Tecnoblog
Início » Jogos » Tudo sobre o PS5; Sucessor do PlayStation 4 [Atualizado]

Tudo sobre o PS5; Sucessor do PlayStation 4 [Atualizado]

Reunimos alguns dos principais rumores e o que já é certo sobre o PlayStation 5 (PS5)

O PS5 chega no final de 2020 e trará um novo controle com feedback háptico, em vez do rumble do PS4. Há um tempo já se especulava sobre o lançamento do PS5, mas agora finalmente temos data e preços, inclusive no Brasil. Muitos imaginaram que o anúncio do console seria feito em 2016, mas a Sony revelou, no lugar, o PS4 Pro – versão mais parruda e de 1TB do PS4 original.

Seguiu-se, então, o fluxo normal do “requenta” de consoles e, assim como fez o concorrente do Xbox, a plataforma também ganhou uma edição Slim.

[Atualização – Em 17 de setembro de 2020]

1. Data de lançamento do PlayStation 5

O PS5 chega dia 12 de novembro de 2020 nos EUA, Canadá, México, Austrália, Nova Zelândia, Japão e Coreia do Sul. No restante do mundo, incluindo o Brasil, o console da Sony chega em 19 de novembro do mesmo ano.

[Atualização – Em 22 de maio e 17 de setembro de 2020]

2. Jogos para o início da era PS5

O problema de se comprar qualquer console no lançamento é a pouca variedade de jogos desenvolvidos para o novo hardware, no início. O que vimos, assim que o PS4 chegou, foi uma enxurrada de games remasterizados do PS3 e até mesmo do PS2.

No entanto, há sempre um ou outro título que já chega no lançamento, exclusivo para a nova plataforma. Afinal, a empresa quer começar a vender logo o videogame.

E quais seriam os jogos a debutar no PlayStation 5? Vamos a alguns:

  • Cyberpunk 2077 (CD Projekt Red): a desenvolvedora do sucesso The Witcher 3 trará o jogo para o PS4, mas ganhará upgrade para o novo console;
  • The Last of Us: Part 2 (Naughty Dog): se saiu uma versão remaster do primeiro jogo para o PS4 não se assuste de vê-lo no 5;
  • FIFA (Electronic Arts) e PES (Konami): esta, talvez, sejam as apostas mais certeiras. Afinal, tem FIFA e PES todo ano;
  • Call of Duty (Activision) e Battlefield (Electronic Arts): assim como os games de futebol, estas são franquias que certamente marcarão presença na nova geração;
  • Assassin’s Creed Valhalla (Ubisoft): o jogo terá versões tanto para o PS4 quanto para o PS5.

[Atualização – Em 22 de maio de 2020]

3. As especificações técnicas do PS5

O PlayStation 4 não era lá muito poderoso em seu lançamento e mesmo a versão Pro não é tão poderosa quanto o Xbox One X, em relação a processamento. O PlayStation 5 pretende vir com tudo agora para desbancar, de vez, seu principal concorrente.

As especificações técnicas do PS5, apresentadas pela Sony, são:

 
CPU x86-64-AMD Ryzen “Zen 2”
8 Tópicos / 16 fundamentais
Frequência variável, até 3.5 GHz
GPU Mecanismo de gráficos baseado em AMD Radeon RDNA 2
Aceleração de traçado de raios
Frequência variável, até 2.23 GHz (10.3 TFLOPS)
Memória do Sistema GDDR6 16GB
Largura de banda de 448GB/s
SSD 825GB
Largura de banda de leitura de 5.5GB/s (Raw)
Disco de Jogo PS5 Ultra HD Blu-ray, até 100GB/disco
Saída de Vídeo Suporte a TVs de 120Hz 4K, TVs 8K, VRR (especificado pelo HDMI versão 2.1)
Áudio “Tempest” 3D AudioTech

[Atualização – Em 6 de junho de 2019]

4. PS5 permitirá jogos do PS4 e suporte ao 4K em 120 Hz

Assim como mencionado antes, com a proximidade da E3 2019 era natural que mais informações apareceriam sobre o futuro PS5 (mesmo a Sony estando fora da feira este ano). As novidades agora são que o novo console terá cross-play com jogos do PS4 (um antigo pedido dos jogadores da plataforma), virá com um SSD protejado pela própria fabricante e trará suporte a 4K em 120 Hz.

Sobre a questão do cross-play, a Sony explica que ele funcionará como um “cross-play intergeracional”. Com isso, você poderá começar a jogar no PS4, por exemplo, continuar jogando no PS5 e depois voltar para o console antigo, se quiser.

Além do 4K, a Sony confirmou rumores antigos de que o videogame terá suporte a jogos em resolução 8K (ainda distante da realidade brasileira, por enquanto), áudio 3D e tecnologia Ray Tracing para iluminação mais realista (como as placas de vídeo da série RTX da NVidia fazem). Além disso, a promessa é que o novo console consiga rodar jogos do PS4 bem mais rápido.

[Atualização – Em 9 de outubro de 2019]

5. Novo controle utiliza tecnologia háptica

O presidente da Sony, Jim Ryan, comentou no blog oficial do PlayStation alguns detalhes do controle do PS5. Ele utilizará um sistema de feedback háptico, parecido com o que se tem em smartphones.

Isso permitirá, segundo o executivo, “realmente sentir uma gama mais ampla de feedback”. Em outras palavras, o novo controle deve ser mais responsivo a estímulos do game.

Os botões L2 e R2 poderão se adaptar a determinadas programações dos desenvolvedores. Isso permitirá diferentes experiências ao tato. “Em combinação com o feedback háptico, isso pode produzir uma experiência poderosa que simula melhor várias ações”, explica Ryan.

O controle terá conector USB-C para carregar a bateria, que será de maior capacidade – de acordo com a empresa.

[Atualização – Em 17 de setembro de 2020]

6. Preço do PlayStation 5

No dia 16 de setembro, a Sony finalmente revelou os preços do PlayStation 5, durante evento do console: US$ 499,99 (com leitor de discos) e US$ 399,99 (sem leitor).

No mesmo dia, também ficamos sabendo dos valores oficiais no Brasil: R$ 4.999, na versão com disco, ou R$ 4.499 pelo PS5 Digital Edition sem drive de Blu-ray.

Se quiser investir também nos acessórios, eles estarão disponíveis para compra juntamente com o console:

  • Controle sem fio DualSense (unidade): R$499
  • Headset sem fio Pulse 3D: R$599
  • Câmera HD: R$449
  • Controle de Mídia: R$199

Os jogos exclusivos do PS5 terão o preço de lançamento sugerido de R$249,90 a R$349,90.

Lembrando que o PS4 chegou ao mercado mundial custando 399 dólares, mas quem não se lembra da verdadeira facada que ele deu jogadores brasileiros: R$ 4 mil! O que já era caro antes, agora então? Uma solução, para muitos, foi trazer de fora do país o videogame.

Para os que não tinham essa oportunidade, o jeito foi caçar alguma loja ou e-commerce que conseguisse vender por um preço mais em conta. Essa realidade poder ser bem parecida nesta próxima geração de consoles.

Comentários da Comunidade

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação