Início » Jogos » O que sabemos sobre o PS5; Sony prepara sucessor do PlayStation 4 [Atualizado]

O que sabemos sobre o PS5; Sony prepara sucessor do PlayStation 4 [Atualizado]

Reunimos alguns dos principais rumores e o que já é certo sobre o PlaysStation 5 (PS5)

Vivi Werneck Por
1 ano atrás

A Sony finalmente confirmou o que já era esperado: o nome do seu próximo console será mesmo PlayStation 5. O PS5 chega no final de 2020 e trará um novo controle com feedback háptico, em vez do rumble do PS4. Há um tempo já se especulava sobre o lançamento do PS5. Muitos imaginaram que este anúncio seria feito em 2016, mas a Sony revelou no lugar o PS4 Pro - versão mais parruda e de 1TB do PS4 original.

Seguiu-se, então, o fluxo normal do “requenta” de consoles e, assim como fez o concorrente do Xbox, a plataforma também ganhou uma edição Slim. O PlayStation 5 já está sendo desenvolvido há um tempo e protótipos já devem estar nas mãos de desenvolvedores para testes.

1. Data de lançamento do PlayStation 5

O PS5 chega no final de 2020, segundo confirmação da Sony. Só por curiosidade, o PS4 começou a ser desenvolvido em 2008, cinco anos antes de ser lançado. Por isso, kits do futuro console já devem estar nas mãos de desenvolvedores.

Em entrevista ao site VG247, o próprio CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, deixou escapar que “a essa altura, tudo o que posso dizer é que é necessário haver um hardware da próxima geração”, ao ser perguntado sobre a possibilidade de um novo PlayStation.

Esperava-se que algum anúncio sobre o PS5 fosse feito na época da E3 2019, mesmo a Sony não participando mais da feira oficialmente. O motivo seria o “tempo de vida” de uma geração do console para outro. O período entre o primeiro PlayStation e o PS2, por exemplo, foi de seis anos. O mesmo tempo se passou entre o PS2 e o PS3 e, agora, entre o PS4. A “lógica” foi seguida novamente com o lançamento para 2020.

2. Possíveis jogos para o início da era PS5

O problema de se comprar qualquer console no lançamento é a pouca variedade de jogos desenvolvidos para o novo hardware, no início. O que vimos, assim que o PS4 chegou, foi uma enxurrada de games remasterizados do PS3 e até mesmo do PS2.

No entanto, há sempre um ou outro título que já chega no lançamento, exclusivo para a nova plataforma. Afinal, a empresa quer começar a vender logo o videogame.

E quais seriam os possíveis jogos a debutar no PlayStation 5? Vamos a algumas especulações sobre isso.

  • Cyberpunk 2077 (CD Projekt Red): a desenvolvedora do sucesso The Witcher 3 trará o jogo para o PS4, mas é bem provável que haja uma versão para o PS5 também (dá uma olhada, logo abaixo, no trailer mostrado na E3 2018);
  • Death Stranding (Kojima Productions): outro game que sai para o atual console da Sony, mas que também deve ganhar um remaster para o PlayStation 5;
  • The Last of Us: Part 2 (Naughty Dog): se saiu uma versão remaster do primeiro jogo para o PS4 não se assuste de vê-lo no 5;
  • FIFA (Electronic Arts) e PES (Konami): estas, talvez, sejam as apostas mais certeiras. Afinal, tem FIFA e PES todo ano;
  • Ghost of Tsushima (Sucker Punch): game do estúdio da série inFamous, exclusiva dos consoles da Sony;
  • Call of Duty (Activision) e Battlefield (Electronic Arts): assim como os games de futebol, estas são franquias que certamente marcarão presença na nova geração;
  • Final Fantasy 7 Remake (Square Enix): talvez um dos remakes mais esperados pelos fãs da franquia.

3. Quais seriam as especificações técnicas do PS5

O PlayStation 4 não era lá muito poderoso em seu lançamento e mesmo a versão Pro não é tão poderosa quanto o Xbox One X, em relação a processamento. Muito provável que a Sony queira vir com tudo agora para desbancar, de vez, seu principal concorrente.

