Início » Jogos » YouTube integra Gaming e encerra aplicativo separado

YouTube integra Gaming e encerra aplicativo separado

O YouTube admitiu que o aplicativo de streaming de jogos não é tão popular

Por
52 semanas atrás

O aplicativo YouTube Gaming está com os dias contados. A área de streaming de jogos criada em 2015 continuará existindo, mas será integrada à plataforma principal. A informação foi confirmada nesta terça-feira (18) pela própria plataforma.

Ao TechCrunch, o diretor do YouTube para conteúdos de jogos e parcerias, Ryan Wyatt, explicou que o aplicativo não é tão popular. “Temos 200 milhões de pessoas logadas assistindo conteúdo de jogos todo dia”, disse. “E a maioria delas, francamente, não está usando o YouTube Gaming”.

Para atrair mais usuários interessados em jogos, a rede social criou o endereço youtube.com/gaming. A página não possui grandes mudanças no conteúdo e, assim como acontece no Gaming, exibe algumas sugestões personalizadas logo de início.

Também ficam em destaque as transmissões ao vivo, os últimos envios dos canais de jogos que você se inscreveu e os vídeos de canais novos que estão se destacando na plataforma.

A estratégia deve contribuir para um crescimento do YouTube na área de jogos já que, ao contrário do Gaming, a nova seção estará disponível para todo o mundo. Ao ser liberado para 1,8 bilhão de usuários, a área deve ser mais competitiva na disputa com concorrentes como o Twitch.

Ainda que o Gaming não tenha se tornado tão popular, os usuários reproduziram no YouTube mais de 50 bilhões de horas de conteúdo de jogos nos últimos 12 meses. A plataforma ainda conta com mais de 500 mil criadores ativos nessa categoria.

O aplicativo separado do Gaming deve levar algum tempo para ser descontinuado e pode permanecer disponível até abril de 2019. Isso porque o YouTube quer encontrar uma solução fácil para permitir a gravação de gameplays em seu aplicativo.

Mais sobre: ,