Início » Celular » OnePlus 6T é lançado com leitor de impressões digitais dentro da tela

OnePlus 6T é lançado com leitor de impressões digitais dentro da tela

André Fogaça Por

A OnePlus aproveitou o começo desta segunda-feira (29) para anunciar o OnePlus 6T. Com processador Snapdragon 845 e até 8 GB de RAM, o que chama atenção nesta geração é a capacidade de leitura de impressões digitais na tela.

Leitor de impressões digitais na tela

O OnePlus 6T, por dentro, é mais ou menos uma melhoria técnica acima do que o OnePlus 6 já entregava. O que chama atenção realmente está na tela Optic AMOLED de 6,41 polegadas e com resolução de 2340 x 1080 pixels - proporção de 19,5:9. Ela tem um notch de pequenas dimensões e leitor de impressões digitais na parte inferior.

De acordo com Kyle Kiang, responsável pela OnePlus na América do Norte e marketing global da empresa, o sensor que está abaixo do vidro é capaz de ler a biometria do usuário em 0,34 segundo - mais de três vezes mais rápido do que o reconhecimento facial da Apple, por exemplo.

A leitura é feita com a própria tela iluminando a digital do usuário, mas não está claro se suor ou sujeira atrapalha este processo. Algo que acontece com facilidade em leitores de outras empresas.

Por dentro, temos um Snapdragon 845 rodando até 2.8 GHz, junto de uma Adreno 630 como placa gráfica, opções de 6 GB ou 8 GB de RAM, e 128 GB ou 256 GB, de memória interna. A bateria é de 3.700 mAH e as câmeras traseiras trabalham com 20 e 16 megapixels, com estabilização ótica e eletrônica.

O aparelho não é focado para gamers, mas a OnePlus inseriu algumas melhorias no resfriamento líquido do smartphone e no gerenciamento de RAM, que resultou em menor tempo de carregamento de alguns jogos em 20%, como PUBG Mobile que o game abriu oito segundos antes, quando comparado com o OnePlus 6.

Mesmo com mais poder de fogo, o OnePlus 6T tem autonomia de bateria 23% maior do que a geração anterior, que trabalhava com 3.300 mAh.

Câmera é um dos focos do OnePlus 6T

Junto do leitor de impressões digitais, a marca chinesa reservou bastante tempo da apresentação para mostrar as melhorias que conseguiu nos sensores Sony IMX 519 e 376K, que equipam as duas câmeras traseiras.

A abertura da lente principal é de f/1.7 e o conjunto é basicamente o mesmo que está na geração anterior. A maior mudança neste modelo fica na capacidade de fotografar ambientes mais escuros, principalmente ambientes urbanos.

A novidade tem nome de Nightscape e mistura algumas melhorias no modo noturno do HDR e limpeza de ruído do ISO elevado para este tipo de fotografia. Os resultados, segundo a empresa, permitem que uma foto em modo noturno de cinco segundos de exposição, apareça em dois segundos de sensor aberto.

A parte bacana para quem tem um OnePlus 6, lançado em maio deste ano, é que ele também receberá as novidades para fotos noturnas até o final de 2018.

O modo bokeh, quem deixa o fundo embaçado para realçar o retrato de uma pessoa, também recebe novidades. Com nome de Studio Lightning, o OnePlus 6T altera algumas áreas de luz do rosto, para diminuir problemas com exagero de exposição em cenas bem iluminadas, ou aumentar os detalhes em locais mais escuros.

Quando e quanto?

O OnePlus 6T chega ao mercado internacional a partir do dia primeiro de novembro deste ano, custando:

  • 128 GB de memória e 6 GB de RAM: US$ 549 (aproximadamente R$ 2 mil)
  • 128 GB de memória e 8 GB de RAM: US$ 579 (pouco mais de R$ 2,1 mil)
  • 256 GB de memória e 8 GB de RAM: US$ 629 (R$ 2,3 mil, com a cotação de hoje)

Não há previsão para o lançamento do smartphone no Brasil - lembrando que nenhum OnePlus foi lançado por aqui, infelizmente.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rômulo M.

É tamanho mesmo.hahaha
Por isso q eu fiz referência as minhas calças folgadas. Hoje em dia quando se vai comprar calça já tem que testar se o smartphone cabe no bolso.

Gustavo75

Olá. Sobre achar ou não grande, é subjetivo. Bolso que você diz é preço ou tamanho do bolso da roupa?

Rômulo M.

Aí é questão de gosto e bolso, até pq com o maior aproveitamento de área frontal as telas cresceram, mas o corpo do aparelho permaneceu quase do mesmo tamanho de gerações passadas que tinha tela 5,2 ou 5,5. Pra mim a uso calça folgada cabe até o phablet no bolso.hahaha

Hemerson Silva

Estão esperando as sobras de P20 na China pra trazer para o Brasil com custo reduzido e lucro dobrado.

Cristina Nascimento

Esse valor, pelo q li, é só pra drones. Ainda não li qual o valor q irão cobrar pra homologar cells importados.

nice guy

Port da câmera do Pixel da uma amenizada nesse defeito

Vitor Magalhães

Para quem quer comprar o novo Oneplus 6t phone utilize este link e ganhe 20€ (ou o equivalente na sua moeda) para gastar em acessórios.

https://oneplus.com/uk/invi...

paulo yan

Até que esse notch tem um charme...

Jairo ☠️

Na minha opinião grande diferencial da 1+ é seu excelente Oxygen OS e a boa política de atualizações de OS , câmeras deixam um pouco a desejar em ambientes com baixa iluminação

Leonardo Rocha Dias

Discordo, usava um Zenfone 4 que tem tela de 5.5" (155.4 x 75.2 x 7.7 mm) e agora uso um iPhone XS Max que tem 6.5" (157.5 x 77.4 x 7.7 mm) mas corpo semelhante ao Zenfone 4, uso no bolso sem problemas, só sinto desconforto se tento subir escadas correndo.

R0gério

Idem.

S Y N T H W A V E + L O V E R

O importado vai ficar preso na Anatel, e terá que desembolsar mais 200tão para retirá-lo.

Anderson

Comentário pertinente. Acho horroroso este modelo. A notícia passa a ser simplesmente superficial e feita às pressas.

Gustavo75

Esse aparelho é muito grande (157.5 x 74.9 x 8.2 mm). Na minha opinião ele é, como os modelos plus do iphone, destinado as mulheres porque elas usam bolsas. Carregar um aparelho desse tamanho no bolso não é nada prático e confortável.

Ricardo Teixeira

O máximo que vou fazer é quando sair o Android 9, fazer um wipe completo nele e começar a usar. Eu sinto que a bateria não tem mais a mesma performance de quando comprei, isso é fato. Mas acredito que aguente mais 1 ano sem problemas

Exibir mais comentários