Início » Software » Cinco jogos infantis que você pode instalar no Linux

Cinco jogos infantis que você pode instalar no Linux

Por
7 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Um dos grandes usos do Linux que sempre me chama a atenção é o reaproveitamento de hardware antigo. Aquela máquina que você já usava há quase cinco anos e acabou trocando no natal pode acabar virando um media center;aqueles computadores que a empresa não usava mais e estavam acumulando poeira podem ser usados para boot remoto, e por aí vai.

Dentro desse pequeno universo de possibilidades, a mais interessante para quem tem filhos pequenos é usar o Linux como uma alternativa livre, barata e segura para que os pimpolhos possam brincar, desenhar e até navegar sem acabar destruindo nada no processo, nem baixando um vírus que destrói o sistema operacional. O maior problema nesse caso é encontrar alguns jogos livres que sejam divertidos e ao mesmo tempo possam ser jogados por crianças.

Pensando nisso, o DownloadSquad montou uma lista de cinco jogos infantis que você pode instalar sem grande esforço. A maioria dos jogos funciona tranquilamente no Ubuntu, com exceção do KTuberling, que vai exigir a instalação de muitos pacotes extras do KDE… A vantagem dessa solução é que você pode aproveitar equipamentos antigos (talvez até comprando em uma loja de usados) para divertir e educar seu filho. Ou até mesmo montar uma solução com vários computadores doados em uma entidade assistencial. 🙂

A lista de jogos você confere logo abaixo:

Hoje sim! Hoje sim! Hoje... não?

  • Ri-Li: Jogo para crianças acima de três anos, que devem controlar um trem de madeira por diversos níveis, enquanto tentam pegar itens. Ótimo para ensinar a criança a usar o teclado e o mouse;
  • KTuberling: O já clássico jogo do Sr. Batata que acompanha o KDE desde 1999. Provavelmente você já conhece esse jogo, até porque o brinquedo aparece no desenho Toy Story: Uma batata onde você pode colocar olhos, chapéu, bigode, nariz, boca e até roupas. Indicado para crianças entre 2 e 5 anos;
  • GCompris: Talvez o mais completo, podendo ser jogado por crianças de 2 a 10 anos. O GCompris possui vários mini-jogos, ensinando matemática, leitura e escrita, uso do computador, e muito mais;
  • Childsplay: Talvez o mais fraquinho da lista (na minha opinião), o Childsplay lembra muito o GCompris, com jogos diversos envolvendo jogo da memória, uso do mouse e do teclado, e mais. O mais interessante do Childsplay seja a possibilidade dos pais acompanharem o desenvolvimento da criança dentro do jogo. Também pode ser jogado por crianças entre 2 e 10 anos;
  • Tux Racer: Outro grande clássico, do tempo que você levava três semanas para fazer uma placa de vídeo 3D funcionar corretamente no Linux. Indicado para crianças acima de cinco anos que gostem de jogos de corrida, Tux Racer mostra o mascote do Linux em uma corrida montanha abaixo, enquanto deve pegar peixes e correr contra o tempo para destravar novos níveis. Ao usar em computadores antigos, lembre-se de que você só terá uma boa performance se tiver uma placa com suporte a 3D.
Mais sobre: , ,
  • JoseRenan

    o jogo que mais jogo ainda é o superTux 🙂

  • Tux Racer é o clássico maior do mundo Linux. 🙂

  • Haha sim!
    Tux Racer… eu já joguei muuuuito esse jogo.
    Lembro até hoje da musiquinha… hehehe

  • joao
  • JMS

    Muito bom vou instalar pro meu filho!!

    • Considerando que você usa o Vista, fico me perguntando qual dos dois é mais complicado conseguir instalar um jogo

  • Muito bom mesmo, acho que quando estou em estado “VAGAL” esses jogos faz uma difereça .