Início » Computador » AMD revela novos processadores Athlon e Ryzen Pro

AMD revela novos processadores Athlon e Ryzen Pro

Novos chips AMD Ryzen Pro são voltados a computadores de alto desempenho; processador AMD Athlon 220GE vem para ser opção econômica

Por
50 semanas atrás

O segmento de processadores acaba de ficar um pouco mais acirrado: nesta quinta-feira (6), a AMD anunciou a sua nova geração de chips Ryzen Pro, voltada a computadores de alto desempenho, bem como os modelos Athlon Pro, para desktops acessíveis.

AMD Ryzen Pro

AMD Ryzen Pro

No começo do ano, a AMD prometeu lançar uma grande variedade de processadores Ryzen ao longo de 2018. A promessa está sendo cumprida. No primeiro semestre, as linhas Ryzen 3, 5 e 7 foram renovadas, incluindo ali modelos da série Ryzen Pro U, para laptops.

Em maio, a companhia anunciou os processadores Ryzen 3 Pro 2200G, Ryzen 3 Pro 2200GE, Ryzen 5 Pro 2400G e Ryzen 5 Pro 2400GE, todos voltados a desktops. Agora, essa linha está sendo complementada com um novo chip Ryzen 5 Pro e dois processadores Ryzen 7 Pro, todos direcionados a computadores de alto desempenho, como PC gamers e workstations. São eles:

  • Ryzen 5 Pro 2600: 6 núcleos, 12 threads, frequência de 3,4 GHz (máximo de 3,9 GHz), cache de 19 MB, TDP de 65 W.
  • Ryzen 7 Pro 2700: 8 núcleos, 16 threads, frequência de 3,2 GHz (máximo de 4,1 GHz), cache de 20 MB, TDP de 65 W;
  • Ryzen 7 Pro 2700X: 8 núcleos, 16 threads, frequência de 3,6 GHz (máximo de 4,1 GHz), cache de 20 MB, TDP de 95 W.

Os três possuem como base a arquitetura Zen+, com processo de fabricação de 12 nanômetros (se bem que ela é vista como um mero aprimoramento do processo de 14 nanômetros da primeira geração). Como não poderia deixar de ser, a promessa é a de mais desempenho.

AMD Athlon + Ryzen Pro

Só para dar uma noção, a AMD afirma que o Ryzen 7 Pro 2700X conseguiu ser 10% mais rápido que um Ryzen 7 Pro 1700X, além de 24% mais ágil que um Intel Core i7-8700 em benchmarks, embora sem dar detalhes sobre os testes.

Os novos chips Ryzen Pro já estão sendo enviados a fabricantes como Dell, HP e Lenovo.

AMD Athlon Pro

Os anúncios também incluem chips para computadores focados no custo-benefício. A nova linha Athlon Pro chega para atender a esse segmento com processadores que custam menos de US$ 100. Todos têm GPU integrada.

No anúncio de hoje, a AMD destaca o Athlon Pro 200GE, que possui arquitetura Zen de 14 nanômetros e traz dois núcleos, quatro threads, clock de 3,2 GHz (sem boost), 5 MB de cache, TDP de 35 W, além de GPU Vega 3 (com três unidades computacionais ativadas).

É uma linha realmente barata: nos Estados Unidos, o Athlon 200GE custará por volta de US$ 55 e começará a ser vendido no dia 18 (ainda não há informações de lançamento no Brasil). O modelo faz frente ao chip Pentium G4560, da Intel. A AMD destaca que a novidade pode ser até 169% mais rápida que a sua APU A6-9500, de geração anterior.

AMD Athlon

Note que existe o Athlon Pro 200GE e o Athlon 200GE (sem o ‘Pro’). Mas eles são praticamente iguais. A diferença, basicamente, reside no fato de que o modelo Pro é voltado a uso corporativo, portanto, está sujeito a estratégias diferentes de marketing e suporte.

A AMD promete lançar ainda os chips Athlon 220GE e Athlon 240GE, mas os detalhes só serão liberados no próximo trimestre.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.