Início » Computador » Bing sugeriu malware para quem buscava Google Chrome no Edge

Bing sugeriu malware para quem buscava Google Chrome no Edge

Aparentemente este não é o primeiro caso de propaganda com conteúdo malicioso para quem busca o Chrome dentro do Bing

Por
29/10/2018 às 11h03

O Bing passou a semana passada enviando usuários que buscavam o Chrome para um site falso, com conteúdo supostamente malicioso. No lugar de levar para o destino correto, o buscador da Microsoft apresentava um resultado de anunciante que se disfarçava de “google.com”, mas que não era bem o Google.

O problema foi descoberto pelo desenvolvedor Gabriel Landau, que mostrou o resultado da busca quando o usuário digitava “Download Chrome” dentro do Bing, rodando no navegador Edge e em um notebook com Windows 10. O site de destino era uma cópia da página de download do Chrome, com direito até ao “www.google.com” como descrição sobre a página que aparecia na busca do Bing.

O site que era aberto tinha como domínio o nome “googleonline2018”, que não é do Google e nem é o local onde fica o instalador oficial do Chrome. O curioso é que, mesmo entrando em um endereço falso, nem o Edge e nem mesmo o Windows 10 alertaram para um possível risco de segurança ao visitar o url.

Testando hoje (29), o site no Edge sequer é carregado e no Chrome um alerta bastante chamativo aparece, informando que existe risco no acesso do endereço e que ele pode levar o usuário a instalar programas que podem expor dados pessoais.

Em resposta ao que foi publicado, a conta oficial de publicidade do Bing, no Twitter, comentou que removeu o link malicioso e que pede que problemas semelhantes sejam compartilhados, para tentar coibir que anunciantes que criam sites falsos apareçam nos resultados das buscas.

A Microsoft já resolveu o problema e eliminou a aparição do anúncio, mas alguns relatos de usuários do Reddit confirmam que não é a primeira vez que o site falso aparece. Ele deu as caras no começo de outubro deste ano e também em abril.

Com informações: How-to Geek.

Mais sobre: , ,