Início » Brasil » Fnac tira site brasileiro do ar e fecha última loja física

Fnac tira site brasileiro do ar e fecha última loja física

Fnac fechou suas 12 lojas físicas no Brasil, a última em Goiânia; ela será substituída por uma unidade da Livraria Cultura

Felipe Ventura Por

A loja online da Fnac encerrou suas atividades no Brasil. Você poderá acessar seus pedidos em andamento, se tiver algum, mas não poderá mais comprar nenhum produto. A rede, adquirida pela Livraria Cultura há pouco mais de um ano, também fechou sua última loja física no país, em Goiânia.

Foto por Frederic Dinh/Flickr

"Encerramos as atividades do site da FNAC", diz o site da loja para o Brasil. "Agradecemos todos os clientes e amigos que nos apoiaram até aqui. Estamos prontos para receber vocês no site e lojas da Livraria Cultura."

A loja física de Goiânia, no Flamboyant Shopping Center, foi encerrada. Em seu lugar, será aberta uma unidade da Livraria Cultura, segundo o IDG Now.

Em setembro, a Fnac já havia fechado 11 de suas 12 lojas físicas no país. Nem mesmo a famosa unidade da Avenida Paulista, em São Paulo, sobreviveu. O mesmo ocorreu nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Campinas e Ribeirão Preto.

A francesa Fnac sofreu prejuízo por anos no Brasil e decidiu sair do país. A empresa pagou R$ 130 milhões para a família Herz, da Cultura, assumir suas operações por aqui. Ela continua a vender livros e gadgets na França, Espanha, Portugal, Suíça, Bélgica e Marrocos.

Aviso no site fnac.com.br:

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gabriel Brito
Sempre tem um troll desocupado bancando o vidente. Coitado, errou. Agora vá caçar o que fazer!
Reginaldo Farias
Falou o esquerdista que acha que estamos no paraíso.
Bia Bittencourt
Eu ia a FNAC apenas comprar os ingressos para os shows, principalmente aqueles que eram fora de Brasília. Agora lascou!
Pizdáh
Já vai tarde... nunca foi boa para negociar. Tentei comprar dois televisores e uma máquina fotográfica há anos atrás, mas eles nunca foram bons em negociação. E olha que eram TVs acima de R$20k!
Raquel Ferreira Rodrigues
Agora só falta a livraria Cultura pagar nos funcionários que foram demitidos até eu não recebi nada.
Denyse
Não apenas os produtos eram mais caros, o frete também era um grande problema. Enquanto nas demais lojas do ramo, os produtos eram enviados via transportadora, com o frete custando abaixo de R$10, a FNAC enviava via correios (pelo menos p/ cá). Eu calculava o frete de um livro na Saraiva, R$5; na Americanas então, R$3; verificava na FNAC... R$30+.Aí não tem como competir mesmo, vai ficar p/ trás...
johndoe1981
Quem?
Mickão
Fico chateado pelas pessoas que eventualmente perderam o emprego com esses fechamentos, porém temos que concordar que a FNAC nunca fez força pra ser competitiva, né? Tudo era um absurdo de caro. Sinceramente, acho que não vai fazer falta.
Mozart Rozendo
Bem isso mesmo. FnacBR pouco se adequou aos tempos de compra on-line, nem se adequou à concorrência das demais lojas físicas, que ofereciam os mesmos produtos por menos.
Gertrudes, a Lhama
Lembro que fui na de Paris e encontrei várias caixas de Switch, fiquei faceiro porque tava procurando pra comprar e não achava.Só no caixa foram informar que não tinham estoque.... Mas nas prateleiras não tinha aviso nenhum
Gabriel Brito
E mesmo assim o dono reclama da economia...
Wagner
A Havan abre mais e mais lojas gigantes todo ano.
Paul
Mds! Ri pacas...Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Caleb Enyawbruce
Adeus
San Alves
Como diria a Blogayrinha de Merda: NÃO TEM NO BRASIL!!!! rs
Antonio Araújo
vacilo. Tinha nome conhecido. Dava para manter pelo menos o site
Gabriel Brito
Eles sempre colocam a culpa na crise, mas na verdade a má administração tá escancarada. Quem soube entender o mercado tá hoje nadando de braçada enquanto eles fecham as portas.
Lucas Ribeiro
Era a loja do Caco Antibes... "tenho horror a pobre".
wuhkuh
Sempre muito cara, e só no Brasil, lá fora não é!
grande_dino_2
Eu ia na FNAC pra ficar lendo livro, assistindo filme e mexer em alguns eletrônicos lá por curiosidade.
Wellington Gabriel de Borba
Eu tava lá no dia e na hora que fechou a loja. Área de informática e eletrônicos vazias. Livros e CDs tudo cara, nada com desconto, pelo menos com preços para concorrer com a Saraiva. Enfim, conversei com meus amigos, parece que éramos os músicos do Titanic afundando.Mas depois ficou tudo bem, fui ver o esquilo empalado na decoração de Natal.
betacaroteno
Tudo na Fnac era caro, de livros a equipamentos eletrônicos.Tanto é q eu conseguia altos descontos lá porque obviamente os preços eram superfaturados.Mas mesmo assim, com esses descontos, não valia a pena insistir numa loja onde tudo era mais caro.
Rodolpho Camargo
Já vai tarde.
Alisson Santos
O maior erro da Fnac foi tentar gourmetizar a venda de produtos populares. Talvez funcionasse até o final da década de 90, mas com a popularização da internet veio também a facilidade de se pesquisar preços. As pessoas cada vez menos se fidelizam a uma loja, ninguém mais compra um eletrônico 500 reais mais caro que a média só pra se sentir classe A.