Início » Negócios » Amazon usa pacotes falsos para descobrir entregadores que extraviam compras

Amazon usa pacotes falsos para descobrir entregadores que extraviam compras

Pacotes falsos estão sendo usados pela Amazon para detectar entregadores que ficam com pedidos que não puderam ser entregues

Por
43 semanas atrás

Apesar de contar com canais eficientes de logística, vira e mexe a Amazon precisa lidar com extravios de compras. Para identificar entregadores desonestos, a companhia está recorrendo a uma “armadilha” inusitada: nos Estados Unidos, está colocando pacotes falsos — muitos dos quais vazios — entre pedidos verdadeiros.

Amazon - caixa

Para entender como o truque funciona, é necessário olhar para uma das etapas de entrega da Amazon, mais precisamente, para um procedimento de checagem: para cada pedido, o entregador precisa fazer a leitura de um código na etiqueta do pacote para comunicar o sistema da Amazon que a entrega vai ser feita.

O problema é que, não raramente, a leitura do código falha. Normalmente, essa situação indica que, por alguma razão, o pacote não foi identificado no sistema da Amazon. Quando isso ocorre, o entregador tem duas opções: comunicar o problema a um supervisor ou deixar o pacote no caminhão para devolvê-lo ao depósito ao final do seu turno.

Só que alguns espertinhos optam por um terceiro caminho: sabendo que o sistema não detectou o código e, portanto, não está rastreando a entrega, decidem levar o pacote para casa.

A Amazon tem colocado pacotes falsos aleatoriamente nos caminhões, mas marcando todos eles. Os códigos dos pacotes não funcionam. Como você já deve ter percebido, o objetivo aqui é descobrir quais entregadores decidem ficar com o pedido após o seu turno em vez de devolvê-lo ao centro de distribuição.

Amazon

Procurada, a Amazon se limitou a dizer que procedimentos de checagem e auditoria fazem parte de seus programas de qualidade e são executados aleatoriamente. Um funcionário que não quis se identificar comentou, porém, que as instruções para a “armadilha” vieram dos escritórios da Amazon em Seattle.

Ao que tudo indica, essa é apenas uma das medidas adotadas pela companhia para coibir o extravio de pacotes. Outra, bastante controversa, é exibir a funcionários vídeos de colegas que foram flagrados desviando mercadorias, de acordo com uma reportagem da Bloomberg publicada em 2016.

Com informações: Business Insider.

Mais sobre:
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.