Início » Celular » Xiaomi Mi Mix 3 dispensa notch e traz câmeras frontais retráteis

Xiaomi Mi Mix 3 dispensa notch e traz câmeras frontais retráteis

Sem notch, tela do Xiaomi Mi Mix 3 aproveita 93,4% do espaço frontal; câmeras de selfies são “escondidas” por um mecanismo retrátil

Emerson Alecrim Por

A Xiaomi anunciou o Mi Mix 3 oficialmente nesta quinta-feira (25). O modelo é um topo de linha que traz tela de 6,39 polegadas com bordas bem finas e nenhum espaço para as câmeras frontais. Mas elas estão lá: o aparelho tem uma parte retrátil que abriga ambos os sensores.

Xiaomi Mi Mix 3

Não é uma ideia totalmente nova. O Oppo Find X, por exemplo, traz uma espécie de módulo na traseira que desliza para cima e revela as câmeras, tanto na frente quanto atrás.

No Xiaomi Mi Mix 3, a ideia é parecida, mas o mecanismo é diferente. É como se o aparelho tivesse sido “fatiado” em duas partes. A parte traseira desliza para cima com auxílio de um sistema magnético e, assim, revela as duas câmeras frontais.

Xiaomi Mi Mix 3: nenhum notch

Graças a esse mecanismo, a Xiaomi conseguiu colocar no Mi Mix 3 uma tela AMOLED de 6,39 polegadas que aproveita 93,4% da área frontal. É um trabalho impressionante de aproveitamento de espaço que, com efeito, dispensa o uso de notch. O visor traz ainda brilho de 600 nits, resolução de 2340×1080 pixels e formato 19,5:8.

Provavelmente, a maior preocupação aqui é com relação ao desgaste. A Xiaomi afirma que o mecanismo foi projetado para deslizar 300 mil vezes, número que, nas contas da companhia, equivale a pelo menos oito anos de uso do aparelho. O problema é o risco de danos em quedas, se bem que haverá capas especiais para o modelo.

Ainda falando da parte frontal, a câmera de selfie principal vem com 24 megapixels e abertura f/2,2. Ela é acompanhada de um sensor de 2 megapixels, que está ali para permitir fotos com fundo desfocado (modo retrato).

Já as câmeras traseiras são formadas por dois sensores de 12 megapixels, mas uma lente tem abertura f/1,8 enquanto a outra é f/2,4 e permite zoom óptico de 2x. Um dos diferenciais aqui é a possibilidade de gravar vídeos em câmera lenta com até 960 frames por segundo.

Nas especificações internas, o Xiaomi Mi Mix 3 traz processador Snapdragon 845, de 6 GB a 10 GB de RAM, 128 GB ou 256 GB de espaço para armazenamento de dados (não expansíveis com microSD), além de bateria de 3.200 mAh compatível com recarga sem fio — o smartphone é acompanhado de um carregador do tipo. O sistema operacional é o Android 8.1 com interface MIUI 10.

A conectividade é garantida com Bluetooth 5.0, Wi-Fi 802.11ac e porta USB-C. A Xiaomi promete lançar, em 2019, uma versão do Mi Mix 3 com suporte a redes 5G.

Xiaomi Mi Mix 3

Convém mencionar que o aparelho não traz leitor de impressões digitais integrado à tela. O componente continua posicionado na traseira. Sem nenhuma surpresa, a conexão para fones de ouvido também não foi incluída.

Xiaomi Mi Mix 3: quando, quanto e onde?

As vendas oficiais do Xiaomi Mi Mix 3 começam em novembro, inicialmente pela China. Por lá, o modelo será oferecido com os seguintes preços (na conversão para dólar):

  • 6 GB + 128 GB: US$ 475;
  • 8 GB + 128 GB: US$ 520;
  • 8 GB + 256 GB: US$ 575;
  • 10 GB + 256 GB: US$ 720.

Com informações: Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luiz Arthur

O adaptador está incluso no OP 6T

Comentário Mil Grau℗

Barato, hein! Mas falando mais profundamente, isso nem me parece um Mi Mix e sim um Mi 8S, pois o design é igual! A diferença do Mi Mix, tirando a tela, era o seu deisgn diferenciado e mais sóbrio, parece que isso se perder com a terceira geração. Fico aqui de boas com o Mi 8 SE por um bom tempo!

R0gério

😂

R0gério

O leitor sob a tela e a entrada pra cartão de memória nem faço tanta questão porque o modelo base já vem com 128GB de armazenamento, mas outros itens fazem falta mesmo. Talvez por isso tenham incluído no pacote um carregador sem fio e adaptador pra headphone (aparentemente com o OnePlus 6T você terá que comprar separado o adaptador).

Frederico Martins

300 mil clicks pra uso “normal”, mas é pra quem gosta de ouvir o click? Kkkkkkk
Comigo não durava nem um ano.

Luiz Soares

Na minha opinião o pixel 3 ficou horrível ptefiro designers futuristas

paulo yan

Muito bacana. Esse acionamento manual é muito melhor do que um automático. Vai que um app abre a câmera e ela tá bloqueada. Lá se vai o mecanismo. Assim fica bem discreto e muito bonito. Só não entendo como a frente é quase só tela e o aproveitamento não chega a 95%.

felipegcoutinho

Tem como sim e sem root. Através do adb. Dê uma olhada https://forum.xda-developer...

Cleber Reis

Para ficar perfeito faltaram uma entrada P2, uma bateria de pelo menos 4000mah, entrada para cartão de memória e leitor de digitais sob a tela.

Drax

O design eu acredito que foi solucionado na Miui 10, ficou tudo muito bonito e harmônico.
Mas agora lembrei de um defeito que me incomoda, e não é só na miui. A impossibilidade de deletar apps pré-instalados. Não consigo tirar o chrome, o navegador da miui, diversos apps da play e etc.

André G

Ainda acho que essas soluções bizarras para aumentar a área de tela acabam atrapalhando mais do que ajudando.
Prefiro um Pixel 3 (o normal) ou um Xperia, eles tem mais bordas mas pelo menos tem som estéreo frontal.

felipegcoutinho

Eu conheço a MIUI muito bem, uso desde a 7. A única função que é útil pro meu uso, é o gravador de chamada/bloqueador de chamada nativo. Fora isso eu dispenso tudo. Meu problema maior é o design dela, e depois que você começa a usar o "android puro" tu percebe tudo alinhando, padronizado, mais fluido. A miui é um verdadeiro sistema chines, nem vou falar dos ads. rs.

Cristina Nascimento

Esse de por senha nos apps é sem dúvida o melhor. Uso no OnePlus.

Drax

Uso várias, como a de por senha em apps, duplicar apps, botão de atalhos (uma bolinha tipo a do iphone, só que mais funcional) e etc.
Além disso, a miui 10 está muito rápida, estável, bonita e fluída.
Na verdade não há nenhum problema nela, nada a me queixar. Além disso, tenho o aparelho há 2 anos e recebi as devidas atualizações, atualmente estou no Oreo. Esse é o mesmo tempo de suporte do android one.
Ou seja, não tem nada no android one ou puro que seja melhor que a miui

felipegcoutinho

Funções inúteis. Mas cada um com seu problema.

Exibir mais comentários