Início » Celular » CPTM libera acesso Wi-Fi nas estações Brás, Tatuapé e Tamanduateí

CPTM libera acesso Wi-Fi nas estações Brás, Tatuapé e Tamanduateí

Conexão é gratuita e tem limite de 15 minutos, que pode ser renovada inúmeras vezes

André Fogaça Por

A CPTM (Companhia Paulista de Trens) anunciou hoje (17) que concluiu a instalação de pontos de acesso Wi-Fi em mais estações dos trens metropolitanos que atendem a região da Grande São Paulo. Gratuito, o serviço poderá ser utilizado por qualquer pessoa que esteja na plataforma das estações, durante 15 minutos.

As estações Tamanduateí, Brás e Tatuapé são as que finalizaram os testes iniciados no final de agosto deste ano, abrangendo os hotspots para as linhas da CPTM 10, 11 e 12 respectivamente. Assim como já acontece em ônibus da SPTrans, a conexão nas plataformas dos trens exige um cadastro inicial, que libera o tempo de 15 minutos – com o prazo de uso expirado, o usuário precisa reconectar com a rede e não há limite para o número de novas conexões.

Já existe em outros locais de São Paulo

No começo do segundo semestre de 2018 a companhia inaugurou o acesso nas estações Palmeiras-Barra Funda e Pinheiros, mas ainda em testes para iniciar a licitação para instalar os roteadores em todas as paradas do trem.

Também controladas pelo governo paulista, 40 estações das linhas 1 (azul), 2 (verde) 3 (vermelha) e 5 (Lilás) do Metrô contam com Wi-Fi gratuito para os usuários. O tempo de acesso é o mesmo da CPTM e o cadastro exige os mesmos dados. O acesso é livre para qualquer aplicativo ou site, com a exceção de conteúdo adulto.

Por fim, a capital de São Paulo também dispõe de Wi-Fi em mais de 900 ônibus da frota que circula pela cidade, junto de 120 praças que receberam conexão wireless do projeto Wi-Fi Livre SP.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce

serviço tao porco quanto o serviço principal

leoleonardo85

Seria uma ótima noticia, se funcionasse

Jeffrey Sinclair | ᴳᶤᶻᴾʳᵉᵐᶤᵘᵐ

Poxa que maravilha! Agora colocar acessibilidade e cumprir a lei em todas as estações da CPTM nem pensar né? Alguém já viu como um cadeirante faz para usar as estações da linha turquesa onde não existem rampas, elevadores e escadas rolantes? Eu vi e é vergonhoso!
Quatro seguranças carregam o cadeirante e a cadeira escadas acima/abaixo! Uma total falta de respeito!
Mas acessibilidade não gera matéria na mídia né?

Comentário Mil Grau℗

Seria interessante msm o Wi-Fi dentro dos trens tmb.