Início » Software » Microsoft suspende atualização do Windows 10 por apagar arquivos

Microsoft suspende atualização do Windows 10 por apagar arquivos

Usuários que instalaram atualização de outubro do Windows 10 têm relatado sumiço de arquivos; Microsoft suspendeu update para investigar

Por
08/10/2018 às 11h14

Liberada na semana passada, a atualização de outubro do Windows 10 (versão 1809) trouxe integração melhorada com o smartphone, modo escuro no Explorador de Arquivos e outras novidades. Mas a Microsoft decidiu interromper o update: alguns usuários notaram que seus arquivos sumiram após a instalação.

windows 10 dark explorer

Tema escuro

Mais precisamente, os relatos apontam que arquivos dentro de pastas como Documentos e Imagens sumiram após a atualização, sem razão aparente. Diante dos relatos do problema em fóruns e redes sociais, a Microsoft decidiu suspender o envio da atualização para investigar e encontrar uma solução para o problema.

A suspensão vale tanto para a atualização automática, que começaria nesta semana, quanto para o link que permite a instalação manual do pacote. Para quem já o baixou, mas não o instalou, a Microsoft orienta a não executar o procedimento e a aguardar orientações.

Um detalhe apontado pelo Ars Technica que chama atenção é que, aparentemente, o bug em questão foi relatado pelos participantes do programa Windows 10 Insider antes de a atualização ter sido liberada publicamente. Ou a Microsoft ignorou os relatos ou simplesmente tratou o problema como pontual.

O que fazer se os seus arquivos foram apagados

Até o momento, a Microsoft não liberou nenhuma ferramenta ou procedimento específico para recuperação dos arquivos que sumiram com o update, até porque o problema ainda está sendo investigado. Essa também é a razão para a companhia não ter dado um prazo para liberar a atualização de outubro novamente.

Para os usuários afetados pelo problema, a Microsoft sugere contato com o seu suporte técnico. O BleepingComputer descobriu que os atendentes do serviço têm orientado apenas o uso da função de restauração do sistema para um ponto anterior ao da instalação do update.

Houve relatos de usuários que encontraram os arquivos na pasta Windows.old, dentro da unidade C. Em última instância, softwares de recuperação de arquivos como Recuva também podem ajudar.

Mas, provavelmente, o meio mais confiável de configuração é o backup que, hoje, pode ser feito facilmente por meio da integração com serviços como Dropbox, Google Drive e OneDrive. Para quem ainda não faz backup regular, este caso é um lembrete do quão importante é não abrir mão disso.

Mais sobre: , ,