Início » Celular » Diablo Immortal é um MMOARPG da Blizzard para Android e iOS, que não agradou muitos

Diablo Immortal é um MMOARPG da Blizzard para Android e iOS, que não agradou muitos

Game ainda não tem data de lançamento, mas já irritou muitos fãs da série de RPG de ação da Blizzard

André Fogaça Por

A Blizzard anunciou no último sábado (2) uma versão de Diablo que roda em smartphones Android e nos dispositivos iOS. Com nome de Diablo Immortal, o game será gratuito para jogar e não agradou os fãs mais cativos da franquia de RPG de ação da empresa.

O título vem de uma lista de games muito conhecida da Blizzard, que nasceu em 1996, onde coloca a luta entre o bem e o mal em várias cidades fictícias, em diversas caçadas de demônios que vão até as profundezas do inferno. Diablo Immortal, que nasceu das mãos da NetEase e da Blizzard, é a versão destes games para smartphones, mas com formato de MMOARPG, ou RPG de ação multijogador online e em massa, em português - mais ou menos o que foi World of Warcraft, da mesma desenvolvedora.

De Diablo, seis personagens podem ser escolhidos: Bárbaro, Monge, Arcanista, Cruzado, Caçador de Demônios e Necromante. Cada um com habilidades próprias e que podem crescer em opções com o andar do jogo. O controle é feito com direcional virtual de um lado e a lista de opções de botões do outro, mantendo assim o meio da tela para a jogatina e longe do alcance dos dedos.

Na linha do tempo que foi criada entre cada lançamento, Immortal aparece depois do que aconteceu com o final de Diablo II e antes da nova invasão, ocorrida em Diablo III e que foi o último título lançado pela empresa.

Apenas online, como em Diablo III

Quando lançou Diablo III, a Blizzard surpreendeu muitos jogadores ao exigir uma conexão com a internet até mesmo para quem não quer dividir a campanha com outras pessoas. Wyatt Cheng, desenvolvedor responsável pelo game em smartphones, diz que a exigência é a mesma em Diablo Immortal, que até tem alguns momentos que podem ser jogados de forma solitária.

Reação foi negativa

Depois do lançamento do trailer e das informações durante o final de semana, as reclamações borbulharam em redes sociais e o número de dislikes é muito maior do que de likes no vídeo que demonstra como será o jogo.

A reação chegou a surpreender até mesmo Allen Adham, que é cofundador da Blizzard e produtor executivo da desenvolvedora. De acordo com uma entrevista com a imprensa americana, Adham comentou que esperava algum desconforto, mas não na quantidade que notou.

Quando chega?

Diablo Immortal ainda não tem data para ser lançado, mas já está com o pré-registro aberto na Play Store para quem quiser receber o game assim que ele sair. O título também chegará ao iOS.

