Início » Telecomunicações » Claro renova pós-pago com redes sociais ilimitadas e franquia para vídeos

Claro renova pós-pago com redes sociais ilimitadas e franquia para vídeos

Novos planos da Claro possuem franquia diferenciada para Netflix e YouTube; WhatsApp e redes sociais não descontam da franquia

Por
51 semanas atrás

A Claro reformulou seu portfólio de planos pós-pagos mais uma vez, e as mudanças deixam seus pacotes mais parecidos com os da concorrência. O Claro Pós pode ser um bom custo-benefício para quem usa muita internet móvel: ele tem franquia diferenciada para Netflix e YouTube, e o acesso a WhatsApp e redes sociais (Instagram, Facebook, Twitter) não desconta da franquia.

Veja as opções:

  • 7 GB + 1 GB de bônus: R$ 109,99
  • 10 GB + 2 GB de bônus: R$ 129,90
  • 15 GB: + 3 GB de bônus: R$ 169,99
  • 30 GB: + 4 GB de bônus: R$ 249,90
  • 60 GB + 5 GB de bônus: R$ 389,90

No lugar do extinto Noites em Claro, os planos possuem uma franquia de internet extra com a mesma quantidade de dados para usar com Netflix, YouTube, NET Now e Claro Video. Ou seja, o plano de 7 GB oferece mais 7 GB para streaming de vídeo; o plano de 10 GB tem mais 10 GB só para esses serviços; e assim vai.

Nos materiais promocionais, a Claro destaca que o bônus é válido para portabilidade, mas informa no rodapé que a oferta será estendida para clientes da base caso solicitado, atendendo à resolução 632/2014 que obriga as operadoras a oferecerem as mesmas ofertas aos clientes antigos.

Outra novidade é que WhatsApp, Instagram, Facebook, Twitter, Waze, Cabify, Easy Táxi e Claro Música possuem tráfego liberado e não descontam da franquia do cliente. Todos os planos têm chamadas ilimitadas para qualquer operadora do Brasil e SMS à vontade, além da assinatura dos serviços Claro Vídeo, Claro Música, Claro Banca, Claro Games, Claro Notícias e Claro Idiomas by Busuu.

Os planos ficam mais vantajosos para quem fizer combo com a NET, uma vez que a franquia de internet é dobrada, assim como a velocidade da banda larga fixa. De acordo com a Claro, os valores dos planos citados acima são válidos para débito automático – caso o cliente opte pelo boleto, é necessário pagar mais R$ 10.

Quem contrata um plano a partir de 15 GB também tem o Passaporte Américas incluído, que permite utilizar o plano em 18 países das Américas sem pagar por roaming internacional. Nos planos de 30 GB em diante, o benefício se estende para 48 países da Europa.

É possível incluir dependentes para compartilhar o plano, ao custo de R$ 39,99 por mês. São permitidos até 5 dependentes no plano de 60 GB, 4 dependentes no plano de 30 GB, 3 dependentes no plano de 15 GB, 2 dependentes no plano de 10 GB e um dependente no plano de 7 GB. É importante destacar que o Passaporte Américas e/ou Europa incluídos nos planos são restritos apenas à linha do titular, mas podem ser contratados separadamente.

Em comunicado ao Tecnoblog, a Netflix diz que a assinatura do serviço não está incluída no plano da operadora, e que não há nenhum contrato de exclusividade, de forma que outras plataformas de streaming podem surgir ao longo do tempo.

Na minha opinião, o maior diferencial da Claro é incluir roaming internacional em alguns planos. Em entrevista ao Telesíntese, o diretor de marketing da empresa afirma que incluir o Passaporte Américas e Europa foi uma estratégia acertada para atrair novos clientes pós.

Concorrência

Com o novo portfólio, a Claro briga de frente com a TIM: a concorrente possui um plano com 7 GB de internet, redes sociais ilimitadas e outros 7 GB para vídeos por R$ 119,99 por mês, o que dá uma diferença de R$ 10. O mesmo acontece com os planos de 10 GB e 15 GB, que também sai a R$ 10 mais caro na operadora italiana. A TIM leva vantagem no plano de 50 GB, que tem o mesmo preço do plano de 30 GB da Claro.

A Vivo é a operadora com os preços mais salgados: o plano pós-pago de entrada tem 8 GB de internet e custa R$ 119,99. O plano de 10 GB, com outros 10 GB para usar em streaming de vídeo e música, custa R$ 169,99. Pelo mesmo valor, a Claro entrega 15 GB e a possibilidade de usar o serviço em países das Américas.

A Oi é a empresa que possui os valores mais agressivos: por R$ 99,90 a operadora entrega 15 GB para o cliente usar como quiser. O plano mais caro, com 50 GB de internet, custa R$ 249,90.

Todos os valores são referentes a São Paulo (DDD 11) e podem variar de acordo com a localidade.

Mais sobre: , , ,