Início » Brasil » Netflix é quatro vezes maior que o Globo Play no Brasil

Netflix é quatro vezes maior que o Globo Play no Brasil

Com 18% do mercado, a Netflix domina o mercado de streaming no país; o Globo Play tem 4%

Victor Hugo Silva Por

A Netflix é, de longe, o serviço de streaming de vídeo mais popular no Brasil, com 18% de participação de mercado. É o que aponta o levantamento da consultoria Business Bureau. Pela pesquisa, a plataforma é 4,5 vezes maior no país que o Globo Play, que ocupa o segundo lugar.

O streaming da Globo tem 4% do mercado brasileiro de OTTs. Na sequência, estão outros dois serviços com alguma participação da Globo: Telecine Play e SKY Online, com 3% cada. A pesquisa aponta que, no Brasil, há 78 plataformas OTTs, que transmitem, ao todo, 139 canais ao vivo e oferecem um repositório de 72 mil filmes e 12,9 mil séries.

Foto por caribb/Flickr

Apesar dos números expressivos em termos de conteúdo, o Brasil está atrás de outros países da América Latina quando o assunto é a concorrência. No México, por exemplo, há 94 plataformas disputando a atenção dos consumidores.

Por lá, a Netflix também domina o mercado, com 20% de participação. Em seguida, estão Claro Vídeo, com 9%, e YouTube Red, com 4%. Apesar disso, o conteúdo é um pouco mais escasso: há 62,6 mil filmes e 10,8 mil séries disponíveis.

Somando todos os países analisados na América Latina, há 253 plataformas OTTs na ativa. Elas são capazes de transmitir 624 canais e contam com repositório de 294 mil filmes e 53,9 mil séries. Na região, a Netflix tem 18% do mercado e é seguida por Claro Vídeo, com 4%, e HBO Go, com 3%.

TV paga

O estudo também apresenta alguns dados sobre a TV paga. Em termos absolutos, o serviço tem o maior nível de popularidade no Brasil, onde há 24,9 milhões de assinantes. Porém, esse número equivale a uma penetração de apenas 37%.

Para se ter uma ideia, a TV paga tem penetração de 69% no México. Para piorar, a pirataria por aqui ainda é bastante alta, sendo responsável por 19% do setor de TV por assinatura. No mercado mexicano, ela representa somente 6%.

No Brasil, o mercado de TV por assinatura é liderado pela NET, que possui 38% de participação. Em seguida, estão SKY (28%), Claro TV (14%), Vivo TV (8%) e Oi TV (7%).

Com informações: TeleSíntese.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

ROGERIO FERRAZ DOS SANTOS

A globo só valoriza isso, se é ruim?? Pra família tradicional sim, isso é ruim

O fantástico senhor raposo

E isso e algo ruim?

Edicarlos Oliveira

Arregão

Thalles Ferreira

??

Gabriel Rissi

Produto nacional? Seriam aquelas produções regadas à ideologia de gênero, sexo e nudez explícitas à cada 40 minutos?

Gabriel Rissi

Telecine Play praticam venda casada do serviço com a assinatura do pacote, é mais do que claro que as pessoas irão optar por serviços que deem mais liberdade, talvez, se parassem de praticar esse tipo de modalidade e oferecessem preços realista (R$90+ é fora da realidade do Brasil), talvez assim o serviço se popularizaria.

Marcelo Costa

Existe, basta saber procurar.

victor

desvincula o globosat play de assinatura de tv paga, que o serviço cresce mais.

Marcvs Antonivs

Graças a Deus. Não assisto nada do globo há mais de 2 anos. Não me faz falta.

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Aliás, TV a cabo no Brasil beira a extorsão.

Sou consultor financeiro e a primeira coisa que faço para meus clientes é rever planos de TV, internet e telefone. Já consegui reduzir uma conta de R$ 650,00/mês para menos de R$ 200,00 sem perda para o cliente, simplesmente pq a operadora empurra serviços que a pessoa não precisa e não atualiza os valores quando o mercado baixa os preços.

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Concordo, eu assinei a netflix por causa de house of cards, marco polo e narcos, desde então poucas séries e produções deles tem me agradado.

Por mim poderia focar apenas 10 boas produções por ano que já compensaria meu investimento, só não cancelo pq tenho muitos parasitas de netflix na minha conta. hehehe

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

A globo poderia valorizar o produto nacional de qualidade não isso que oferecem hoje que são novelas que apelam somente para violência/sexo ou comédia/alienação.

Bons tempos do Telecurso 2000, quando criança eu adorava assistir. Aquilo sim era uma coisa interessante.

ial

É sofrível assistir qualquer coisa em qualquer serviço de streaming da Globo. Engancha todo momento, não tem meio termo de qualidade ou é indecifrável ou é na qualidade satisfatória que só fica três segundos. Mesmo com uma boa conexão de Internet.

João

Cheio de rico com carro e mansão usando gato de TV por assinatura (os famosos decos piratas), quem não faz isso é trouxa de querer ser roubado ou tem fetiche nisso.

ROGERIO FERRAZ DOS SANTOS

Exato, única coisa q eu vejo a globo valorizar é ideologia de gênero.

Exibir mais comentários