma busca e checar o dado em fontes confiáveis.

Por fim, o WhatsApp faz um apelo: “não compartilhe uma mensagem só porque alguém te pediu para compartilhar”. E caso você se depare com algo falso, avise no grupo ou para seu contato.

São três pontos principais:

  • observe sinais indicando que a notícia pode ser falsa;
  • consulte outras fontes;
  • ajude a conter a desinformação.

WhatsApp toma medidas para combater fake news

Este mês, o WhatsApp também divulgou um anúncio em vídeo no Facebook para restringir o encaminhamento de boatos no Brasil. “Verifique os fatos quando você não souber quem criou a mensagem original”, sugere a empresa.

O WhatsApp vem se esforçando contra fake news desde o mês passado, após linchamentos na Índia motivados por boatos espalhados pelo aplicativo. Lá, a empresa divulgou um anúncio em jornais locais com dez dicas para detectar notícias falsas.

O governo da Índia perguntou se seria possível rastrear o autor original de uma mensagem para responsabilizá-lo em caso de notícias falsas. A empresa diz que não, porque isso “enfraqueceria a criptografia de ponta a ponta” e criaria “um potencial de uso inadequado”.

Com informações: Mobile Time.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Não, pois eu estava brincando. Deveriam mandar para todo mundo. Melhorou?

LekyChan

mas isso não seria revelar que eles tem acesso as nossas conversas?

Marcos Guilherme

Também pensei nisso.

Tjago

O complicado é que poucas pessoas hoje em dia compram jornal impresso, mas salvei a imagem e já mandei no grupo da família.

Paul

Provavelmente. É que em período eleitoral a coisa fica mais grave e fora de controle.
Mas acho que não vai desaparecer por completo, só não terá tanto destaque e importância assim.

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Não seria mais fácil enviar essa mensagem direto nos grupos de família no whatsapp?

Paul

Achei uma boa da parte deles.
Atualmente o WhatsApp realmente é um dos principais canais de disseminação de fake news. Muita gente acredita em tudo que lê por ali(de correntes à fakes news). Checar? A maioria não quer saber é já sai repassando.
É absurdo, mas tbm dado à importância que ele tem hje na vida do brasileiro, claro que isso iria acontecer. Se não fosse por ele, seria por outro. Tempos sombrios...