Para começar “a brincadeira”, o mínimo seria já oferecer de forma nativa, sem upscaling, a resolução 4K (ou melhor), mesmo que nem todos os jogos alcancem os 60 qps (os conhecidos "fps", ou frames per second). O rumor seria que a empresa estaria trabalhando com uma CPU Ryzen, da AMD, para o PlayStation 5.

Mesmo com a popularização de jogos via download, é bem provável que a Sony continue investindo em jogos por mídia física. Ainda há um mercado consumidor grande em torno de dos clássicos discos, especialmente em edições de colecionador.

No entanto, é necessário dar uma atenção especial ao drive óptico do futuro console que deveria, ao menos, já ter suporte a Blu-Ray 4K UHD. O Xbox One S e X já têm esse suporte e o PS4 Pro não. Então, seria até mesmo uma obrigação.

Outro tópico que sempre chega à discussão, em relação a 4K nos jogos, é justamente se essa resolução resultará em uma melhora real de performance no game. A corrida dos próximos consoles agora, pelo menos uma delas, será por oferecer sólidos 60 quadros por segundo.

4. Preço do PlayStation 5

Agora é especulação pura mesmo, especialmente se tratando do mercado brasileiro. A única certeza é que o preço do sucessor do PlayStation 4 refletirá, diretamente, a oscilação do dólar quando o novo console chegar por aqui. Se ele começar a ser, minimamente, montado por aqui esse custo final para o consumidor tende a diminuir, mas isso geralmente acontece depois de um certo tempo após o lançamento.

O PS4 chegou ao mercado mundial custando 399 dólares, mas quem não se lembra da verdadeira facada que ele deu jogadores brasileiros: R$ 4 mil! Alguns poucos corajosos, e com dinheiro sobrando, compraram no lançamento brasileiro. Uma solução, para muitos, foi trazer de fora do país o videogame. Para os que não tinham essa oportunidade, o jeito foi caçar alguma loja ou e-commerce que conseguisse vender por um preço mais humano.

Se o PlayStation 4 foi lançado por 399 dólares, é provável que o novo console chegue mais ou menos por este preço, quem sabe até um pouco mais - por conta dos custos de um hardware que, espera-se, que seja bem mais potente do que os concorrentes.

Com informações: VG 247 e Tech Radar

[Atualização - Em 06 de junho de 2019]

5. PS5 permitirá jogos do PS4 e suporte ao 4K em 120 Hz

Assim como mencionado antes, com a proximidade da E3 2019 era natural que mais informações apareceriam sobre o futuro PS5 (mesmo a Sony estando fora da feira este ano). As novidades agora são que o novo console terá cross-play com jogos do PS4 (um antigo pedido dos jogadores da plataforma), virá com um SSD protejado pela própria fabricante e trará suporte a 4K em 120 Hz.

Sobre a questão do cross-play, a Sony explica que ele funcionará como um “cross-play intergeracional”. Com isso, você poderá começar a jogar no PS4, por exemplo, continuar jogando no PS5 e depois voltar para o console antigo, se quiser.

Além do 4K, a Sony confirmou rumores antigos de que o videogame terá suporte a jogos em resolução 8K (ainda distante da realidade brasileira, por enquanto), áudio 3D e tecnologia Ray Tracing para iluminação mais realista (como as placas de vídeo da série RTX da NVidia fazem). Além disso, a promessa é que o novo console consiga rodar jogos do PS4 bem mais rápido.

[Atualização - Em 09 de outubro de 2019]

6. Novo controle utiliza tecnologia háptica

O presidente da Sony, Jim Ryan, comentou no blog oficial do PlayStation alguns detalhes do controle do PS5. Ele utilizará um sistema de feedback háptico, parecido com o que se tem em smartphones.

Isso permitirá, segundo o executivo, "realmente sentir uma gama mais ampla de feedback". Em outras palavras, o novo controle deve ser mais responsivo a estímulos do game.

Os botões L2 e R2 poderão se adaptar a determinadas programações dos desenvolvedores. Isso permitirá diferentes experiências ao tato. “Em combinação com o feedback háptico, isso pode produzir uma experiência poderosa que simula melhor várias ações”, explica Ryan.

O controle terá conector USB-C para carregar a bateria, que será de maior capacidade - de acordo com a empresa.

Mais sobre: , ,