Início » Negócios » Stone, das máquinas de cartão, sofre vazamento de código-fonte antes do IPO

Stone, das máquinas de cartão, sofre vazamento de código-fonte antes do IPO

Stone arrecadou US$ 1,5 bilhão em estreia na bolsa de valores Nasdaq; empresa concorre com PagSeguro, Cielo e Rede

Felipe Ventura Por

A Stone é uma das diversas empresas que oferecem maquininhas de cartão de crédito, concorrendo com PagSeguro, Cielo e Rede. Ela está se preparando para estrear na bolsa de valores Nasdaq, mas avisou à SEC (comissão de valores mobiliários dos EUA) que o código-fonte de seu software foi parcialmente vazado.

Em documento entregue à SEC nesta quarta-feira (24), a Stone diz que parte do código-fonte do sistema Pagar.me e de sua maquininha foram publicados na internet. Além disso, a empresa foi vítima de chantagem: alguém está ameaçando vazar mais partes do código, a menos que receba pagamentos em dinheiro.

A Stone descobriu o vazamento nesta terça. Ela diz à SEC que "o código-fonte vazado não contém informações sensíveis do ponto de vista concorrencial".

Além disso, a empresa diz que não sofreu vazamento de dados pessoais ou financeiros. "Acreditamos que não houve acesso não-autorizado, transferência ou uso inadequado de informações pessoais e financeiras ou de dados de negócios de nossos clientes e seus consumidores".

Stone concorre com Itaú, Bradesco e Santander

A Stone Pagamentos foi fundada em 2012 por André Street e Eduardo Pontes, oferecendo máquinas de cartão de crédito e débito. Ela aproveitou um novo momento nesse mercado: desde 2010, é proibido restringir uma bandeira de cartão a apenas uma maquininha (antes era Visa na Cielo e Mastercard na Rede).

Isso significa que a Stone concorre com grandes bancos no Brasil, incluindo a Cielo (Bradesco e Banco do Brasil), Rede (Itaú) e Getnet (Santander).

Segundo a Reuters, a Stone arrecadou US$ 1,5 bilhão pouco antes da estreia na Nasdaq. Com o dinheiro, a empresa pretende oferecer serviços bancários, criar um programa de fidelidade, além de realizar fusões e aquisições. Os investidores poderão negociar as ações a partir desta quinta-feira.

Com informações: Folha, Estadão.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

igomd
igomd
igomd
Danilo Gapcroft

Suspeito que algum funcionário deva ter vazado, afinal foi parte do código fonte do sistema, não dados dos clientes em si. É claro, isso pode abrir portas para o vazamento de dados, uma vez que agora os hackers sabem como o sistema funciona.

ochateador

Ou pode ser simplesmente uma falha bisonha na segurança deles.

Renan Cunha

Acho no mínimo estranho esses vazamentos de dados próximos a IPO's, vide caso do Banco Inter, meses atrás.
Seriam os grandes bancos apelando pra reprimir a concorrência?

Bruno

Taxas que o comerciante paga para receber pagamentos no crédito/débito, essa é a principal, mas existem outras, como prazos e isenções

ばか

No meio desta chuva de maquinas de cartão, qual é o diferencial competitivo de uma pra outra?

Franco Luiz

Tem algo errado entao pq eu ja passei com google pay via nfc na maquina tinha o simbolo " que parece wifi" ai fui normalmente com google pay e passou embora tenha sido um samsung mas o MST so funfa no samsung pay

Pedro H. Oliveira

Amigos recomendo a leitura: https://braziljournal.com/b...
Na prática a Stone acredita que tem potencial e está abrindo o capital no maior mercado do mundo e ainda sendo ancorada por ninguém menos que warren buffet. As ADRs são uma opção realmente, mas lembre-se um IPO metendo o pé na porta só nos EUA mesmo, a companhia precisa levantar o máximo possível pra continuar crescendo rápido, fazendo aquisições, melhorando os serviços e etc.
abs

francisco

Nunca consegui fazer as da cielo funcionarem, nem as getnet. E a pagseguro é a unica que funciona sem medo!

igomd

Exatamente Alessandro. Stone oficialmente nao aceita pagamento por aproximação. Só MST.

igomd

Se ao menos aceitassem pagamento sem contato...

Até a Pagseguro já aceita NFC.

Ps. se você conseguiu usando um Galaxy alguma coisa foi por MST, teu celular fingiu ser um cartão de crédito sem chip.

Diego F. Duarte

Sao relativamente populares aki em BH

Frank V

Aqui em Goiânia vários estabelecimentos têm máquinas da Stone, e quando vejo que a máquina é verdinha meu olho até brilha pq sempre passa Samsung Pay.
Já com a Cielo é o contrário, sempre dá "57 - Não autorizado".

Exibir mais comentários