Início » Celular » LG G7 One traz Android puro e processador Snapdragon 835

LG G7 One traz Android puro e processador Snapdragon 835

G7 One é o primeiro smartphone da LG com Android One; fabricante também anunciou o LG G7 Fit, que traz chip Snapdragon 821

Por
38 semanas atrás

A LG revelou, nesta terça-feira (28), o LG G7 One. Como o nome sugere, o smartphone vem para fazer parte do Android One, programa do Google que visa melhorar a experiência do usuário com um Android puro e aparelhos mais acessíveis. O modelo não vem sozinho: a companhia sul-coreana também anunciou o LG G7 Fit.

LG G7 One

O primeiro detalhe a chamar atenção aqui é que, em vez de recorrer a um processador intermediário lançado em 2018, a LG preferiu equipar o G7 One com o Snapdragon 835 (e sua GPU Adreno 540), o topo de linha da Qualcomm em 2017. As demais especificações essenciais incluem 4 GB de RAM e 32 GB para armazenamento de dados expansíveis com microSD de até 2 TB.

 LG G7 One

Apesar de o nome sugerir semelhanças entre o LG G7 One e o LG G7 ThinQ, tecnicamente, ambos são diferentes em muitos aspectos. Começa pelo fato de este último ter chip Snapdragon 845 (com GPU Adreno 630), 64 GB de armazenamento e duas câmeras na traseira — o G7 One tem uma só, de 16 megapixels e abertura f/1,6.

Os dois modelos possuem tela de 6,1 polegadas com o famigerado notch, resolução de 3120×1140 pixels, HDR10 e proporção 19,5:9. Outras características em comum incluem câmera frontal de 8 megapixels e abertura f/1,9, além de bateria de 3.000 mAh com recarga rápida.

Como exigência do Android One, o LG G7 One traz o Android 8.1 Oreo praticamente puro, ou seja, sem interface modificada e apenas aplicativos essenciais.

A LG destaca ainda que o G7 One traz suporte ao Google Lens e vem com leitor de digitais na traseira, proteção contra água e poeira (certificado IP68) e áudio Hi-Fi Quad DAC para uso com fones de ouvido de alta impedância.

LG G7 Fit

LG G7 Fit

Causa algum espanto o LG G7 One ter sido equipado com um Snapdragon 835, mas o LG G7 Fit consegue ser ainda mais surpreendente. O modelo tem praticamente a mesma ficha técnica do G7 One, só que não possui Android puro e traz versões com 32 GB ou 64 GB de armazenamento. Mas o detalhe que chama atenção é o processador: o Snapdragon 821.

De acordo com a companhia, o LG G7 Fit foi desenvolvido para se situar entre aparelhos medianos e high-end. Não ficou claro, porém, o motivo de a LG ter preferido um chip de 2016 em vez de um processador intermediário mais recente, como o Snapdragon 660.

Preços e outros detalhes dos dois novos smartphones serão revelados durante a IFA 2018, em Berlim. O evento vai ser realizado entre os dias de 31 de agosto e 5 de setembro.