Com informações: Blizzard e Kotaku.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thenerdguy
Duvido que essa cambada dos deslikes já não fizeram o pré registro ... Muito mimimi... Eu já tô ansioso pra espelhar a porra do meu cel no projetor e enfiar o kct nesses cuzões de demoim 🤜👿💥🖕...
Hallison Siqueira
Um bando de gordo inutil q fica trancafiado no quarto jogando dia todo e fedendo sem tomar banho ... Tudo mordidinho pq n saiu o joguinho pro seus pc e console de 3mil contos ... Cresçam e lidem com isso bando de criança
paulo yan
Ia comentar exatamente isso kkkk
Comi quem leu
Muita gente iguinorou o Diablo immortal, mas os primeiros que deram deslik serão os primeiro que irão jogar quando o jogo for lançado. Bando de iguinorantes a gente também jogo pelo celular e a NetEase fez muito bem em lançar para versão mobile.
Felype Rennan
Massively Multiplayer Online Action Role Playing Game
Danilo
Lá a treta foi boa :D
Vilmar Afonso Becker
Kkkkkk
Abraão Caldas
Primeiro parágrafo.
Keaton
Is it a kind of off season April Fools joke?
Baidu feat MC Brinquedo
[qualquer coisa
Thales Wendell
Falaram que será gratuito. Tá na matéria, é só ler.
Eduardo Martins
Jogar no celular é horrível!
Paçaro
Mas eles falaram que é F2p? Eu realmente não lembro se falaram ou não.E mesmo que tenha microtransações, pode ser estilo Guild Wars 2, Fortnite ou Overwatch. Só cosmético.
Renan Mendonça
Se eles tivessem apenas mostrado uma foto com o escrito Diablo 4/ D2LOD Remastered antes de anunciar o Diablo Immortal, nada disso teria acontecido.Foi falta de preparo mesmo, colocar o anuncio no palco principal no final da apresentação inicial, como se fosse o lançamento mais esperado da história.
Abraão Caldas
Um jogo F2P monetiza como? com amor e boa vontade?
Paçaro
Bom texto. Bem esclarecedor. Realmente o buraco é mais embaixo.
Lucas Santos
Frescura. Mas sinto falta é de jogos de campanha offline no mobile. Online já tem até o talo.
Diogo
Bom, o problema não é como vai ser o jogo, e sim a forma como foi anunciado.Acabaram de postar uma explicação muito boa sobre isso nos comentários do MeioBit. Recomendo a leitura: http://disq.us/p/1x4ivjb
Diogo
Eu diria que a ideia geral seria: quebra de expectativas e péssimo controle de danos por parte da Blizzard, que acabou por amplificar a reação negativa do anúncio.
Diogo
https://meiobit.com/392559/...
Mickão
Diablo, na minha opinião, é uma série que não precisava ter tido o terceiro título. Os dois primeiros são tão bons que a Blizzard teria pra sempre a boa reputação. Apesar disso, acho ridículo a galera estar metendo bronca em um jogo que ainda nem foi lançado! Porra, espere o jogo sair, jogue, crie uma opinião e depois faça a crítica, se for o caso.
Paçaro
Master Race já é chata, Master Race Old School Viúva de Diablo 2 é dez vezes mais chata.Não sabem nem como vai ser o jogo e já estão nessa choradeira. Tiraram até do cu que vai ter microtransações. Por mim pode socar microtransação estilo Overwatch e Fortnite.
Paçaro
Mas ninguém sabe se vai ter microtransações, meu amor.
Ed. Blake
Considere este game como um pé-de-meia para o game que a comunidade quer.One gotta pay the bills.
Hugo Piovesan
Porque a comunidade não queria um jogo mobile, com micro transações e etc. A comunidade esperava algo novo, uma expansão, notícias sobre Diablo 4, etc.
Eduardo Braga
É isso que dá uma empresa ser criativamente controlada pelo pessoal mais focado na grana.
Ed. Blake
Um joguinho m*rda com microtransações que agrada os chineses é o suficiente pra encher os cofres de muita empresa. Especialmente as desenvolvedoras de games, que não são os bastiões da rentabilidade.
Lucca
É um jogo de chineses para chineses que adiciona microtransações mesmo depois de cansar os consumidores com diablo 3 (embora vendesse bem).A matéria deixou de falar que na conferência um fã até perguntou no Q&A se era piada de primeiro de abril.
Ed. Blake
MMMOARPGBTQIIXAH(...)+Respeita meu joguinho, seu [qualquer coisa
Vitor Gyn
"MMOARPG"É tanta letra na sigla, é tipo lgbt, todo dia poem uma letra nova... kkkk
Ed. Blake
Ideia geral: Gritaria e dedo no c*.Um monte de gente xilicando por N motivos por um game que ainda nem existe, em maioria só porque ele usa o nome da franquia Diablo de uma maneira diferente.
LuisPauloLohmann
Poderia ter dado uma ideia geral de quais são as reclamações.
Rodrigo Fogagnolo
"mais ou menos o que foi World of Warcraft, da mesma desenvolvedora."Beeeeem mais ou menos 😂😂😂São jogos bem diferentesEnquanto a Blizzard continuar desenvolvendo WoW, eu tô feliz!