Início » Computador » iPad já vende mais que notebooks da HP, Lenovo e Dell

iPad já vende mais que notebooks da HP, Lenovo e Dell

Na apresentação do novo iPad Pro, Apple ressaltou que a sua linha de tablets superou laptops da HP, Lenovo, Dell e outras marcas em vendas

Emerson Alecrim Por

O novo iPad Pro foi uma das atrações do evento que a Apple realizou nesta terça-feira (30), em Nova York. Mas, antes de anunciar a nova versão, Tim Cook mencionou um detalhe que chamou bastante atenção: atualmente, o iPad já vende mais do que notebooks de marcas como HP, Lenovo e Dell.

iPad versus HP, Lenovo e Dell

Considerando as vendas globais, a Apple exibiu um gráfico na apresentação de Tim Cook que mostra a linha iPad com 44,2 milhões de unidades vendidas no último ano. Na sequência, aparecem os laptops da HP (36,9 milhões de unidades), Lenovo (32,1 milhões), Dell (23,5 milhões), Asus (13,9 milhões) e Acer (13,1 milhões).

Samsung, Huawei e Microsoft (com a linha Surface) também apareceram no comparativo, mas com números muito mais discretos: 2,4 milhões, 400 mil e 300 mil unidades vendidas, respectivamente.

“Isso faz o iPad ser não só o tablet mais popular, como também o computador mais popular do mundo”, disse Cook. Pela lógica, o ideal seria comparar a linha Macbook com os notebooks das marcas mencionadas. Mas a Apple tem suas razões para enfatizar os números elevados do iPad.

O novo iPad Pro

O novo iPad Pro

Uma delas é deixar claro que a linha continua sendo muito relevante, a despeito do declínio do mercado de tablets. Continua mesmo: outro número relevado por Cook é o de que a linha iPad já vendeu 400 milhões de unidades em todo o mundo desde que foi lançado.

Outra, provavelmente, é sinalizar que o iPad consegue ser tão ou mais versátil que um laptop. Não por acaso, a Apple ressaltou o alto desempenho do novo iPad Pro — o processador do modelo é o A12X Bionic — e características vinculadas à praticidade, como Apple Pencil com recarga sem fio e a Smart Keyboard Folio, uma capa com teclado integrado.

O novo iPad Pro vai custar a partir de R$ 6.799 no Brasil e US$ 799 nos Estados Unidos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

GTR TELEFONIA

duvido vender mais que a positivo!!!

Jhon

Mas notebooks mais caros que 800 dólares você vai encontrar na faixa de 7000 reais pra cima aqui no brasil, infelizmente. Os mais baratos são aqueles sem SSD, bateria ruim, teclado sem retroiluminação, etc.

Gabriel Arruda

São produtos importados, tem mais impostos que notebooks fabricados no Brasil.

odnlo

Não entendo essa conversão da apple kkkkkkk imposto e que não é já que as outras marcas recebem eles também

Cristina Nascimento

Dois mil a menos, já dá pra parcelar em 240x no Nubank..

Rodrigo Dias da Silva

Um Tablet para uma classe de pessoas diferenciadas, V.I.P, upper class, high society, que não sabe o que é crise, não sabe o que é desemprego, mas que sabe muito bem demitir os usuários de Android, para os infelizes que nasceram pobres, existem celulares Tablets de 300 reais, acho que acima desse valor ficaria difícil entrar no orçamento de vocês, insignificantes, pois teriam que cortar o ovo, arroz ou o feijão, ou pior, cortar o ônibus lotado, cheio daquela gentinha exalando CC, procurando subempregos, para que não morram de fome, tendo ainda a petulância de implorar por bolsas de estudo em nossas empresas, pois da onde vêem não ser analfabeto já é uma bela qualificação. Queria escrever mais, mas já está na hora de passear com meus três cães Malamutes aqui no bosque do Royal Golf Club

Comentário Mil Grau℗

Gostei pra caramba do tablet, mas ainda fico receoso por conta do iOS, msm sendo otimizado para tablet (diferente do Android) ainda não consegue substituir por completo com tablet ou híbrido com Windows justamente para quem trabalha e onde os programas estão na plataforma Windows. Acredito que como a Apple já está planejando criar seu próprio SoC para colocar nos MacBooks poderia mto bem fazer com que o MacOS passasse a integrar tmb ao iPad. Iria matar o MacBook de menor tamanho? Sim, porém acredito que seria até melhor essa morte, visto que o iPad já tem um público mais consolidado e vendo que possui MacOS no lugar do iOS ajudaria o OS da Apple a crescer mais, fora que já terá bons programas que as pessoas geralmente usam quando compram MacBook ou iMac.

Gabriel Antonio

ps: a maioria dos ipads vendidos com certeza foram os de 3XX dolares uaheuaheuahe

DeadPull

Que comparação "legal". Um tablet versus notebooks. Tudo a ver. A Coca-Cola também pode colocar uma latinha de refrigerante no lugar do ipad e dizer que vendeu mais refri do que as citadas empresas venderam notebooks. Agora eu quero ver o Cook colocar os macbooks no lugar do ipad e dizer que vendeu mais que as outras marcas citadas :P

Paul

É pq iPad(tablets no geral) sempre foram devices pra consumo de mídia.
E como tablet, tablet msm, NÃO TEM NINGUÉM que faça melhor.
Com o iPad Pro a Apple quis pegar a fatia dos híbridos que ela ignorou até ver que o Surface Pro começou a fazer sucesso. Esse negócio de versátil é tudo marketing pra esconder as deficiências do iOS.
O iPad Pro novo será o MELHOR tablet-tablet do mercado. Não tem jeito.

Daniel R. Pinheiro
"sinalizar que o iPad consegue ser tão ou mais versátil que um laptop."

É... e eu gostaria de entender como um tablet consegue ser mais versátil que um laptop (principalmente laptops híbridos). O iPad Pro não roda MacOS. É basicamente um iPhone com tela maior, uma caneta e um teclado. Ou seja, é algo que complementa, não que substitui o trabalho principal de um laptop.

É realmente impressionante que o iPad ainda consiga vender tanto, e mais do que noteboks, e aqui ainda me pergunto: iPad vende mais que Macbook?

André G

Unh, agora que fui ver que já saíram os preços.

grande_dino_2

US$800 não é um preço ruim.
É mais barato do que os laptops das marcas citadas.

R$6800 não é um preço bom.
É bem mais caro do que os laptops das marcas citadas.

Jacques

já saiu o preço, é "apenas" 10k

André G

"O novo iPad Pro vai custar a partir de R$ 6.799 no Brasil e US$ 799 nos Estados Unidos."
Se fizerem essa conversão de preço para os novos iPhones, o iPhone XS Max de 512gb vai passar de 12 mil reais.