Início » Aplicativos e Software » Windows 7 terá atualizações pagas de segurança para viver até 2023

Windows 7 terá atualizações pagas de segurança para viver até 2023

Microsoft vai vender atualizações de segurança para clientes do Windows 7 Professional e Enterprise no Licenciamento por Volume

Felipe Ventura Por

A Microsoft vai prolongar o suporte ao Windows 7, que continua sendo um dos sistemas operacionais mais usados do mundo: ela vai oferecer Atualizações Estendidas de Segurança para clientes empresariais até 2023. Esses updates serão pagos, porém custarão menos se a empresa estiver migrando para o Windows 10.

Entre 2020 e 2023, a Microsoft vai distribuir Atualizações Estendidas de Segurança (ESU) para todos os clientes do Windows 7 Professional e Enterprise no Licenciamento por Volume. Dessa forma, as empresas terão um pouco mais de tempo de migrar para outro sistema operacional.

Foto por Christiaan Colen/Flickr

Quanto vai custar o Windows 7 ESU? Isso ainda não revelado, mas a Microsoft adianta que vai cobrar por dispositivo, e o preço ficará mais alto a cada ano. Para estimular a migração, as empresas receberão desconto se assinarem o Windows 10 Enterprise ou Windows 10 Education.

42% dos usuários de desktop estão no Windows 7

O Windows 7 perdeu suporte base (mainstream support) no início de 2015. Isso significa que, desde então, a Microsoft não libera mais funcionalidades nem assistência técnica gratuita. Ela só oferece atualizações de segurança, e o suporte estendido está previsto para acabar em 2020.

Ou seja, falta pouco mais de um ano para que o Windows 7 deixe de receber correções de segurança, tornando-se mais vulnerável a invasões. Segundo o NetMarketShare, 42% dos usuários de desktop estão no Windows 7 — e eles precisarão migrar para uma versão mais atual.

A Microsoft sabe disso: “todos estão em um ponto diferente no processo de atualização”. Para convencer mais empresas a saírem do Windows 7, ela também mudou o ritmo de atualizações do Windows 10, oferecendo suporte por 30 meses para as versões Enterprise e Education. E com o Desktop App Assure, um engenheiro ficará encarregado de resolver incompatibilidades após um update do Windows 10.

A título de curiosidade: considerando apenas os usuários de Windows, 50% das visitas ao Tecnoblog vêm do Windows 10, contra 40% do Windows 7.

Com informações: Microsoft.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Freitas

Na minha mente eu ainda devo estar nos anos 2000 e final dele.

Eu simplesmente não consigo me adaptar ao Windows 10 e as tecnologias que o acompanham.
Até hoje eu uso o W7 Professional (original) e me atende muito bem.
É bem provável que só vou usar o W10 quando alguns softwares muito específicos de criptografia deixarem de dar suporte ao W7.
Até este dia chegar, tô passando longe do W10.
Por tudo que leio me parece um sistema mal acabado... Toda hora fica recebendo atualizações e mais atualizações.

Cristiano Hahn

Mas eu me referia na verdade de máquinas novas amigo, sem problemas, drivers dos fabricantes etc, trabalho no ramo a muitos anos, sei diferenciar um problema de hardwre de um problema de software!

Tiago Freitas

Eu nunca cheguei a instalar o W10. Nem em máquina virtual!

Toda hora estão falando em atualizações... Eu fico com a impressão que o W10 é um sistema inacabado que foi lançado as pressas.
Eu uso o W7 Professional original. Mesmo com o fim do suporte pra 2020, eu ainda pretendo continuar nele.

Keaton

Tem uma coisa, nem sempre é culpa do HD. Controlador SATA pode bugar com certos HDs e SSDs, Fonte genérica (dependendo quão zoada) prejudica muita coisa, etc.

