Início » Telecomunicações » Anatel faz bloqueio por IMEI de celulares piratas em mais dez estados

Anatel faz bloqueio por IMEI de celulares piratas em mais dez estados

Celulares piratas recebem SMS de aviso desde o último domingo (23) no AC, ES, MT, MS, PR, RJ, RS, RO, SC e TO

Felipe Ventura Por

A Anatel estendeu o combate a celulares piratas para mais dez estados: Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins. O bloqueio por IMEI de aparelhos irregulares já ocorre desde maio no Distrito Federal e em Goiás. Vale lembrar que smartphones importados não são afetados.

Em dez estados, os aparelhos piratas começaram a receber um SMS de aviso desde o último domingo (23). A mensagem diz: “[Operadora] avisa: Este celular IMEI XXXXXXXXXXXXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal ou ligue [número da operadora]”.

Serão quatro mensagens de aviso no total. Então, a partir de 8 de dezembro, o celular será bloqueado: ele deixará de funcionar em qualquer operadora do Brasil, e estará impedido de realizar ligações e de acessar a internet móvel.

Foto por Peter Dutton/Flickr

Como saber se seu celular é pirata

Segundo a Anatel, um celular é pirata quando não possui um número IMEI cadastrado no banco de dados da GSMA, associação global de operadoras. Ela não leva em consideração se o aparelho foi (ou não) homologado no Brasil.

Se você tem um smartphone importado da Xiaomi, OnePlus, Huawei ou de outra fabricante, não se preocupe: ele não será bloqueado pela Anatel. Afinal, não se trata de um celular pirata: ele está cadastrado no IMEI DB, um banco de dados global, porque foi homologado em outro país.

Você pode conferir a situação do seu IMEI visitando o site do projeto Celular Legal. E para encontrar esse código numérico, basta discar *#06# no app de telefone, ou dar uma olhada na caixa do aparelho.

Bloqueio se expandirá para o restante do Brasil em 2019

No DF e em GO, a Anatel barrou o IMEI de mais de 140 mil aparelhos piratas. A agência tem por objetivo “fortalecer o combate a celulares adulterados, roubados e extraviados”.

Os alertas de bloqueio se expandirão para o restante do país — toda a região Nordeste, Amapá, Amazonas, Minas Gerais, Pará, Roraima e São Paulo — a partir de 7 de janeiro de 2019. O bloqueio de fato ocorrerá a partir de 24 de março.

O bloqueio por IMEI no Rio de Janeiro e Espírito Santo estava inicialmente previsto para 2019. No entanto, a Anatel decidiu adiantar o cronograma para esses dois estados “por motivo de segurança pública”, a pedido do Gabinete de Intervenção Federal do RJ.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

DumbSloth87

Ao comprar na RobCel, além da portabilidade no seu número, tem também a portabilidade do seu IMEI. Não faz a menor diferença pra quem compra um Galaxy Pocket na Americanas e depois compra um Galaxy S8 na RobCel, o Pocket vai pro lixo e o S8 fica com o IMEI legalizado do Pocket.

tuneman

Trabalhei com um cara que estava instalando muito rastreador chinês. Funciona bem... Basta manter recarregado.... Esses aí estão bem difundidos no mercado

Trovalds

Errado. Se o aparelho tem registro na GSMA (independente de ser celular ou qualquer outro dispositivo) continua funcionando sem problemas. E se fosse assim no DF e em Goiás em que o bloqueio já vigora estaria havendo algum tipo de tentativa de suspensão da medida. É só você não querer usar aparelho de origem duvidosa que tudo funciona nos conformes.

Em resumo: se seu aparelho é de fabricante sério você não vai ter nada bloqueado.

EDIT: do FAQ do Celular Legal:

A obrigação de utilização de aparelho certificado pelo usuário também vale para o Serviço Móvel Especializado (SME). Contudo, neste momento o projeto tem por foco apenas os aparelhos do Serviço Móvel Pessoal (SMP), os celulares.

Swordfish

Eu concordo com o bloqueio, atualmente para todo celular roubado é possível conseguir outro IMEI, essa medida irá no mínimo ajudar!

tuneman

IMHO, isso aí vai cortar poucos aparelhos celulares.... vai atingir em cheio rastreadores e outros aparelhos que usam rede celular.
isso aí é lobby das operadoras para eliminar uma boa parcela de aparelhos que usam suas redes, mas não dão lucro.