Início » Computador » Apple deve lançar Mac com processador próprio, sem Intel, em 2020

Apple deve lançar Mac com processador próprio, sem Intel, em 2020

Apple não dependeria dos processadores da Intel e teria maiores margens de lucro no iMac e MacBook

Por
43 semanas atrás

A Apple estaria se preparando para abandonar a Intel e usar chips próprios. O analista Ming-Chi Kuo, que já adiantou vários detalhes sobre a empresa, diz que ela vai lançar o primeiro Mac com processadores ARM em 2020 ou 2021. O relatório também traz alguns detalhes sobre carros autônomos.

Segundo o 9to5Mac, Kuo aponta alguns motivos para a Apple usar processadores próprios: a empresa não dependeria mais do cronograma de lançamentos da Intel, e teria maiores margens de lucro.

O analista diz que a Apple continuará a usar a TSMC (Taiwan Semiconductor Manufacturing Company) como sua única fabricante de processadores. Ela deve inclusive aumentar sua dependência da companhia taiwanesa, por sua qualidade de produção e por não ter conflitos de interesse — a Samsung também fabrica chips, mas concorre em smartphones.

Apple tem laboratório para chips do Mac

A Bloomberg noticiou em abril que a Apple vem trabalhando em um projeto chamado Kalamata, em fase inicial de desenvolvimento, para o macOS rodar em seus processadores. Dessa forma, o sistema ficaria mais integrado com os iPhones e iPads, que já usam chips próprios da empresa — como o A12 Bionic do iPhone XS.

Além disso, a Apple abriu um laboratório de engenharia no estado americano do Oregon, contratando ex-funcionários da Intel para trabalhar em chips personalizados.

Os processadores da Apple são bem mais rápidos que a concorrência, como o Snapdragon 845. Isso pode ser útil em notebooks, não apenas em smartphones. Enquanto isso, a Qualcomm estaria preparando um Snapdragon 1000 para notebooks com Windows 10. Ele deve usar a microarquitetura ARM Cortex-A76, que promete desempenho “em nível de laptop”.

Kuo prevê que, no longo prazo, a TSMC também deve produzir chips personalizados da Apple para carros autônomos, mais especificamente para “Sistemas Avançados de Assistência ao Motorista”. A empresa estaria trabalhando em autonomia de níveis 4 ou 5, isto é, que depende muito pouco ou nada de um motorista humano. No entanto, isso só deve ser lançado em 2023.

Com informações: 9to5Mac, The Verge.

Mais sobre: , , ,