Já peguei um computador cujo HD parava de funcionar ou começava a ficar super lento do nada. Fonte ANTEC, HD Seagate, Placa Mãe ASUS, tudo peça boa, que não devia estar dando problema. Fui testando, peguei esse HD e espetei no meu pc. Funcionou que perfeitamente. Espetei o HD do E5200. Nada de iniciar. Fui ver era a placa mãe zoada. Controlador estava agindo de maneira estranha. Troquei a placa mãe e pronto.

Entendo que nem sempre há tempo de se testar todas as possibilidades, mas essa é uma delas. Deve ser uma em cem mil, mas ainda uma posibilidade.

Cristiano Hahn

rsrsrs, sobre rodar bem ou não, me refiro o seguinte, 2 máquinas com a mesma configuração com HDD, em uma ele roda bem para uso comum, em outra, ele da problemas de uso de disco e um monte de bugs, e nessas máquinas tu só resolve colocando ssd, é algo interessante, mas é verdade, claro que tudo roda melhor com ssd, mas vou tem explicar de forma diferente, se vc usar windows 7 ou 8.1 nã máquina que fica hiper lenta com windows 10, no windows 8.1 ou 7, ela é uma bala, mesmo usando HDD, e para resolver essa lentidão no windows 10, só colocando ssd ou voltando para o 8.1 ou 7, esse é o ponto que quero chegar, o windows 10 em muitas maquinas fica bugado, lento, pior que o vista num celeron 1.8, mesmo a máquina sendo lá um i5, com 8gb de ram

Keaton

Tu entendeu errado. "me matar em linha de comando" = ficar configurando várias coisas em linha de comando pq a porra do GUI não funciona da forma que devia. Já perdi a conta de quantas vezes aconteceu. (Isso tem uns 5 anos+, desde que eu desisti do Linux)
Isso quando você não tem de editar os arquivos de configuração usando o VI/VIM...

Tinha vezes que pra arrumar uma coisinha de nada, eram 2 horas de pesquisa e mais 2 horas tentando. Isso na época do X11.

Problema de rodar bem ou não, é o dinheiro que o cliente está disposto a pagar. Se ele quer uma maquina apenas para internet/excel, tu até pode tentar empurrar SSD e lhufas, mas nem sempre ele está disposto a pagar sei lá quanto a mais ou mesmo fica a impressão que você é picareta por enfiar coisas que não fazem diferença para ele só com o intuito de aumentar o próprio lucro.
Em resumo, o computador da pessoa tem o desempenho que ele comprou. (A menos que ele tenha comprado Dell, HP, etc... ai é menos da metade. hahaha)

Cristiano Hahn

Matar em linha de comando? existem versões linux que o uso de linha de comando sequer é preciso, talvez em um ou dois pontos específicos onde não empacotaram o software, ou então é produto velho que não fornece driver para Linux (aí é bucha mesmo, mas não é culpa do Linux) Uso Linux a 12 Anos, e linha de comando para mim nunca foi problema, na verdade sempre foi uma mão na roda, mas não é este o ponto.
O ponto é de que windows 10 não roda em uma máquina como roda em outra, mesmo tendo configurações idênticas porém de marcas diferentes, algumas máquinas ele roda razoávelmente bem, em outras ele só buga, esse é o ponto, estão querendo matrar o windows 7 sem ter um sistema de fato estável para substituí-lo, não é por comparar notebook - pc etc.... vc está confundindo tudo, eu já tive muuuuitas experiências péssimas com windows 10, inclusive com máquinas novinhas em folha, onde você pode fazer de tudo, desabilitar a telemetria, cortana, todo aquele monte de bloatware, reinstalar o sistema do zero, e nada resolve a lentidão, e não falo de máquina ruim não, falo de i5 com 8GB de ram, 1TB de HD, o caso é como disse, o windows 10 não roda fluente em HDD, e isso sim, é um problema, você não pode pensar, "aaaaah no meu roda bem", não digo que não rode bem no seu desktop, mas deve rodar fluente em todos os hardwares atuais antes de forçar um upgrade!

