Início » Ciência » Bilionário japonês será o primeiro passageiro da SpaceX em viagem ao redor da Lua

Bilionário japonês será o primeiro passageiro da SpaceX em viagem ao redor da Lua

Missão da SpaceX ao redor da Lua usará o novo foguete BFR e terá como turista espacial o empresário japonês Yusaku Maezawa

Por
1 ano atrás

A SpaceX cumpriu a promessa de revelar, no início desta semana, quem vai ser o seu primeiro turista espacial a participar de uma missão ao redor da Lua. A pista dada por Elon Musk de que essa pessoa vem do Japão era verdadeira: trata-se do bilionário japonês Yusaku Maezawa, dono da varejista de moda Zozo e outras empresas do segmento.

BFR + BFS

Com 42 anos de idade, Maezawa tem fortuna estimada em US$ 3,6 bilhões e figura como a 14ª pessoa mais rica do Japão. Ele também é conhecido por ser um colecionador de arte que não economiza: em 2016 e 2017, o empresário comprou duas obras de Jean-Michel Basquiat por valores que totalizaram quase US$ 170 milhões.

Havia expectativa de que a SpaceX ou o então misterioso passageiro revelasse o valor pago pela viagem, mas Maezawa preferiu não dar essa informação. Estima-se que o montante tenha passado de US$ 100 milhões, porém.

Maezawa não será o único passageiro da SpaceX. O empresário promete convidar para a viagem de oito a 12 artistas — entre músicos, pintores e diretores de cinema — em um projeto que ele batizou de #dearMoon. Os nomes dessas pessoas ainda não foram revelados.

O anúncio foi feito pelo próprio Elon Musk, que também declarou que a missão ao redor da Lua deverá acontecer em 2023. Mas não vai ser nenhuma surpresa se a viagem for realizada em 2024 ou em algum ano posterior: não é raro Musk dar previsões que não se confirmam.

Tal como a SpaceX havia sinalizado na semana passada, a missão deverá ser realizada pelo foguete Big Falcon Rocket (BFR), que será capaz de transportar até 150 toneladas e, em algum momento, substituirá os veículos Falcon 9 e Falcon Heavy. O BFR ainda está em desenvolvimento. Essa é uma das razões pelas quais a missão com Yusaku Maezawa poderá atrasar.

Trajeto da missão

Trajeto da missão

Também em desenvolvimento está a Big Falcon Spaceship (BFS), a nave que fará parte do segundo estágio do BFR. O projeto da BFS é mais complexo do que o da atual nave Dragon, e essa é outra característica que pode fazer a missão ser adiada.

Estima-se que os projetos do BFR e da BFS custarão, juntos, pelo menos US$ 10 bilhões. As missões turísticas, por assim dizer, devem ajudar a SpaceX a financiar o desenvolvimento.

Com informações: Ars Technica.