Início » Negócios » Loja no Paraguai que traria a Oppo ao Brasil é fechada

Loja no Paraguai que traria a Oppo ao Brasil é fechada

Loja em Ciudad del Este serviria de porta de entrada para a Oppo no Brasil e outros países da América do Sul; companhia chinesa nunca confirmou planos de vir à região

Emerson Alecrim Por

A história da suposta chegada da chinesa Oppo à América do Sul teve um desfecho previsível: a loja montada em Ciudad del Este (Paraguai) para representar a marca na região fechou as portas menos de três meses após a sua abertura. O motivo alegado? Um “mal-entendido” envolvendo a Oppo de Dubai.

Oppo R17

Na verdade, a Oppo não estava planejando vir oficialmente ao Brasil. Essa novela começou em julho, quando surgiram rumores de que a Oppo estaria prestes a abrir uma loja no Paraguai para depois levar as suas operações para o mercado brasileiro e outros países da América do Sul.

O assunto teve tanta repercussão que a companhia enviou um comunicado à imprensa negando que estivesse lançando a sua marca na América Latina e ainda alertou que celulares Oppo vendidos em canais não oficiais não recebem suporte.

Diante da negativa, Cesar Borba, apontado como CEO das operações na América Latina, informou ao TudoCelular (primeiro site a divulgar a suposta chegada da marca à região) que a loja no Paraguai teria “respaldo da Oppo Dubai”. No entanto, o Tecnoblog procurou a Oppo, que declarou que a filial de Dubai não tem autorização para abrir novos mercados.

Nesta semana, um comunicado enviado ao UOL Tecnologia pelo Grupo Multishop e assinado por Cesar Borba informa que a tal loja vai encerrar as suas atividades.

Oppo Find X

Na nota, a empresa explica que entrou em contato com um representante da Oppo de Dubai em maio e, a partir daí, encomendou aparelhos da marca para vendas no Paraguai. No entanto, o Grupo Multishop interpretou que o acordo permitiria à companhia atuar como representante oficial da Oppo na América do Sul.

Mas, para a Oppo, o acordo faria do Grupo Multishop apenas um importador. Esse “mal-entendido” foi esclarecido em setembro, quando a empresa se reuniu com representantes da Oppo de Dubai e da matriz.

O assunto foi explicado, mas não resultou em novas negociações. A Oppo continua não tendo planos de abrir operações oficiais na América Latina. É por conta disso que a loja no Paraguai vai ser fechada.

Pelo menos há um “prêmio de consolação”: ainda de acordo com o comunicado, a Oppo se comprometeu a considerar o Grupo Multishop como principal canal de vendas caso decida iniciar atividades na região.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Emerson

Não vejo isso, o que falta é saberem entrar no mercado, a Xiaomi veio, mas o modelo de negócios dela foi uma merda, só trouxe o Redmi 2 e ainda por cima tinha os dias q seriam vendidos, aí não tem como da certo... Hj mesmo sem ela aqui no Brasil, tem muito vendedor independente importando do Paraguai e vendendo aí pelo ML da vida, e se brincar somando a venda de todos os vendedores deve ta vendendo bem mais do q a Xiaomi quando esteve por aqui....

Felipe Emerson

oppo mp10? onde? nunca existiu. Eu sei que existe uma Orro aí q so vende réplica, mas nao tem nenhuma ligação com a Oppo.

leoleonardo85

Oppa

Corvo

Discordo, acho que produtos de qualidade ganham confiança (com um pouco de tempo, claro).
Por exemplo carros Coreanos eram os Chineses da década de 90, olha hoje Kia e Hyundai como estão, aí tem as que sabem fazer bons carros mas no geral fazem merda como a Ssangyong e se queimaram no mercado duas vezes.
Já no ramo de tecnologia tem a Asus, Lenovo, Xiaomi, Huawei, Acer, marcas consagradas que a pessoa nem pensa em xing-ling quando lê o nome.

Franco Luiz

Tive muitos ooppo "mp10" alias tem muito oppo ate hoje copia de moto g e afins as proprias marcas se queimam

Trovalds

Mesmo se a Oppo resolver aportar no mercado latino americano um dia, certamente não vai ser pelas mãos dessa turma. Os caras se queimaram bonito. Essa de "achamos que..." é uma versão pra "tentamos na Lei de Gerson mas não colou".

Trovalds

Preconceito é só uma parte da conversa. O problema mesmo é o custo envolvido na operação em alguns países, principalmente o Brasil.

Thiago Alvarenga

Passei pela loja a duas semanas, cheio de propaganda com o Neymar, olhei uns aparelhos e não comprei porque o dolar estava 3,80 :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :( :(

Highlander

Aquela enxurrada de Xing Lings descartáveis que os camelôs venderam queimou as marcas chinesas aqui no Brasil. Vai ser difícil reverter isso.

Kodos Otros

Eu acho que é questão de costume e uma propaganda intensa para se afastar desse pensamento.

Jairo ☠️

Bem......continuemos a importar .

Diego Oliveira

Na verdade é tudo uma questão de preço. Porém como sabemos que se viessem pro Brasil de forma oficial os impostos e burocracia encareceriam muito estas marcas, fazendo com que deixem de ser competitivos no C x B como são no exterior onde tudo é em dólar/euro. No mais eu honestamente prefiro que tudo permaneça como é hoje, se trouxerem de forma oficial até aqueles comprados por outras vias (como mercado livre) vão naturalmente encarecer por conta do preço oficial mais caro.

Franco Luiz

Essa faliu rapido em

Ramon

Eu acho que as chinesas nunca vão dar certo no BR, o brasileiro comum tem muito preconceito com essas marcas, mal sabem eles.. até mesmo a 1+ talvez não vingasse aqui. Infelizmente.

Cesar Cardoso

"ainda de acordo com o comunicado, a Oppo se comprometeu a considerar o
Grupo Multishop como principal canal de vendas caso decida iniciar
atividades na região."

a versão corporativa do "qualquer coisa te ligo" (narrador ao fundo: não vai ligar)