Início » Mobile » Apple deixa de vender iPhone X, iPhone 6s e iPhone SE na loja online do Brasil

Apple deixa de vender iPhone X, iPhone 6s e iPhone SE na loja online do Brasil

iPhone X, iPhone 6s e iPhone SE receberão o iOS 12 em 17 de setembro, mesmo descontinuados, e serão atualizados pela Apple

Por
12/09/2018 às 17h36
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O iPhone X foi lançado há um ano: seu notch na tela foi adotado por diversas fabricantes de Android, e suas vendas fizeram a Apple atingir US$ 1 trilhão em valor de mercado. Com o lançamento do iPhone XS, XS Max e XR, ele deixou de ser vendido. O iPhone SE, iPhone 6s e iPhone 6s Plus também foram descontinuados.

A Apple removeu o iPhone X de seu site oficial. Ao tentar acessar este link — que antes levava à página do aparelho para o Brasil — você é redirecionado para um resumo sobre o iPhone XS, XS Max e XR. O mesmo vale para o iPhone 6s e SE. Não é mais possível adquiri-los na loja online da empresa.

Foto por William Hook/Flickr

iPhone X

O iPhone X se tornou redundante com os novos lançamentos da Apple. O iPhone XS tem o mesmo visual com especificações melhores: o processador A12 Bionic é mais rápido, e a câmera dupla de 12 megapixels ganhou melhorias de imagem.

E não adiantaria vendê-lo mais barato, pois agora temos o iPhone XR: ele custa a partir de US$ 749 e vem em diversas cores. Seu processador também é o A12 Bionic, mais veloz. Se os clientes quiserem um celular mais acessível da Apple, podem levar o iPhone 7 ou 8, que continuam à venda a partir de US$ 449 nos EUA (e R$ 3.199 no Brasil).

iPhone X, 6s e SE receberão atualizações do iOS

Este não é o fim da linha para o iPhone X: mesmo descontinuado, ele ainda deve receber atualizações por muitos anos. Ele será atualizado para o iOS 12 em 17 de setembro; e a Apple costuma dar suporte de software por cinco versões.

O mesmo vale para o iPhone 6s, lançado no final de 2015; e para o iPhone SE, do início de 2016. Ambos receberão o iOS 12, e devem ser atualizados por mais algum tempo. Isso significa que, agora, a Apple só vende celulares sem entrada para fone de ouvido.

Alguns rumores apontavam que um novo iPhone SE seria lançado este ano, o que não aconteceu. Em vez de uma tela menor, recebemos displays ainda maiores em um design compacto.

Foto por Andri Koolme/Flickr

iPhone SE