Início » Celular » LG G7 One traz Android puro e processador Snapdragon 835

LG G7 One traz Android puro e processador Snapdragon 835

G7 One é o primeiro smartphone da LG com Android One; fabricante também anunciou o LG G7 Fit, que traz chip Snapdragon 821

Emerson Alecrim Por

A LG revelou, nesta terça-feira (28), o LG G7 One. Como o nome sugere, o smartphone vem para fazer parte do Android One, programa do Google que visa melhorar a experiência do usuário com um Android puro e aparelhos mais acessíveis. O modelo não vem sozinho: a companhia sul-coreana também anunciou o LG G7 Fit.

LG G7 One

O primeiro detalhe a chamar atenção aqui é que, em vez de recorrer a um processador intermediário lançado em 2018, a LG preferiu equipar o G7 One com o Snapdragon 835 (e sua GPU Adreno 540), o topo de linha da Qualcomm em 2017. As demais especificações essenciais incluem 4 GB de RAM e 32 GB para armazenamento de dados expansíveis com microSD de até 2 TB.

 LG G7 One

Apesar de o nome sugerir semelhanças entre o LG G7 One e o LG G7 ThinQ, tecnicamente, ambos são diferentes em muitos aspectos. Começa pelo fato de este último ter chip Snapdragon 845 (com GPU Adreno 630), 64 GB de armazenamento e duas câmeras na traseira — o G7 One tem uma só, de 16 megapixels e abertura f/1,6.

Os dois modelos possuem tela de 6,1 polegadas com o famigerado notch, resolução de 3120x1140 pixels, HDR10 e proporção 19,5:9. Outras características em comum incluem câmera frontal de 8 megapixels e abertura f/1,9, além de bateria de 3.000 mAh com recarga rápida.

Como exigência do Android One, o LG G7 One traz o Android 8.1 Oreo praticamente puro, ou seja, sem interface modificada e apenas aplicativos essenciais.

A LG destaca ainda que o G7 One traz suporte ao Google Lens e vem com leitor de digitais na traseira, proteção contra água e poeira (certificado IP68) e áudio Hi-Fi Quad DAC para uso com fones de ouvido de alta impedância.

LG G7 Fit

LG G7 Fit

Causa algum espanto o LG G7 One ter sido equipado com um Snapdragon 835, mas o LG G7 Fit consegue ser ainda mais surpreendente. O modelo tem praticamente a mesma ficha técnica do G7 One, só que não possui Android puro e traz versões com 32 GB ou 64 GB de armazenamento. Mas o detalhe que chama atenção é o processador: o Snapdragon 821.

De acordo com a companhia, o LG G7 Fit foi desenvolvido para se situar entre aparelhos medianos e high-end. Não ficou claro, porém, o motivo de a LG ter preferido um chip de 2016 em vez de um processador intermediário mais recente, como o Snapdragon 660.

Preços e outros detalhes dos dois novos smartphones serão revelados durante a IFA 2018, em Berlim. O evento vai ser realizado entre os dias de 31 de agosto e 5 de setembro.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Panda BR
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk performance semelhante? Toma um PAU de mais de 30% em GPU. E NENHUM SNAPDRAGON da série 600 oferece suporte para UFS, vai ter que morrer no lixo do eMMC 5.1, que não tem nem METADE do desempenho de um Snapdragon 821 com UFS 2.0
Apostilas Grátis
Esse é top Central Android
Guilherme Silva
Tinha que ser a LG mesmo. O processador ateque é bom, mas pecou na câmera, que deveria ser igual ao do G7 atual e sinceramente, deveria ter 6gb de ram. E eu sei que ele vem Android puro, mas mesmo assim, ao menos 6gb de RAM para quem abre muitas abas e apps ao mesmo tempo. 6gb já era para ser padrão hoje em dia para um Smartphone top ou intermediário Premium. Só acho. Agora vamos ao que interessa, depois das especificacoes, PREÇO! Tenho quase certeza que não será barato essa bagaça aí. Em outras palavras... Não vai compensar. Só acho.
Sandro Soares
Pocophone?
Maicon Bruisma
Se é o que você acha....
Eduardo Angelim
G6 por 1800 em qualquer varejo eletronico manda bjos...
Thiiago Siilva
Esse lixo de Notch tira toda credibilidade do smartphone, coisa ridícula
Drax
tenho esse 820 no mi5, come uma bateria desgraçada, parece um landau a bateria
Anayran Pinheiro
Bola dentro. Antes um 8xx do que um 6xx, o desempenho de bateria pode não ter a mesma eficiência, mas poder de fogo compensa demais.
Uberdam Andrade
Ah, LG... Me ajuda a te ajudar. Assim fica difícil!
Fabio Santos
Uma pena a LG ser tão confusa com seu comercial e marketing, aonde custará caro e nada acessível.
Só assim pra ter um LG com atualização rápida e por no minimo 2 anos.
fato. ou promoção de estoque da qualcomm que nao vendeu. O 820 nao era la um processador muito aclamado.
Ed. Blake
Especificações do ano retrasado, precinho do ano que vem.LG, Life is Gud.
Ed. Blake
SoC intermediário de 2018 > SoC de flagship de 2 anos.Performance semelhante, maior eficiência e menor custo sendo a única desvantagem na GPU.Sem falar que um aparelho com SoC de dois anos atrás dificilmente vai receber atualização de sistema.
Felipe
O sonho da LG é ser a "nova Samsung"
Franco Luiz
Se a LG fosse a nova samsung ela seria a num 1 em vendas e teria produtos com otimos recursos...... Ate alinha mais basica da samsung no caso a J ta anos a frente da linha K da lg .. A LG se perdeu muito nos ultimos anos desde o G3 ela começou a cair de forma absurda parece que esta confusa e nao sabe o que faz , A linha V é otima mas ate com a linha V eles dao mole as vezes
Fábio Moser
Será que finalmente teremos um modelo Android One no Brasil? 💓
Maicon Bruisma
Esses dias, não faz muitos, falei que seria legal as empresas lançarem aparelhos mais baratos mas com chips high end mais antigos, assim os aparelhos ficam baratos e potentes. Se não me engano a discussão iniciou por causa do oneplus X, um intermediário com chip mais antigo que não rendeu pra oneplus, pq o oneplus 2 e 3 já eram mais baratos que o restante do mercado. Esse G7 Fit custando menos, chegando no Brasil por 1800, seria bom, apesar de já haver o G6 nesse preço, as pessoas tendem a comprar aparelhos mais recentes, e com certeza um snapdragon 821 é melhor que um 636 e 660, perde em consumo de energia, ganha em CPU e GPU principalmente. Não achei ruim, achei até bonito. O Android One chegará mais caro que Mi8 e oneplus 6, não me parece valer a pena
Douglas Souza Luz
Talvez esses processadores sejam os que sobraram dos últimos fracassos da LG.
Jorge Bevilacqua
3000 mAh? Sério? 🤔
Henrique Ferreira Lima
A LG é a nova Samsung. Lança uns aparelhos sem sentido, hardware antigo, e se não faz isso, lança com um hardware fraco para um preço incompatível com o que a lista de especificações apresenta. O 835 ainda faz um pouco de sentido, mas o 821? Em 2018? Só quero ver o preço desses negócios