Início » Computador » reCAPTCHA v3 analisa os visitantes sem interação direta com o usuário

reCAPTCHA v3 analisa os visitantes sem interação direta com o usuário

Novo sistema elimina as caixas com letras ou fotos para a comprovação de que o usuário é humano

André Fogaça Por
1 ano atrás

O Google anunciou nesta semana uma nova versão do reCAPTCHA, sistema que valida se o usuário é realmente um humano ou não. A tecnologia, chamada de reCAPTCHA v3, consegue, sozinha, identificar se a atividade do usuário em uma página é comum de uma pessoa, sem a necessidade de clicar em uma caixa ou escolher imagens em uma lista de fotos.

Lançado em 2007, o reCAPTCHA utiliza um tipo de questionário que já foi a identificação de letras em uma imagem embaralhada, ou o mais recente teste de conteúdo dentro de algumas fotos (como encontrar carros, em várias fotos de ruas) para saber se o visitante é de verdade.

Em sua versão mais recente, lançada nesta segunda-feira (29), o Google conseguiu utilizar algumas formas de verificação que dispensam por completo a interação com o usuário. Tudo funciona com uma pontuação que vai de 0,1 até 1, que é baseada na análise do comportamento da pessoa dentro do site.

Ao todo são três utilizações que podem ser implementadas pelos programadores nos endereços da web. A primeira é uma verificação em duas etapas, que pode envolver uma interação com o smartphone. A segunda é uma mescla de dados armazenados no próprio site, como histórico de compras e perfil da conta associada.

O terceiro é o mais agressivo, que faz uso da pontuação que o reCAPTCHA v3 deu, com o machine learning do próprio site para identificar, com mais precisão, o que está do outro lado da tela do computador.

Em outras palavras, os sites que utilizam esta forma de verificação estarão mais livres de interferir no andar do próprio visitante, por mais que isso resulte em mais trabalho para quem desenvolve as páginas.

Com informações: Google.

Mais sobre: , ,