Início » Telecomunicações » Anatel mantém ligações gratuitas nos orelhões da Oi em 11 estados

Anatel mantém ligações gratuitas nos orelhões da Oi em 11 estados

Anatel aponta que Oi não cumpriu meta de orelhões em funcionamento e, como punição, operadora terá que permitir ligações gratuitas em 11 estados

Emerson Alecrim Por

A punição que a Anatel aplicou à Oi por não cumprir o índice de disponibilidade de telefones públicos foi ampliado. A agência constatou que a meta continua não sendo respeitada e determinou que a operadora ofereça ligações gratuitas a partir de orelhões em 11 estados até 31 de março de 2019.

Se em décadas passadas as pessoas faziam fila para usar orelhões, hoje, esses equipamentos até passam despercebidos. Apesar disso, a Anatel determina que uma quantidade mínima de telefones públicos seja disponibilizada em todos os estados e mantida em funcionamento.

No caso da Oi, o problema está justamente na manutenção: a Anatel constatou, no ano passado, que o índice mínimo de 90% de telefones públicos em funcionamento (ou 95% em localidades sem telefone fixo individual) não estava sendo respeitado e, por conta disso, obrigou a operadora a permitir ligações gratuitas para telefones fixos a partir de orelhões de 15 estados.

Orelhão da Oi em Natal (RN). Imagem: Gildemax/Wikimedia Commons

Orelhão da Oi em Natal (RN)

O período de gratuidade deveria ter sido encerrado em março deste ano, mas, na ocasião, a Anatel encontrou irregularidades e determinou que as ligações gratuitas fossem mantidas nos orelhões de 12 estados até o fim de setembro.

Porém, uma checagem feita em 30 agosto apontou que, novamente, a Oi não atingiu as metas de telefones públicos em funcionamento e decidiu ampliar as gratuidades até 31 de março de 2019 em 11 dos 12 estados anteriores (o único que saiu da lista foi Roraima): Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. A gratuidade nos orelhões é válida para ligações locais e de longa distância nacional.

Uma nova aferição está marcada para 28 de fevereiro de 2019. De acordo com a Anatel, as ligações gratuitas serão mantidas até que a Oi alcance as metas de disponibilidade.

Em comunicado à imprensa, a Oi informa que cumpre as determinações da Anatel, mas que é prejudicada diariamente pelos danos causados por vandalismo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João José

na verdade poderiam instalar wifi gratuito pra assinantes da oi, seria uma boa pra conseguir mais clientes

Alexandre Oliveira

O que não entendo é: Se há tantas operadoras de telefonia porque apenas a OI é obrigada a ter esses aparelhos públicos?

Cristina Nascimento

É de grande utilidade para o caso do cidadão ter o celular e demais pertences roubados, e precisar ligar pra alguém e pedir auxílio.
Só louco que sai procurando wifi público nas ruas das grandes cidades brasileiras, com um batedor de celular em cada esquina.

johndoe1981

kkkkk

Jefferson France

Nessa eu tenho que defender a Oi. Manter orelhão funcionando deve gerar um custo ridiculamente alto para a empresa. E não é pq o aparelho deve ser caro, mais pelo custo de manutenção. Na minha cidade que tem cerca de 120 mil habitantes, temos uma oferta até satisfatória de prestadores de serviço de telefonia fixa, móvel e internet. Aqui bem próximo a minha casa tem um orelhão e toda semana, isso qdo não mais de uma vez na semana, eu vejo os técnicos da Oi consertando o orelhão que e vandalizado todo dia. Os caras vão trocam peças, as vezes até o aparelho inteiro e não dá 2 dias um filho de Baphomede vai lá e quebra tudo. E o pode público faz o quê? Nada. Manda a Oi consertar de novo.

Flavio Toledo

Tanta coisa mais importante para resolver com qualidade internet chega em nossas casas e vendas casadas das operadoras tentam empurrador para consumidor vem com essas palhaçadas de orelhao e igual comercial das operadoras celular querendo vender 1 ou 2 GB dados como se fosse muita coisa.

Jefferson Rodrigues

Eu abri reclamação, na anatel, para a oi oi concertar um orelhão e ela concertou.

Jefferson Rodrigues

E vandalizar.

VolksW4GNER

Brasil sil

VolksW4GNER

Faz tantos anos que não vejo alguém usando um orelhão, que nem sie mais se funcionam...sei que antigamente comprava-se cartão pra fazer as ligações, hoje em dia nem sei se o sistema continua o mesmo, e também não saberia onde comprar os tais cartões se quisesse usar.

Fábio

Orelhão no RJ só serve como minioutdoor pra propaganda de GPs.

Porto Velho

Nem se estivessem. Impiricamente vejo mais as pessoas desesperadas por WiFi do que ficar ligando por orelhão.

Instalar WiFi gratuito seria uma "punição" mais justa pra Oi.

Luís Carlos Soares

Em locais mais afastados até entendo o motivo da existência deles (já que as grandes operadoras não querem gastar investindo nesses lugares) mas sinceramente, mater isso em grandes cidades é perda de tempo, já tem uns 4 anos que vi e usei um mas creio que nem exista mais

Marcus Araújo

Certamente é mais barato, principalmente porque os usuários não vão conseguir fazer estas ligações grátis se os orelhões não estiverem funcionando... 🤷‍♂️
Custo zero pra Oi.

Porto Velho

Deve ser mais barato deixar as ligações gratuitas, já que ninguém usa, do que instalar orelhões pra, mais uma vez, ninguém usar.

Exibir mais comentários