Início » Telecomunicações » TIM perde espaço para Claro e Vivo no pré-pago

TIM perde espaço para Claro e Vivo no pré-pago

TIM está migrando clientes pré-pagos para controle e pós, assim como Vivo e Claro; Brasil perdeu 327 mil linhas de celular em julho

Felipe Ventura Por

A base da TIM no pré-pago está diminuindo: ela sofreu uma redução de 488 mil clientes só em julho. É uma queda maior que Claro, Vivo e Oi no mesmo período. Se essa tendência continuar, a operadora perderá o primeiro lugar em participação nesse mercado — mas parece que ela não tem motivos para se preocupar.

Em julho, a Claro perdeu 281 mil clientes no pré-pago, enquanto a Vivo sofreu redução de 187 mil. Elas estão quase empatadas em participação de mercado com a TIM, segundo a Teleco, uma mudança notável em relação aos anos anteriores.

O que está acontecendo? Simples: a TIM está migrando clientes pré-pagos para controle e pós. Recentemente, ela lançou um plano controle com acesso ao Facebook, Instagram e WhatsApp sem descontar da franquia. A operadora também oferece esse benefício em um plano TIM Black básico.

A TIM não se esqueceu completamente do pré-pago: em julho, ela passou a oferecer ligações ilimitadas para qualquer operadora. Mas a estratégia de focar no controle e pós vem dando certo: no segundo trimestre, o lucro líquido cresceu 53% em relação ao mesmo período do ano passado.

Fonte: Teleco

Vivo, Claro e Oi migram clientes para pós-pago

Vivo, Claro e Oi também estão migrando seus clientes. Em julho, 40,1% das linhas de celular eram pós-pagas de acordo com a Anatel; a agência inclui nesse número os planos controle e os terminais M2M (como maquininhas de cartão). A Vivo liderou o crescimento no pós-pago (322 mil), seguida pela TIM (171 mil).

Ainda assim, o Brasil perdeu 327 mil linhas de celular em julho. O crescimento no pós-pago (737 mil) não foi suficiente para compensar as perdas no pré-pago (-1,1 milhão).

Com informações: Teleco.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
João Alexandre
Exibir mais comentários