Tecnoblog

99 permite que passageiro denuncie motorista com foto diferente do app

Função de fiscal dos motoristas pode ser feita até em viagens antigas

A 99 passou a pedir que os usuários avaliem se a foto utilizada pelo motorista parceiro utilizado na corrida é diferente da pessoa que estava dirigindo. A novidade entrou em funcionamento nesta semana e vale até mesmo para corridas que foram finalizadas em datas passadas.

A empresa brasileira, que é controlada pela chinesa DiDi desde o começo deste ano, começou a aumentar as medidas de segurança para motoristas e passageiros. As recentes adições ficam por conta de alertas em áudio para que o passageiro não esqueça nada no veículo, indo até a instalação de câmeras para monitoramento de atividade suspeitas nos carros.

A mais recente é um pedido que é enviado ao usuário assim que a corrida acaba, quando ele pode avaliar o motorista – e até dar gorjeta. Neste momento a 99 pergunta se a foto utilizada no cadastro do motorista condiz com quem estava ao volante. Além disso, antes do motorista chegar, um alerta é enviado dentro do próprio aplicativo para que o passageiro verifique se a placa do carro é a mesma que está na tela.

Esta função de fiscal pode ser exercida em viagens que já foram realizadas em datas ainda mais antigas, bastando acessar a área de viagens anteriores e depois tocar em cada uma delas.

Mudanças também para o motorista

Para aumentar ainda mais a segurança, a empresa vai começar a solicitar que o motorista envie três fotos para seu cadastro, sendo uma selfie com a carteira de habilitação em mãos, uma foto do documento do carro e outra apenas com a CNH.

Com informações: UOL.