Início » Computador » Google lança Chrome OS 69 com suporte a programas do Linux e novo design

Google lança Chrome OS 69 com suporte a programas do Linux e novo design

O suporte para Linux existe, mas não abre uma distribuição completa logo de cara

André Fogaça Por

O Google começou a liberar a versão 69 do Chrome OS, sistema operacional da empresa que roda em Chromebooks. Atrasada quando comparada ao lançamento do novo Chrome para computadores e dispositivos móveis, a novidade traz mais Material Design, modo noturno e até suporte para Linux.

Novo visual para o Chrome

A mudança que aparece logo de cara está no visual do navegador, que ainda não estava com o Material Design que já foi lançado para PCs, smartphones e tablets. Ele vem com as mesmas novidades de outras plataformas, como cor mais branca no tema, novo visual para a lista de abas abertas e barra de endereços que vai para o meio da tela quando uma nova aba é aberta – o Material Design do Google foi parar até na tela de seleção de papel de parede.

Outra releitura de interface, menos drástica, está no explorador de arquivos. Ele finalmente separa o que está armazenado localmente e o que será encontrado em sua conta do Google Drive. A divisão, que antes era mais confusa, fica na lateral esquerda da janela e tem até mesmo uma linha dividindo a nuvem da memória interna.

Linux está no Chrome OS

O Linux chegou, mas não como você esperava. A opção para instalar o suporte ao sistema operacional está presente em alguns modelos de Chromebook, mas ele não abre um Ubuntu da vida assim, do nada.

O objetivo deste recurso é de permitir que desenvolvedores possam rodar apps feitos para este OS, além de criar aplicativos para Android utilizando o Android Studio, sem sair do Chromebook em momento algum.

Após a instalação do novo recurso, que tem 300MB, o usuário tem acesso ao Terminal e, a partir dele, pode instalar aplicativos ou pacotes que foram criados originalmente para o Linux e não para o Chrome OS.

Por fim, duas novidades: o modo noturno chegou e também não é o que você pensou. No lugar de deixar a interface escura (alô Google, vamos colocar isso?), o Chrome OS agora permite que o display troque de temperatura de cor e fique menos nocivo para quem quer começar a pegar no sono – algo semelhante ao que o iOS e Android já fazem.

A segunda e última nova ferramenta é um microfone que funciona para qualquer campo de texto que apareça na tela, seja ele uma barra de ferramentas, a busca de amigos no Facebook ou até mesmo o local onde você escreve em um app Android, que roda de forma nativa no computador portátil.

Com informações: Google.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago +

Peso de papel é uma besteira tremenda, ele tem um foco e faz mt bem seu papel.
Esta compatibilidade assim como a dos Apps android ampliam extremamente ao ponto de tornar o ChromeOS bom até para devices não chromebooks.

Thiago +

Esse ta atualizadão tipo o Rubinho

Adriano

Na minha opinião a Google não tá pensando em dar suporte a longo prazo no Chromebook e ta liberando essa compatibilidade com Linux pra que os usuários não acabem ficando com um peso de papel em casa, inteligente e é uma boa pra experiência dos usuário

A um tempo atrás os desktop apps do Chrome foram descontinuados sendo possível subir apps pra chrome store somente compatíveis com ChromeOS que ja indicava que eles iam desistir de Chrome apps mas mantendo a compatibilidade com ChromeBook pra não deixar os que compraram na mao, essa informação do Linux só corrobora mais com essa abordagem

Macgyver Freitas

Alguém sabe se já é possível instalar a Steam? De puder será de grande vantagem tanto pra Valve quanto pra Google.

Gabriel Cruz Moreira (Coisas d

Desatualizado, você ficou desatualizado

marcos_5000

Finalmente meu Samsung Chromebook 3 está usável!
A versão 68 deixava o Chromebook super lento, não conseguia nem editar meus documentos pra faculdade no Docs. Eu mal conseguia acessar o Tecnoblog, pra ter uma ideia. A 69 consome menos ram, então consigo usar.

Mas seria muito bom se tivesse uma versão com 4Gb de RAM no Brasil (por um preço aceitável)...

Caio Andrade

Atualizei o meu agora.

Filipe Holanda

Como usuário de Chromebook utilizar um terminal linux no Chrome OS vai ser fantástico principalmente para desenvolvimento.

André G

Esse comentário seria válido se você estivesse comentando em 2015.

Ruber Linden

Inicialmente até era. Mas tem evoluído bastante. Suporte a aplicativos do Android, agora suporte a aplicações Linux...

Couto

Querem um Chrome OS?
Simples!
Baixe o Chrome no Windows

Chrome OS é nada mais nada menos que um simples Browser.

Dan Santos

Eita! Aguardando ansiosamente o CloudReady lançar essa versão!!!
Vou usar como OS padrão por 1 mês

Kodos Otros

Pois é, eu queria muito um chromebook, mas mais ainda que a Google lançasse a ISO dele pra poder instalar, pois o cloudready não tem Play Store.

Yago G. Oliveira

Opa! Mas é claro sim!

Fábio

Vou mandar um para sua casa amanhã!
Pode ser?

Exibir mais comentários