Keaton

Detalhe 1: Tu está comparando processador de pc com processador de notebook. Processadores (e hardware) de notebook são consideravelmente mais lento que os desktops. (Tenho um i5-5200U, 4GB, HDD. Acer E15, e ele é meio rapidinho, porém é mais lento que meu Pentium E5200... W10 tbm)
Detalhe 2: Sem tu me dar uma idéia do que tu tá comparando com o que, fica dificil. Se tu comparar um desktop com SSD com um EeePC é dose.

Reconheço que o SSD melhora e muito o desempenho, porém ele é opcional. Não é todo mundo que conhece os beneficios ou mesmo tem interesse em colocar um SSD na "maquina de internet/excel deles". haha (Não adianta querer empurrar coisa que o cliente não vai usar.)

Porém eu não uso SSD, o HD do FX-6300 é um HD simples da Western Digital, não lembro se da série Green ou Blue. Claro, não é top de linha, mas o desempenho que tenho é o desempenho normal do hardware no qual está rodando.

O principal problema de desempenho era aquela maldita telemetria, coisa que desabilitei faz uns 3 anos. (houve um bom ganho de desempenho)

Linux/BSD/"Hackintosh" são ótimos sistemas, mas migrar para um deles não é uma opção. (Comecei no Kurumin, passei pro o Slackware por um tempo, fui pro Arch, Gentoo e FreeBSD. Mas ter de me matar em linha de comando não é comigo. - Principalmente tentando fazer scanners funcionar. Impressora é ok, mas scanner... mds)

Alexandre Roberto

O windows 10 conseguiu fazer com que eu me sentisse satisfeito com meu win 8.1 do meu escritório
E que, em casa, usasse mais o notebook i3 com win7 da dona encrenca do que meu i7 com placa de video dedicada e win 10
E..tenho outras prioridades de compra antes de comprar um SSD para meu note em casa, que alias, pouco uso

Clodoaldo Santos

Não uso windows desde 2015. Instalei LinuxMint no meu laptop que veio originalmente com W7. Como so uso para tarefas básicas me atende muito bem.

Cristiano Hahn

Não amigo, se roda bem aí não signifique que rode bem em qualquer máquina, vc está se baseando em sua máquina, querendo ou não o FX6300 é um processador considerávelmente bom, da uma surra em muito i5 da vida, mas eu estou falando de dezenas, se não centenas de máquinas com configurações variadas ao qual tive o desprazer em usar windows 10, principalmente notebooks, notebook sem ssd, mesmo sendo um i5 da vida, o windows 10 é um Lixo total, trabalho a 14 anos no ramo, e nenhum sistema até hoje que testei se saiu tão mal, e digo mais, o windows vista (o qual a maioria do T.I odeia) ainda era mais estável e rápido que esse windows 10, o fato é que no windows 10, SSD não é opcional, tem um ou outro gato pingado ao qual ele funciona razoávelmente bem sem ssd (deve ser seu caso), eu nunca me baseio em uma única máquina, não penso "dentro de uma caixa", para mim, para um sistema ser bom, deve ser bom para mim, para você, para o cliente, para todos que queiram utiliza-lo, outro lado, a função de um S.O é ser base para APLICAÇÕES, e se a base for pesada e instável, mesmo rodando em HDD, esta base não pode ser considerada apropriada!

Paul

Loguei só pra dar upvote².

Keaton

Pense fora da caixa, ai tu descobre como a pessoa em sã consciência pode gostar do Windows 10. :V

Keaton

O problema que a maioria das empresas não compra computadores para ter desempenho top-top para jogo e sim os com preço atrativo que "façam o trabalho". Agora, imagina se eles vão comprar computadores que o Windows funcione perfeitamente ou que possuam um HDD rápido... deve ter HD 3.5" de 4200RPM em muitas das maquinas... hahahaha

Keaton

Curiosidade, tá usando qual hardware ai? Que aqui o Windows 10 roda bem rápido até. (E o PC é da época que o dolar tava em 2.5 ainda... - FX6300, 8GB PC2700 DC, GTX750)

(Claro que o Windows 10, assim como QUALQUER outro OS [ou qualquer coisa instalada

Exibir mais comentários